Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / FaTeo envia mensagem ao Senado pronunciando-se contra projeto que regulamenta profissão de teólogo

FaTeo envia mensagem ao Senado pronunciando-se contra projeto que regulamenta profissão de teólogo

01/04/2010 19h52 - última modificação 13/04/2010 18h14

O Projeto de Lei PLS 114/2005 , que trata da oficialização da profissão de teólogo, de autoria do Senador Marcelo Crivella, continua em discussão. A Faculdade de Teologia da Universidade Metodista de São Paulo, representada pelo Prof. Dr. Rui de Souza Josgrilberg , diretor da FaTeo, e Prof. Dr. Paulo Roberto Garcia, Coordenador de Curso de Teologia e Secretário Executivo da Coordenação Nacional de Educação Teológica da Igreja Metodista, pronunciou-se contra este Projeto de Lei, apoiando manifestações semelhantes de outras importantes instituições de ensino.

Para a FaTeo, a proposta de regulamentação da profissão de Teólogo caminha na contra-mão do atual processo de desregulamentação das profissões. Essa proposta não auxilia àqueles que ensinam teologia; ela apenas abre campo para abusos nessa área. Um Conselho de Teólogos (para regulamentar o exercício da profissão) não daria conta da diversidade religiosa de nosso país e nem das múltiplas abordagens do campo da teologia.

Além disso, a discussão em torno da proposta vincula o ensino da teologia somente aos que apresentem vinculação ao Conselho (já criado) e aponta a possibilidade de reconhecer qualquer pessoa com experiência ministerial como apto a ensinar teologia. Isso desrespeita os critérios diversos das confissões de fé que atuam no campo da teologia para definir as habilidades necessárias para o ensino da teologia.


Veja abaixo o e-mail enviado pela FaTeo ao Senador Paulo Paim, relator do projeto, e a resposta enviada pelo Gabinete:


Caro Senador Paulo Paim


A Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, que no último ano completou 120 anos de educação teológica no país, apóia integralmente a manifestação apresentada pelo Prof. Dr. Lourenço Stelio Rega [Diretor da Faculdade Teológica Batista de São Paulo]de rejeição ao Projeto de Lei do Senado 114/2005. A discordância com esse Projeto de Lei tem sido abalizada por outras importantes instituições de ensino teológico.

Vale destacar que, faculdades como a nossa, com tradição centenária de ensino teológico no país, não foram ouvidas nesse processo.

Diante disso, registramos que tal Projeto de Lei deve ser rejeitado em sua íntegra, da mesma forma que qualquer outro projeto que vise regulamentar a profissão de teólogo ou de criar Conselho de Teólogos.

Registramos nossa posição e temos certeza de que ela será apreciada pelo ilustre Senador e será considerada no debate da matéria.

Fraternalmente

Prof. Dr. Rui de Souza Josgrilberg Diretor da Faculdade de Teologia – UMESP

Prof. Dr. Paulo Roberto Garcia Coordenador de Curso da Faculdade de Teologia – UMESP Secretário Executivo da Coordenação Nacional de Educação Teológica da Igreja Metodista


A resposta do Gabinete do Senador Paulo Paim:


Prezado Professor,

Agradecemos o contato que realiza com este gabinete e as observações enviadas, o Senador tem recebido diversas com o mesmo teor. O Senador Paulo Paim, antes de apresentar seu relatório deverá realizar uma audiência pública para ouvir todos os envolvidos. Ele já aprovou requerimento que solicita essa audiência, só falta marcar a data. Estamos deixando seu endereço eletrônico gravado e quando for marcada essa audiência, enviaremos uma mensagem informando o Senhor. Atenciosamente, com as cordiais saudações do Senador,

Luciana Vieira Gabinete do Senador Paulo Paim/PT-RS


Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: