Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / (In)Tolerância religiosa é tema de fórum docente no Rio Grande do Sul

(In)Tolerância religiosa é tema de fórum docente no Rio Grande do Sul

05/07/2013 12h55 - última modificação 05/07/2013 12h52

No dia 28 de junho, a Faculdades EST sediou o XII Fórum Regional de Ensino Religioso em São Leopoldo

O Brasil vive um momento de efervescências sociais em que também se multiplicam intolerâncias generalizadas, sendo que as religiões não representam uma exceção, mas atuam como participantes ativos desse cenário de intransigências, disse o Ir. Ms. Inácio Spohr na palestra de abertura do XII Fórum Regional de Ensino Religioso.

“As religiões pensam em corrigir o país, fazendo emergir na cultura popular a ideia de que existem igrejas demonizadas e, outras, abençoadas”, destacou Spohr aos mais de 50 professores reunidos no Auditório da Faculdades EST, em São Leopoldo.

Na perspectiva do palestrante, entre todos os credos religiosos, as igrejas evangélicas históricas, especialmente a luterana é aquela que mais valoriza e desenvolve trabalhos voltados à promoção do ecumenismo e ao incentivo ao diálogo interreligioso.  

Tendo como foco de discussões a (In)Tolerância Religiosa, o Pró-Reitor de Ensino e Extensão da EST, Dr. Remí Klein, sublinhou que o tema central do fórum foi escolhido levando em consideração o atual momento político-religioso brasileiro.

Presente ao encontro, a coordenadora da 2ª Coordenaria Regional de Educação (CRE), Maria Rodrigues Santos, afirmou que o Ensino Religioso nas escolas está desafiado a dialogar com a realidade dos estudantes, contribuindo assim na construção de valores éticos e, principalmente, no fortalecimento da espiritualidade e de relações mais humanizadas.

Representante do setor de diversidade da 2ª CRE, Euli Marlene Necca Steffen enfatizou a necessidade de tornar o Ensino Religioso um componente capaz de despertar nas crianças e nos adolescentes o interesse em conhecer mais sobre o ser humano e enxergar nessa formação um direcionamento prático para a sua vida cotidiana.

Para o coordenador da Seccional do CONER/RS, Padre Flávio Corrêa de Lima, a tarefa do Ensino Religioso consiste em promover a compreensão e o respeito à diversidade religiosa, “embora a impressão que se tenha é de que as pessoas estão cada vez mais fechadas em suas próprias confessionalidades”.

Totalizando 8 horas, o XII Fórum Regional de Ensino Religioso reuniu 38 professores das cidades de Camaquã, Taquara, Sapucaia do Sul, Tupandi, São Sebastião do Caí, Parobé, Novo Hamburgo, Campo Bom, Morro Reuter, Gramado e São Leopoldo.

Micael Vier Behs/www.est.edu.br

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: