Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Durante a Rio+20, Bennett realiza seminário internacional sobre sustentabilidade

Durante a Rio+20, Bennett realiza seminário internacional sobre sustentabilidade

20/06/2012 14h25 - última modificação 20/06/2012 14h22

O Instituto Metodista Bennett recebeu nessa segunda, dia 18 de junho, nove palestrantes de organismos nacionais e internacionais para desenvolver o tema “sustentabilidade” entre estudantes, professores e convidados. O seminário internacional “Dimensões Éticas da Sustentabilidade – Perspectivas Religiosas e Educacionais” integrou a programação paralela da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável. O Seminário foi uma promoção da Junta Geral de Educação Superior & Ministério, Junta Geral de Igreja e Sociedade - ambos organismos da Igreja Metodista Unida (USA), Aliança Batista Mundial, Comitê de Educação do Concílio Mundial Metodista e apoio da Associação Brasileira de Instituições Educacionais Evangélicas (ABIEE), COGEIME, Bennett e Universidade de Washington.

Vinte anos após a Rio92, o Rio de Janeiro sedia a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, cujo objetivo é estabelecer metas concretas para conciliar desenvolvimento com proteção ambiental, através de uma economia verde. Foi com base neste cenário que professores e especialistas em educação, religião e meio ambiente, participantes da Rio+20, discursaram sobre a contribuição de instituições religiosas e educacionais na promoção de valores éticos e de práticas ambientais sustentáveis.

O representante da Aliança Batista Mundial na Rio+20, Dr. Mark Greenwood, exemplificou o papel da igreja e de cada cristão através de personagens bíblicos que nos relatos da Escritura Sagrada, cuidavam de todos os assuntos relacionados à comunidade em que viviam, incluindo o meio ambiente. “Deus colocou o homem (Adão) para cuidar do seu jardim (Édem). Precisamos resgatar o ensinamento bíblico do relacionamento do homem com a natureza”, concluiu Greenwood.

A bióloga e educadora ambiental, Dra. Gínia Bontempo, reforçou o discurso sobre a importância das instituições religiosas trabalharem os temas socioambientais de forma mais ativa e falou da participação da Igreja na Rio+20 e os motivos de muitas igrejas não desenvolverem a questão ambiental de forma mais efetiva. “Muitas instituições religiosas não se envolvem na temática ecológica por medo de perder o foco na salvação de almas, mas se esquecem que cuidar do ambiente em que vivemos é uma ordenação bíblica”, afirma Gínia.

Além do seminário internacional, o Bennett tem participado da conferência Rio+20 abrindo suas portas para hospedar durante o evento, 217 pessoas entre alunos, professores universitários envolvidos em grupos ecumênicos, e em movimentos sociais de sustentabilidade e preservação ambiental. O grupo tem representantes da Bolívia, Chile, Colômbia, Cuba, El Salvador e Suriname.

Fonte: Igreja Metodista/Primeira Região Eclesiástica

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: