Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Formatura da FaTeo 2013: em meio à emoção e alegria, palavras de exortação

Formatura da FaTeo 2013: em meio à emoção e alegria, palavras de exortação

16/12/2013 10h55 - última modificação 16/12/2013 11h55


"Responsabilidade grande para o pastoreio hoje: tomar o modelo de Jesus, o Bom Pastor que dá a vida pelas ovelhas", disse a professora Magali Cunha, em discurso aos/às formandos/as


No dia 14 de dezembro, sábado, a Faculdade de  Teologia da Igreja Metodista teve o privilégio de promover mais uma cerimônia de formatura de suas turmas de Teologia matutino, noturno e Curso Teológico Pastoral 2013.  

A emoção já começou na noite de sexta-feira, com o tradicional “culto de envio” no Salão Nobre da Umesp, às 19h.

Mais uma vez, cumpriu-se o significativo ritual da abertura da porta que liga a FaTeo ao Salão Nobre, simbolizando a passagem para uma nova etapa de vida e ministério.  Na ocasião, o aluno Silas Klein proferiu um discurso de agradecimento :

AGRADECIMENTO
[Silas Klein Cardoso e Carlos Alberto da Silva]
Alguns pensam que estudar teologia é estudar a Deus.
Se isso fosse verdade e, sabendo que informação é poder, hoje seríamos as mulheres e os homens mais poderosos da Universidade, porque estaríamos em busca da mais poderosa informação.

Mas, não é isso! Estudar teologia é estudar o impacto de Deus.

Aprendemos nesta escola, que o impacto de Deus não se mede na escala da força, mas na escala do amor: se mede nas lágrimas de alegria de uma mãe, na esperança renovada de um pobre, na saudade sanada de quem já se foi ou de quem ainda não chegou. A esse impacto de amor chamamos “milagre”.

Dizemos isso para que cada um e cada uma de vocês entendam o papel que desempenhou em nossas vidas nesses quatro anos do Curso de Teologia: cada suporte, apoio, companheirismo, lágrima, abraço, beijo; - cada ânimo, bronca, saudade, medo, sorriso e choro... Cada presença acalentadora e cada saudosa ausência fez o chão de nossos corações desempoeirar-se de amor.
Por isso, agradecemos a cada funcionário e funcionária, cada professor e professora, cada amigo e amiga, cada mãe, pai, filho e filha - nascido ou a nascer; cada avó e avô, cada sogro e sogra, tio e tia; cada irmão e irmã, pastor e pastora; cada primo e prima... A cada um e cada uma de vocês, nosso mais sincero obrigado (...)


Momento de homenagens, despedida e reflexão

No sábado, no Cenforpe, a cerimônia de formatura, aguardada com expectativa,  teve uma nota triste: a professora Magali do Nascimento Cunha, homenageada pela turma do matutino, despediu-se da Faculdade de Teologia.

Em seu discurso, a professora Magali enfatizou sua preocupação com a necessidade de quem se prepara para ser pastor e pastora valorizar a paz, a humildade, o respeito e a disposição para aprender com as diferenças...  “Hoje temos os pastores/as-celebridades, que têm mais o modelo do mercenário descrito por Jesus, e pastores/as que almejam o modelo das celebridades, status eclesiástico: estão aí para mandar, submeter, descuidar, causar contenda, divisão. Pastores e pastoras que cuidam do seu bem estar e se pastoreiam a si próprios, como denuncia Ezequiel, cuidando das ovelhas a distância”, alertou a professora, que conclamou os/as formados/as a seguir o modelo do Mestre:

"Não vou me cansar de repetir e espero que vocês não se cansem de ouvir: em nome da sua vocação, amem as pessoas com quem trabalharão. E amem a vocês mesmos/as. Garantam o valor da sua vocação. Não atuem na vida da igreja para conquistar degraus na hierarquia eclesiástica, façam suas escolhas e assumam as posturas necessárias de acordo com o que vocês acreditam, de acordo com a formação que receberam, de acordo com a ética do Reino.

CLIQUE AQUI PARA LER O DISCURSO  DA PROF. MAGALI NA ÍNTEGRA

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: