Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / González aponta paralelismos e distanciamentos entre Wesley e Lutero

González aponta paralelismos e distanciamentos entre Wesley e Lutero

18/05/2016 22h23

Dr. Justo González veio acompanhado pela esposa, a Dra. Catherine

 

A primeira conferência do Dr. Justo González, abrindo a 65ª edição da Semana Wesleyana, na manhã da terça (17) trouxe o diálogo entre John Wesley e Martinho Lutero, os pontos de aproximação e distanciamento.

 

O auditório do ômega esteve lotado para a conferência

 

O Dr. Justo apontou como primeiro paralelismo entre Wesley e Lutero, na experiência da angústia e desespero seguida de confiança e segurança renovadas. Tanto em Lutero quanto em Wesley.

 

Com muito bom humor, o Dr. Justo fez a conferência em português

 

O segundo paralelismo apontado por González fala do caráter da teologia. “Wesley era mais um pregador e organizador”, e neste ponto Lutero e Wesley se assemelham, contrastando com Calvino, “o pensador sistemático da Institutas da Religião.”  As obras de Lutero “são principalmente comentários bíblicos, sermões, tratados de controvérsia. As de Wesley são sermões, diários, cartas, notas ao Novo Testamento, e peças de controvérsia”, disse.

 

A Dra. Catherine González deu uma palavra de saudação, traduzida pelo aluno Felipe Borges

 

González lembrou que Wesley conheceu a teologia de Lutero pela lente dos morávios e deixou claro, em determinado tempo, que tinha sérias dificuldades com ela, tanto que “quando Wesley compilou sua famosa Biblioteca Cristã, não incluiu nela uma única obra nem de Lutero, nem dos morávios”.

 

O bispo Peres, da 3ª Região, fez a oração final, encerrando os trabalhos da manhã

 

Wesley lista uma série de objeções às posturas dos morávios, inclusive “um distanciamento radical de algo que tanto Wesley como Lutero sempre respeitaram e valorizaram: os sacramentos e outros meios de graça.”

 

A Dra. Margarida ribeiro falou sobre as Mulheres na Reforma

 

O bispo José Carlos Peres, presidente da 3ª Região Eclesiástica, fez a oração final, encerrando a conferência da parte da manhã. Na parte da tarde a Semana ofereceu duas oficinas: As mulheres na Reforma, com a Dra. Margarida Fátima Ribeiro e História e Memória da União Cristã de Estudantes do Brasil, com o Dr. Moisés Abdon Coppe.

 

Dr. Moisés Abdon Coppe trouxe História e Memória da União Cristã de Estudantes do Brasil

 

 

Texto: Rose Rosa
Fotos: Ricardo Bissolato

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: