Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Dia Mundial de Oração: mulheres do mundo todo oram por justiça e paz na Malásia

Dia Mundial de Oração: mulheres do mundo todo oram por justiça e paz na Malásia

13/02/2012 12h15 - última modificação 13/02/2012 12h15

Com o tema “Que a Justiça prevaleça!” mulheres cristãs do mundo todo se unirão em oração no dia 4 de março. Como nos anos anteriores, o Dia Mundial de Oração de 2012 lança seu olhar a um país e cultura específicas: este ano as mulheres se voltarão para o sudeste asiático, orando pela Malásia, país multi-religioso de maioria muçulmana.

Em meio à grande diversidade étnica e religiosa da Malásia, a tolerância é um aprendizado constante e vital para a convivência pacífica. As mulheres da Malásia pedem que o mundo se una em oração para que todas as raças, grupos étnicos e religiosos trabalhem juntos por harmonia e desenvolvimento justo e integral para todos.


O DIA MUNDIAL DA ORAÇÃO é um movimento que reúne mulheres cristãs, de muitas tradições, em todo o mundo, para observar um dia comum de oração por ano. Em muitos países esse contato tem continuidade em reuniões de oração e trabalho.

É um movimento iniciado por mulheres e realizado em mais de 170 países e regiões.

É um movimento simbolizado por uma celebração anual – primeira sexta-feira de março – à qual todos são bem-vindos.

É um movimento que aproxima mulheres de várias raças, culturas e tradições, estreitando, relacionamento, compreensão e trabalho.

Através do DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO, mulheres de todo o mundo:

* afirmam sua fé em Jesus Cristo;

* compartilham suas esperanças e temores, alegrias e tristezas, oportunidades e necessidades.

Através do DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO, mulheres são encorajadas:

* a se conscientizarem do que acontece no mundo e a não viverem isoladamente;

* a se enriquecerem com experiências de fé vividas por cristãos de outros países;

* a levarem as cargas de outras pessoas, orando com e por elas;

* a reconhecerem seus dons e talentos e usá-los em benefício da comunidade.

Através do DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO, as mulheres reconhecem que a Oração e a Ação são inseparáveis e que ambas tem incontestável influência no mundo, unindo todos em torno da Oração com Informação

Como surgiu o Dia Mundial de Oração
As origens do Dia Mundial de Oração remontam ao século XIX, quando mulheres cristãs dos Estados Unidos e Canadá iniciaram através da oração, uma variedade de atividades de cooperação e apoio à participação de mulheres em obra missionária nacional e estrangeira. 


Depois da devastação da Primeira Guerra Mundial, as mulheres tomaram consciência de que a paz mundial estava intimamente ligada a obra missionária no mundo. Assim as mulheres renovaram seus esforços pela unidade.

No Canadá, em 1918, as mulheres presbiterianas convocaram representantes das associações missionárias femininas de cinco denominações, com o propósito de oração e ação conjunta. Este comitê organizou o primeiro Dia de Oração do Canadá, no dia 09 de Janeiro de 1920. No mesmo ano, em 20 de Fevereiro, estabeleceu-se a comemoração do Dia de Oração na primeira Sexta-feira da quaresma, como o dia conjunto de oração pelas missões.

O DMO no Brasil

Em 1938, Cecília Siqueira, Secretária Geral do Trabalho Feminino da Igreja Presbiteriana do Brasil, recebe incentivos para implantar o Dia Mundial da Oração no Brasil. As metodistas aderem, traduzindo a ordem de culto e as presbiterianas o imprimem.

Em 1954, as mulheres da Igreja Evangélica de Confissão Luterana passam a celebrar o DMO. Outras igrejas também o fazem, sem expressão ecumênica.

Em 1961, Ottília de O. Chaves e Dina Rizzi, metodistas, Júnia Machado, presbiterianas e Olga R. T. Nogueira, episcopal, participam do “Jubileu de Diamante” do Dia Mundial da Oração.

Em 1973, em Vitória, formou-se o Grupo Ecumênico Feminino de Oração GEFOR. No mesmo ano, Olga R. T. Nogueira enviou às lideres, que recebiam o programa diretamente de Nova York, uma carta-convite para um Encontro em São Paulo, visando a organização de um Conselho Nacional. Realizou-se em 1º de Dezembro, com 15 mulheres de diferentes igrejas e áreas do Brasil. Na ocasião foi fundado o Conselho Nacional do Dia Mundial de Oração. A 1º Diretoria eleita: Presidente Olga R. T. Nogueira, Vice-Presidente Nympha Protásio de Almeida, Secretária Deoly Galvão de França, Tesoureira Dina Rizzi.

Em 1974, foram criadas Diretorias Regionais do DMO em São Paulo, Porto Alegre, Vitória, Rio de Janeiro e Ribeirão Preto e Campinas.

Em 1976, aconteceu o 2º Encontro Nacional, em São Paulo. O cargo de Presidente foi desdobrado, sendo Nympha Protásio de Almeida eleita Presidente e Olga R. T. Nogueira, Elemento de Ligação com Diretoria Internacional.

Em 1978, realizou-se o 3º Encontro Nacional, em São Paulo. Ilza da Silva Arduini, do Rio de Janeiro, assumiu a Presidência.

Em 1980, o 4º Encontro aconteceu no Rio de Janeiro. Foram aprovados os Estatutos do Dia Mundial de Oração no Brasil e Irmã Ruthild Brakemeier, de Porto Alegre, foi eleita Presidente do Conselho Nacional do Dia Mundial de Oração.

Em 1982, no Rio de Janeiro, realizou-se a 1º Assembléia Bienal do Conselho Nacional do DMOB, formado pelas Diretorias Nacional e Regionais. Assumiu a Presidência Ada Maria Della Giustina, de Curitiba.

Em 1984, Nympla P. de Almeida volta a presidência do Conselho e em 1986 é eleita Alice G. Labaki que teve a oportunidade de celebrar o Centenário do Dia Mundial de Oração em 1987 com uma liturgia especial vinda do Comitê Internacional. E celebrar o Jubileu de Ouro do Dia Mundial de Oração no Brasil realizando o culto em março de 1988 sob o tema, “Portas Abertas”, escrito por mulheres brasileiras.

De 1988 a 1992 Maria Luiza Fagundes, de Brasília, assume a presidência e passa para Maria Elisa L. C. D’Affonseca, de Campinas, em 1992.

Em 1996 é eleita presidente do Conselho Dagmar S. Triska, de Florianópolis. É reeleita e, segundo o novo estatuto, permaneceu até 2001. Nesta data, na X Assembléia, assume a presidência, Maria Elisa L. C. D’Affonseca.

O culto anual é celebrado no Brasil, em português, espanhol, inglês, alemão, japonês, chinês, ucraniano, árabe e polonês, e em cerca de 1.150 pontos do nosso país. A cada ano o DMO tende a abranger maior número de igrejas cristãs e algumas delas já tem essa celebração oficializada em seu calendário litúrgico anual.

Várias entidades assistenciais, anualmente, tem sido beneficiadas com as ofertas de gratidão levantadas nas celebrações. Nesses encontros são usados programas elaborados, a cada ano, por mulheres de países diferentes.

Através do Dia Mundial de Oração, no Brasil, milhares de pessoas tem sido motivadas para Oração e Ação Interdenominacionalmente.

Mais informações:

http://www.dmoracao.com.br

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: