Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Diálogo comunitário na FaTeo fala de imigrantes e refugiados nesta terça (29)

Diálogo comunitário na FaTeo fala de imigrantes e refugiados nesta terça (29)

29/09/2015 19h36

No período noturno, às 19h30, um aluno haitiano da faculdade, compartilhará seu testemunho imigrante, no auditório do Ômega

 

Com a citação de Levítico 19. 34 “Como o natural, será entre vós o estrangeiro que peregrina convosco; amá-lo-eis como a vós mesmos, pois estrangeiros fostes na terra do Egito. Eu sou o SENHOR, vosso Deus.”, o Professor Doutor Paolo Parise, que também é padre, iniciou o diálogo comunitário, nesta terça (29), no auditório da FaTeo, que teve como tema: “Caminhos de Esperança: a situação dos imigrantes e refugiados”.

 

 

“Precisamos ver os imigrantes, não como número, ou estatística, mas como gente.” O professor falou das ondas de migrações pelos tempos e lembrou que no Brasil, o imigrante representa cerca de 1% da população, número extremamente pequeno.

 

 

A partir do trabalho que desenvolve na Missão Paz, o professor falou das barreiras que ainda existem para aceitação do estrangeiro, em vários países, inclusive no Brasil, onde as pessoas veem o imigrante como ameaça. “Ameaça ao trabalho do brasileiro; à saúde, porque dizem que ele traz doença; que ele traz violência”. O professor destacou a última frase preconceituosa que ouviu de um alto funcionário de ministério dizendo que os imigrantes são muitos e que esse tipo de invasão ameaça a identidade cultural brasileira. “A identidade cultural é algo dinâmico e a identidade brasileira se criou através de muitos povos. Além disso, no início do século 20 tínhamos cerca de 10% da população de imigrantes e agora em 2010, esse número é de 1%”.

 

 

Como nem tudo é barreira, o professor destacou o trabalho que vem sendo desenvolvido de acolhimento e transformação de vida. Como exemplo, ele falou de Manoel, refugiado do continente africano, que depois de ver seus pais morrerem, de ser vítima de atrocidades em seu país, fugiu e passou 18 dias escondido num navio de container. Desembarcou no Porto de Santos, passou pela Missão Paz, foi hospitalizado, teve cuidados psicológicos, conseguiu trabalho, iniciou a faculdade e conseguiu trazer seus dois irmãos de 10 e 13 anos para o Brasil. “Depois de quatro anos, esse jovem reconstruiu a vida. E isso tem tudo a ver com caminhos de esperança. Situações de morte e que a pessoa consegue, depois, reconstruir a vida.”

 

 

Com uma série de exemplos de trabalhos realizados, o professor destacou os eixos na estrutura criada para acolher os imigrantes como: de documentação e jurídico, trabalho, saúde, educação, família e comunidades.

 

 

O reverendo Adilson Mazeu Ferreira, pastor da Comunidade, fez a oração final

 

Para encerrar, o professor Paolo deixou uma provocação aos estudantes que participaram do diálogo: “Vocês vão encontrar imigrantes e refugiados na vida de vocês. Eu penso que se cada um de nós que está aqui, primeiro, acolher o outro imigrante ou refugiado, não é o anjo, nem o demônio, é gente como a gente. Então você vai encontrar uma pessoa fantástica, ou que tem defeitos como nós ou pior, ou melhor, que nós. Se todos nós conseguirmos acolher bem e criar uma cultura de acolhida e respeito esta fala foi fantástica porque olha quanta sementinha se espalha pela cidade”, disse referindo-se aos números de participantes do diálogo.

 

O Doutor Paolo Parise é professor de Teologia Sistemática no Instituto Teológico de São Paulo – Itesp, diretor do Centro de Estudos Migratórios e integrante da equipe de coordenação da Missão Paz - http://www.missaonspaz.org/

 

Serviço:

Diálogo Comunitário: “Caminhos de Esperança: a situação dos imigrantes e refugiados”

Horários: Das 9h20 às 11h e  das 19h30 às 21h

Local: Auditório do Edifício Ômega

Endereço: Rua Planalto, 135, no Rudge Ramos.

A entrada é franca. Alunos do cursos de Teologia receberão certificado de horas complementares.  

 

 

Texto: Rose Rosa
Fotos: Ricardo Bissolato

 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: