Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / FaTeo celebra os 120 anos de ensino teológico metodista

FaTeo celebra os 120 anos de ensino teológico metodista

15/09/2009 12h53 - última modificação 15/09/2009 13h18

Professores e alunos participaram de evento comemorativo em Juiz de Fora


imagens/desfile120.jpg

A FaTeo, representada pelos docentes Rui de Souza Josgrilberg (reitor), Paulo Roberto Garcia (vice), José Carlos de Souza, Luiz Carlos Ramos, Tércio Machado Siqueira, Suely Xavier e Margarida Ribeiro, acompanhados pelo Coral Canto da Terra, participou da celebração dos 120 anos de educação teológica metodista. O evento ocorreu nos dias 12 e 13 de setembro no Instituto Metodista Granbery, em Juiz de Fora, MG, onde se organizou o primeiro curso teológico da instituição, há 120 anos.

As festividades, que começaram já na semana anterior, contaram com a presença de lideranças políticas e autoridades municipais e estaduais, dentre as quais vários ex-alunos do tradicional Instituto Granbery, como o ex-presidente da República Itamar Franco e o prefeito de Juiz de Fora Custódio Mattos.

O ônibus que levou o Coral à cidade mineira, saiu às 23h:35 de sexta-feira de Rudge Ramos e chegou às 07h30 nas dependências do SESC - Juiz de Fora, de onde a delegação da FaTEo partiu para o desfile na abertura do XXXIX Jogos Interclasses às 08h30 em frente ao Instituto Granbery.


imagens/desfileb120.jpg

Após o almoço, os alunos e alunas tiveram a oportunidade de conhecer o prédio onde começou a Faculdade de Teologia. A cerimônia foi marcada pelo hasteamento da bandeira de Minas Gerais pelo Rev. Sérgio Arantes, a bandeira do Brasil pelo professor Tércio Machado Siqueira e a bandeira do Granbery pelo professor José Carlos de Souza.

O Reitor da Faculdade de Teologia,Rui de Souza Josgrilberg, lembrou na tarde de sábado que o Granbery faz parte de nossas raízes, já que a Faculdade de Teologia começou no Instituito Granbery. Para celebrar as raízes comuns entre o Instituto Granbery e a Faculdade de Teologia, o professor Rui lembrou os personagens importantes ao longo da história, citando, por exemplo, o Bispo Granbery que, em 1888, percebeu a “necessidade de uma escola bem graduada, onde os moços chamados por Deus sintam-se preparados para pregar”. A partir daí outros nomes foram lembrados como do Rev. J. M. Lander que chega ao Brasil juntamente com sua esposa e um filho de colo e inicia-se em sua própria casa o seminário com seis estudantes, mas depois permaneceram apenas quatro. O seminário de Teologia foi instalado juntamente com o Granbery em 1890. O primeiro Reitor no seminário de Teologia foi John Willian Tarboux. Outros personagens foram lembrados como João Ramos Júnior e Rev. Moore, que marcaram a história dos granberienses pela dedicação e cuidado na área administrativa acadêmica no acompanhamento dos alunos.

O Dr. Derly Chaves e o Bispo César Dacorso Filho tiveram papéis importantes no processo conciliar para a Faculdade de Teologia se transferir para São Paulo. Nove professores se transferiram de Juiz de Fora para dar aulas em São Paulo, primeiramente em um sobrado na rua Cubatão e depois em Rudge Ramos onde permanece até hoje. O interessante é que a história mostra como muitas pessoas contribuíram, com sacrifícios pessoais, para a construção da Faculdade de Teologia. “Uma senhora de Vila Isabel doou um par de brincos e assumiu o compromisso de levantar o valor da doação lavando roupa. Hoje muito do que temos lá são marcas do que aconteceu aqui, como por exemplo, o Centro Acadêmico João Wesley,CAJW, é herdeiro da Associação Acadêmica (...) todos esses laços precisam ser lembrados e cultivados para não perdermos noção de espaço e história e, principalmente, quem somos” concluiu o reitor.


imagens/rui120.jpg

O culto celebrativo que teve início na tarde de sábado (prédio antigo) terminou no domingo (13) no auditório do Anexo I. A mensagem proferida pelo Reitor Rui de Souza Josgrilberg foi baseada no texto de Mateus 5.1-2 e 7.28-29. Josgrilberg destacou que a mensagem cristã, tem um especial enfoque de ensino. “No tempo como nosso em que muitas escolas oferecem pacotes de educação, onde existem muitos escribas e fariseus, é nosso papel como instituição mantermos a seriedade na formação do ser humano, formando pessoas cidadãs atuantes nesse mundo, de modo que, a mensagem de salvação também possa ser anunciada”.

imagens/todos120.jpg

Texto e fotos: José Geraldo Magalhães Jr., aluno 4ºano de Teologia

Comunicar erros


Receba informações de oferecimento sobre esse curso: