Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Diário do Grande ABC destaca história Faculdade de Teologia

Diário do Grande ABC destaca história Faculdade de Teologia

22/06/2009 19h48 - última modificação 22/06/2009 19h52

A coluna "Memória", do Diário do Grande ABC, em sua edição de 21 de maio, trouxe matéria destacando a história da Faculdade de Teologia, a realização da Semana Wesleyana e a publicação da revista Mosaico. Leia abaixo o texto publicado na versão online e um link para acessar a página do jornal, com fotos históricas da Faculdade de Teologia.


Os metodistas descobrem Rudge Ramos


Ademir Medici

Do Diário do Grande ABC,quinta-feira, 21 de maio de 2009


A Faculdade de Teologia da Igreja Metodista foi a primeira instituição em nível superior no Grande ABC, com campus em Rudge Ramos e construção do seu primeiro pavilhão - o Alfa - antes mesmo da abertura da Via Anchieta. O edifício foi construído entre 1941 e 1942 e é tombado como bem histórico municipal.

Uma das principais atividades da Faculdade de Teologia da Metodista é a realização da Semana Wesleyana, cujo nome homenageia John Wesley, o iniciador do metodismo (século 18). Chegamos à 58ª Semana. Sua programação está no site www.metodista.br/fateo.

A faculdade mantém a revista Mosaico. Em seu próximo número a publicação trará um histórico da Faculdade de Teologia, em artigo da jornalista Suzel Tunes, assistente de Comunicação da entidade. Do artigo faz parte o depoimento do atual reitor, Rui de Souza Josgrilberg. E é desse artigo que extraímos os tópicos que se seguem.


LINHA DO TEMPO


1938 - O 3º Concílio Geral da Igreja, realizado em Juiz de Fora (MG), aprova a unificação das duas instituições teológicas da Igreja Metodista: o Seminário d'O Granbery (inaugurado em 1890, em Juiz de Fora) e a Faculdade de Teologia do Concílio Regional Sul (nascida como escola bíblica do Porto Alegre College, em 1919 e transformada em faculdade em 1930).

1939 - A nova faculdade funciona em Juiz de Fora e transfere-se, no final do ano, para a Rua Cubatão, Vila Mariana, em São Paulo.

junho de 1942 - A Faculdade Metodista instala-se em Rudge Ramos, São Bernardo, em área adquirida do Laboratório Paulista de Biologia.

década de 1950 - O corpo docente continua a ser formado, em sua maioria, por professores de origem ou formação norte-americana.

primeira metade da década de 1960 - Começam a ingressar professores com formação europeia, como Alphonse Zimmermann, Helmut Simon e William Hinson.


RUDGE RAMOS


Segundo o historiador José Gonçalves Salvador, devem-se aos metodistas a instalação do correio e dos telefones, a abertura de ruas e de caminhos, a melhoria nos transportes e outras benfeitorias conquistadas pelo bairro de Rudge Ramos.


DEPOIMENTO


"Havia igrejas que pagavam mensalidade para a construção da faculdade. Algumas financiavam um quarto, as mais pobres ofertavam uma janela. Pronta a faculdade, os quartos dos alunos tinham nomes das igrejas que haviam contribuído para a construção" (Josgrilberg).


REITORES


1938 a 1942 - Paul Eugene Buyers

1942 a 1950 - Walter Harvey Moore

1950 a 1955 - Afonso Romano Filho

1955 a 1962 - Natanael Innocêncio do Nascimento

1963 e 1964 - Otto Gustavo Otto

1969 e 1970 - Reinhard Brose

1978 - Ely Eser Barreto César

1979 - Prócoro Velásquez Filho

1979 e 1980 - Duncan Alexander Reily

1981 a 1982 - Isac Alberto Rodrigues Aço

1983 a 1996 - Rui de Souza Josgrilberg

1997 a 2002 - Clovis Pinto de Castro

2002 até hoje - Rui de Souza Josgrilberg

http://home.dgabc.com.br/diariovirtual/default.asp?ed=1308 (link do flip para visualizar a página)

http://www.dgabc.com.br/default.asp?pt=colunas&pg=colunadetalhe&col=15&men=1736 (versão on line do jornal)

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: