Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / FaTeo apóia pesquisa da hinódia wesleyana

FaTeo apóia pesquisa da hinódia wesleyana

20/02/2009 16h18 - última modificação 27/02/2009 11h08

Até 2011, Projeto Mil Vozes produzirá uma edição contemporânea de canções de Charles Wesley



A comemoração dos 300 anos de nascimento de Charles Wesley, realizada na 56ª Semana Wesleyana, em 2007, continua produzindo bons frutos. Uma das palestrantes da Semana, Simei Monteiro, musicista e liturgista assessora do Conselho Mundial de Igrejas, dará continuidade às pesquisas sobre a hinódia wesleyana com vistas à publicação de uma grande coletânea de hinos traduzidos para o português.

O Projeto Mil Vozes (nome de um dos hinos mais populares de Charles Wesley) é financiado pela Fundação Patt Green, da Inglaterra, e desenvolvido em parceria com a Faculdade de Teologia da Igreja Metodista. Pela Faculdade de Teologia, participam do projeto os professores Helmut Renders e José Carlos de Souza, do Centro de Estudos Wesleyanos, e Luiz Carlos Ramos, especialista em liturgia. Três anos é a duração prevista para a execução do projeto, que prevê as seguintes ações:

  • Registrar todas as canções até hoje traduzidas para o português e baseadas em textos de Charles Wesley, a partir de uma pesquisa realizadas nas igrejas Anglicana, Metodista, Igreja do Nazareno e em outras tradições;
  • Elaborar nova tradução desses textos para o português contemporâneo, respeitando-se o sentido do texto original;
  • Traduzir canções chaves da tradição wesleyana e compor novas melodias;
  • Editar um hinário com estas canções para o uso nas comunidades do Brasil;
  • Compor cânticos para crianças baseados em poemas dos irmãos Wesley.
  • Traduzir uma biografia de Charles Wesley e editar um livro com artigos sobre a hinódia wesleyana (junto com a FaTeo);
  • Oferecer oficinas aos responsáveis pela música sacra e louvor nas comunidades, com o objetivo da sua formação e integração no processo da criação da nova hinódia wesleyana.
  • Criar o acervo de referência sobre Charles Wesley e a hinódia wesleyana na biblioteca da Faculdade de Teologia para facilitar futuras pesquisas.

Para os/as cristãos/ãs de tradição wesleyana, a pesquisa de sua rica herança musical, ainda pouco divulgada no Brasil, será recebida como um desejado presente – e certamente conquistará também todas aqueles/as que enxergam, na beleza da música e da poesia, uma privilegiada via de união do humano com o divino.

imagens/Mil%20Vozes.doc

Professores Luiz Carlos Ramos, Simei Monteiro,Helmut Renders e José Carlos de Souza: valorização da herança musical wesleyana.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: