Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Culto na FaTeo celebra a abertura de mais um semestre letivo

Culto na FaTeo celebra a abertura de mais um semestre letivo

05/08/2016 14h20

 

Esta quarta (03) foi dia de culto de abertura do semestre presencial na FaTeo. A comunidade acadêmica se reuniu para louvar e bendizer ao Senhor Deus pelo semestre que se inicia. Docentes e discentes, também em comunhão participaram da Ceia do Senhor.  A prédica, com base no texto de Lucas 12.32-40, foi ministrada pelo pastor e reitor da FaTeo Paulo Roberto Garcia.

 

 

O pastor da comunidade, Rev. Adilson Mazeu Ferreira deu as boas vindas às alunas e alunos do presencial e às turmas do CTP, que estão no campus para 15 dias de encontro presencial. Para estudantes do 4° ano este, do CTP, este é o último encontro presencial antes da formatura, que acontece em dezembro, nos dias 9 (culto de envio) e 10 (cerimônia de formatura). Para o curso presencial, também é tempo de contar os dias, para apresentação de TCC e depois para a alegria da formatura.

 

 

O reitor da FaTeo, Prof. Dr. Paulo Roberto Garcia deu as boas vindas às turmas e enfatizou a característica do semestre. “Ele (o semestre) é ímpar porque os quartanistas já visualizam o final do curso, e o pessoal do 3° ano já vê que está mais perto do objetivo”.  O professor  desejou um ótimo recomeço ou continuidade as/aos estudantes com a bênção de Deus. “Que tenhamos um semestre dirigido por Ele”.

 

 

Na prédica, o pastor Paulo ressaltou alguns pontos do texto, que também precisam ser objeto de reflexão para a comunidade de fé, lembrando que “o mundo que nos cerca é o  mundo da tentação do ter, de se projetar,  um mundo em que a pessoa vale pelo que ela aparenta ter.” Ao ler o Evangelho de Lucas, para o  pastor, o desafio é olhar por outra vertente, “em especial os capítulos de 9 a 19: o grande relato da viagem de Jesus a Jerusalém. O caminho é o desafio”, disse lembrando que a dificuldade de se falar no caminho é porque esse é o lugar da instabilidade, da não segurança, e também é onde os valores são questionados.

 

 

No texto de Lucas 12, seguiu o pastor, “o desafio é para todos nós”. Ele começa com uma promessa, seguida de desafio para a postura seja mudada, tomando atitude diferente daquela que o mundo em que se vive tem. “Não acumuleis tesouro na terra... E o desafio é, coloque a roupa do serviço, da missão, do compromisso. Bem aventurado aquele e aquela que for encontrado ou encontrada com a roupa da missão. O senhor que encontre o servo e a serva preparados, ele os servirá, ele se torna servo com eles.”

 

 

Garcia enfatizou que o texto faz a promessa e desafia o leitor e a leitora. Dá duas possibilidades de viver após o encontro com Jesus: de acordo com os valores desse mundo, ou não. Mas, é preciso lembrar que “no caminho, o acúmulo atrapalha, por isso o desafio é ser solidário, vestindo a roupa da missão. Uma total inversão, porque o maior é aquele que está pronto, aquele que serve e não aquele que guarda, que acumula.”

 

 

Para responder aos questionamentos do texto, segundo Garcia é preciso refletir sobre qual é a prática que temos colocado como prioridade na vida? Responder aos apelos do mundo  na questão do ter, do aparentar, ou vestir a roupa do compromisso, do serviço, da missão e assumir os desafios da solidariedade, do caminho? “Do caminhante que anda segundo a vontade do Senhor”.

 

 

 

 

Texto: Rose Rosa
Fotos: Ricardo Bissolato

 

 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: