Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Culto do Dia das Crianças tem participação de filhos/as de funcionários/as, alunos/as e professores/as

Culto do Dia das Crianças tem participação de filhos/as de funcionários/as, alunos/as e professores/as

04/10/2012 13h40 - última modificação 04/10/2012 13h47

 

Em seu culto comunitário desta quarta-feira, 3 de outubro, a FaTeo resolveu antecipar a comemoração do Dia das Crianças (12 de outubro), uma vez que a Universidade estará em recesso acadêmico entre os dias 8 e 12.

Veja abaixo a liturgia desse culto, que contou com a participação e a alegria de filhos/as de funcionários/as, professores/as e docentes da FaTeo:

 

PREPARAÇÃO___________________________________________

Respeito aos mais velhos

Todos nós sabemos os mais velhos respeitar.
Pode passar, senhor!  Sente-se aqui, senhora.
Eu lhe dou o meu lugar!

[L: Ana Eloísa Santana/Vastí Ferrari Marques; M: Elenise Ramos e Liséte Espíndola]

Prelúdio e Entrada da Bíblia

[Entrada da Bíblia]

Intróito: Marcos 10.13-16

Algumas pessoas levaram as suas crianças a Jesus para que ele as abençoasse, mas os discípulos repreenderam aquelas pessoas. Quando viu isso, Jesus não gostou e disse: — Deixem que as crianças venham a mim e não proíbam que elas façam isso, pois o Reino de Deus é das pessoas que são como estas crianças. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem não receber o Reino de Deus como uma criança nunca entrará nele. Então Jesus abraçou as crianças e as abençoou, pondo as mãos sobre elas. (NTLH)

Saudação

[Convite às crianças ao altar para ornamentá-lo com flores confeccionadas por elas mesmas]

Tudo bem?

É tão bom encontramos os amigos e amigas,
É tão bom nos vermos outra vez.
Com prazer dizer: Oi! Bom dia! E aí? Como vai? Tudo bem?
Com prazer dizer: Oi! Bom dia! E aí? Como vai? Tudo bem!

[Neusa Cezar]

Bênção dos Bebês

[Convite ao pais para trazerem seus bebês ao altar para que sejam acolhidos e abençoados]

Olá, bebê, amamos você!

Olá, Bebê, amamos você!

[Neusa Cezar]

Acima,  Bispo Nelson Luiz Campos Leite ora pelos/as filhos/as de funcionários/as, alunos/as e docentes que nasceram nos últimos meses.

Canção para Murilo

Vem, [Nome], meu neném; você é presente de Deus para nós.
Vem, [Nome], meu amor; nós o/a acolhemos com todo amor.
Vem, meu neném! Vem meu neném! Hum hum hum hum...

[Neusa Cezar]

Oração

Ciranda do amor

Nesta ciranda do amor, Deus se revela em nós.

O Deus que está em você se manifesta em mim,
É dança do amor de Deus em nós. La-iá, la, la, la-iá.

[L: Neusa Cezar, Maria Ap. Almeida; M: Neusa Cezar]

Confissão

Segunda Leitura: Jó 1.1; 2.1-10

Na terra de Uz morava um homem chamado Jó. Ele era bom e honesto, temia a Deus e procurava não fazer nada que fosse errado. [...]

Chegou de novo o dia em que os servidores celestiais vieram apresentar-se diante de Deus, o SENHOR, e Satanás também veio no meio deles. O SENHOR perguntou: — De onde você vem vindo? Satanás respondeu: — Estive dando uma volta pela terra, passeando por aqui e por ali. Aí o SENHOR disse: — Você viu o meu servo Jó? No mundo inteiro não há ninguém tão bom e tão honesto como ele. Ele me teme e procura não fazer nada que seja errado. No entanto, você me convenceu, e eu o deixei desgraçar Jó, embora não houvesse motivo para isso. Mesmo assim, ele continua firme e sincero como sempre. Satanás respondeu: — É só tocar na pele dele para ver o que acontece. As pessoas não se importam de perder tudo desde que conservem a própria vida. Agora, se estenderes a mão e ferires o corpo dele, verás como ele, sem nenhum respeito, te amaldiçoará. SENHOR disse a Satanás: — Pois bem. Faça o que quiser com Jó, mas não o mate. Aí Satanás saiu da presença do SENHOR e fez com que o corpo de Jó ficasse coberto de feridas horríveis, desde as solas dos pés até o alto da cabeça. Jó sentou-se num monte de cinza e pegou um caco para se coçar. E a mulher dele disse: — Você ainda continua sendo bom? Amaldiçoe a Deus e morra! Jó respondeu: — Você está dizendo uma bobagem! Se recebemos de Deus as coisas boas, por que não vamos aceitar também as desgraças? Assim, apesar de tudo, Jó não pecou, nem disse uma só palavra contra Deus.

Conversa de amigo

Neste dia, oh! Meu Deus! Fiz algumas coisas boas,
Fiz também algumas coisas más.
Não sei se dá pra dizer tudo, mas faço força pra lembrar:
Menti, briguei, fofoquei, palavras duras falei,
Ri do jeito do João, fiz careta pra Rosinha,
Não dei bola pro Tião, tive inveja da Sandrinha.
Pensando bem, oh! Meu Deus! Acho que não te agradei,
Por isso peço perdão, aceita a minha oração.
Amém! Aceita a minha oração. Amém! Amém!

Confio na graça de Jesus, sua graça me perdoa,
Seu amor me abençoa e me traz a paz. Aleluia!

[Letra e música: Anita Betts Way, Déa Kerr Affini, Roberto Mendes;
Arranjo: Liséte Espíndola]

Oração

HISTÓRIA_______________________________________________

Salmo 8 (Encenação: Malu, a joaninha que gostava de cantar)

Prédica: Seminarista Priscila Vieira

Pout-pourride cânticos infantis

Joaninha

Ele fez o céu, as estrelas, a lua
Ele me fez, sou sua Joaninha querida!
E hoje quero cantar ao meu Criador
Com tudo o que sou e aquilo que ainda preciso ser.
Sou tão pequenina, ’inda assim tenho a sua força.
Ensina-me a ser e a agradecer por quem tu me fazes ser!

[L: Priscila Vieira; M: Liséte Espíndola]

Sol, lua, estrelas

Eu vejo estrelas, no céu cintilam.
Eu vejo a luz redonda, redonda.
Eu vejo o Sol, no seu caminho
Por todo o dia iluminar!

[L: Vastí Ferrari Marques, Ana Eloísa Santana; M: Liséte Espíndola]

Cabelinho encaracolado

Cabelinho encaracolado
Quem foi que te fez assim?
Foi Deus! Foi Deus!
Foi Deus quem me fez como o caracol do mar.

[Neusa Cezar]

A noite!

Como é bom, uma noite entre dois dias!
Como é bom, dormir e acordar!
Nosso Deus é quem pode nos dar graça
De dormir, dormir e descansar.

Te agradecemos, ó Senhor!
Te agradecemos, Deus de amor!
Como é bom!

[Neusa Cezar]

Minhas roupas! (Ofertório)

Minhas roupas me protegem no calor ou no frio.
E quando já não servem (Opa! Cresci!),
O que fazer?
Posso dar pra quem não tem.

[Neusa Cezar]

Oração de gratidão

Leitura bíblica: Hebreus 1.1-3

Antigamente, por meio dos profetas, Deus falou muitas vezes e de muitas maneiras aos nossos antepassados, mas nestes últimos tempos ele nos falou por meio do seu Filho. Foi ele quem Deus escolheu para possuir todas as coisas e foi por meio dele que Deus criou o Universo. O Filho brilha com o brilho da glória de Deus e é a perfeita semelhança do próprio Deus. Ele sustenta o Universo com a sua palavra poderosa. E, depois de ter purificado os seres humanos dos seus pecados, sentou-se no céu, do lado direito de Deus, o Todo-Poderoso.

MESA__________________________________________________

Abraço da Paz e preparação da mesa

União

Mão com mão aquece o coração.
Gente com gente faz ficar contente.
Se o amor de Cristo está presente,
Nossa igreja cresce em união:
Cresce, cresce, cresce, cresce e vai (2x)
Repartir o amor.

[Neusa Cezar]

Ceia pra toda gente

[Conforme Ritual da Igreja Metodista]

Declaração: Instituição da Ceia do Senhor

Amigos e amigas, o Senhor Jesus, pela oferta de si mesmo, sacrificou-se pelos pecados de toda a humanidade; e instituiu um memorial eterno pelo qual sempre nos lembraremos de sua paixão e morte, e de sua ressurreição e glorificação. Hoje repetimos esse gesto com saudade, e o faremos até a sua segunda vinda. Portanto:
Elevemos nosso coração.

Ao Senhor o elevamos.

Rendamos graças ao Senhor nosso Deus.

Assim fazê-lo é digno e justo.

É digno e justo que em todos os tempos e lugares rendamos graças ao Senhor, louvando e engrandecendo o seu nome, dizendo:

Santo, Santo, Santo, Senhor Deus onipotente.
Os céus e a terra estão plenos da tua glória.
Glória a ti, ó Senhor! Glória a ti, ó Senhor!

A consagração: Oração de Consagração

Nosso Pai celestial, pedimos-te humildemente que, por tua infinita bondade, e pela ação do teu Santo Espírito, consagres estes dons de pão e vinho, para que, ao recebê-los, conforme nos ensinou o teu Filho, nós sejamos participantes do seu corpo e sangue, para todo o sempre. Amém.

Oração de Humilde Acesso: No colo de Deus

Como eu gostaria, Senhor,
de ser como aquela criança amamentada
que se aninha no colo da mãe;
sem ter necessidade de mais nada
a não ser do calor terno do teu abraço;
sentir teu afago carinhoso me confortando;
e, ao embalo da tua voz paciente,
adormecer sereno
e descansar pertinho do teu coração;
e, ao ritmo da tua respiração suave,
sonhar com coisas boas
que façam meus lábios sorrirem,
e, mesmo de olhos fechados,
façam-me contemplar as estrelas do teu céu
e os frutos do meu chão.

[Texto: Luiz Carlos Ramos; Interlúdio: Liséte Espíndola]

Memorial: Nunca se esqueçam

Porque eu recebi do Senhor este ensinamento que passei para vocês: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, pegou o pão e deu graças a Deus. Depois partiu o pão e disse: “Isto é o meu corpo, que é entregue em favor de vocês. Façam isto em memória de mim.”

Assim também, depois do jantar, ele pegou o cálice e disse: “Este cálice é a nova aliança feita por Deus com o seu povo, aliança que é garantida pelo meu sangue. Cada vez que vocês beberem deste cálice, façam isso em memória de mim.” (1Co 11.23-25)

A refeição: Convite e distribuição do pão e do vinho

A santa refeição está servida e é o Senhor ressurreto quem convida a todos: homens e mulheres, adultos e crianças, para juntos celebrarmos a sua ceia. Aproximemo-nos com fé.

Hora de comer

É hora de comer! Graças, Senhor!

[Neusa Cezar]

Festa na Bíblia

Festa na Bíblia é festa na vida, é festa do povo, é festa com Deus.
Festa pra agradecer tudo o que de graça Deus nos dá.
Festa da Colheita, Festa do Natal de Jesus.
Festa na Bíblia é festa na vida.
Pentecostes, Batizados e Casamentos têm.
Festa na Bíblia é festa na vida, é festa do povo, é festa com Deus.

[Neusa Cezar]

O Reino de Deus

O Reino de Deus não é comida, nem bebida,
Mas é fazer a vontade do Senhor.
Ajudando ao que sofre, festejando onde há festa;
É viver o amor de Deus.

[Neusa Cezar]

Oração do Papai Nosso

Papai do céu,
Tu és o nosso super-herói.
Nosso sonho é morar contigo.
Queremos que aconteça a tua vontade
Na nossa casa e na tua também.
Nos dá o papá para comer;
Perdoa as coisas feias e erradas que fizemos
E nós também vamos perdoar como você sempre nos perdoa.
Não deixe nada de ruim acontecer com a gente;
Protege-nos e abençoa-nos,
Pois tudo de bom que existe é teu.

Amém.

[Talita E. F. Soares Klaczek]

Momento da Comunidade


DESPEDIDA_____________________________________________

Oração Final

[oração conduzida por um adulto – crianças repetem]

Meu amiguinho, Jesus,
vem abençoar o meu lar
Vem transformar o meu mundo
Pra que todas as crianças tenham paz.

[Moisés Coppe]

Bênção: Meu Jesus querido! (Acompanhada em LIBRAS)

Meu Jesus querido, guarda a minha vida
Hoje e para sempre, amém!
Meu Jesus querido, guarda a minha vida
Hoje e para sempre, amém! Amém!

[Liséte Espíndola]

 

Poslúdio

[Entrega de lembranças e doces]

VEJA AS PARTITURAS DAS MÚSICAS DESSE CULTO CLICANDO AQUI

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: