Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Experiências pastorais marcam a SET 2009 na FaTeo

Experiências pastorais marcam a SET 2009 na FaTeo

29/10/2009 18h25 - última modificação 03/11/2009 15h45

Práticas pastorais contemporâneas: reflexões e experiências foi o tema da Semana de Estudos Teológicos (SET) da FaTeo 2009. Organizada pela equipe de docentes da Área de Teologia Pastoral, Ciências Humanas e Sociais da FaTeo, a Semana de Estudos privilegiou a reflexão sobre os desafios da prática pastoral no tempo presente, com base em experiências localizadas principalmente em dois eixos: o da Pastoral Urbana e o de Gênero.


A Semana foi aberta, na noite de 26 de outubro, com uma contribuição do Pastor da Assembléia de Deus Betesda em São Paulo Ricardo Gondim, Mestre em Ciências da Religião da Metodista. O pastor baseou sua palestra no texto bíblico de 1 Coríntios 4.1-16. Em meio a tantas mudanças no cenário religioso e social, brasileiro, Gondim encontra nas orientações do apóstolo Paulo a resposta à questão que aflite a muitos: o que é ser pastor em nosso tempo? E afirma que o verdadeiro papel do pastor é o de diácono e servo. "Somos encarregados dos mistérios de Deus mas somos servos do próximo", disse ele. Diante deste compromisso perde sentido os modelos de sucesso reinantes. Para o apóstolo Paulo, o despenseiro deve ser achado fiel com Deus e sua obra.


As práticas pastorais da cidade foi o tema desenvolvido pelo Pastor da Igreja Batista da Lapa/São Paulo, Jorge Schütz Dias, na manhã de 27 de outubro. Ele apresentou reflexões que são resultado de experiências práticas e pesquisa acadêmica (desenvolveu seu Mestrado em Ciências da Religião na Metodista) e desafiou os presentes a uma atenção maior quanto à contextualização da pastoral urbana.


A noite do segundo dia privilegiou o tema do culto como prática pastoral fundamental das comunidades de fé. O professor de Liturgia da FaTeo Luiz Carlos Ramos, pastor da Capela da Serra/Jundiaí, apresentou o tema “Culto e entretenimento na sociedade do espetáculo” e despertou a compreensão crítica dos presentes quanto à influência da mídia religiosa na constituição de experiências cúlticas mais voltadas para o entretenimento do que para o serviço a Deus e a necessidade de um refazer deste caminho.


A afirmação do gênero como busca de companheirismo e solidariedade entre homens e mulheres no comprometimento com a missão de Deus, foi enfatizada na apresentação da pastora pentecostal chilena Cecília Castillo Nanjarí, na mesa final sobre “Práticas Pastorais: questão de gênero e responsabilidade social da igreja”. Ela foi acompanhada pelo pastor anglicano de Recife Sérgio Andrade, um dos coordenadores da organização ecumênica Diaconia, que trabalhou o desafio da prática pastoral diante da violência contra as mulheres. O tema, de difícil enfrentamento, foi abordado por um homem, o que trouxe bastante significado para os presentes.


A SET ainda contou com uma tarde de relatos de experiências pastorais específicas do pastor pentecostal Reginaldo Oliveira (recuperação de dependência química), do bispo metodista Adriel Maia (o trabalho do Centro Metodista 24 horas), e do pastor metodista Paulo Nogueira (enfrentamento de dificuldades no pastorado).


A semana de estudos prosseguiu na FaTeo com o Congresso de Produção Científica da Metodista, espaço em que são socializados os conteúdos dos projetos de pesquisa desenvolvidos por estudantes e professores/as e são defendidos em bancas avaliadoras os Trabalhos de Conclusão de Curso dos formandos/as. Em 2009, 71 trabalhos foram inscritos para apresentação no Congresso Metodista. O Curso de Teologia tem sido dos mais destacados na universidade em número de trabalhos e qualidade das apresentações. Veja a programação do congresso:




Magali do Nascimento Cunha

(com a colaboração dos alunos José Carlos Teodoro Jr. e Karine Fernanda Ruiz)

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: