Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Conselho Diretor da FaTeo se reúne e acolhe carta da Congregação da Faculdade

Conselho Diretor da FaTeo se reúne e acolhe carta da Congregação da Faculdade

25/09/2013 11h25 - última modificação 25/09/2013 12h07



O Conselho Diretor da FATEO se reuniu nesta terça, 24 de setembro, acompanhado do bispo-assistente do Colégio Episcopal da Igreja Metodista Paulo Tarso de Oliveira Lockmann, e acolheu uma carta que lhe foi dirigida pela Congregação da Faculdade (conselho integrado por todos os docentes de tempo integral da faculdade mais dois docentes e dois discentes eleitos por seus pares e o presidente do Centro Acadêmico John Wesley).  A carta versa sobre a preocupação do órgão com encaminhamentos recém-comunicados que dizem respeito à futura composição do seu corpo docente e solicita que o Conselho Diretor intermedeie um processo de diálogo sobre o tema. Segue o conteúdo.

São Bernardo do Campo, setembro de 2013.
Aos  membros  do  Conselho  Diretor  da  Faculdade  de  Teologia  da  Igreja Metodista.
Nesta.

Estimadas irmãs e estimados irmãos,

“Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens [e mulheres] as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação” (2Co 5.19).

A Congregação da FATEO, reunida em 02 de setembro do corrente ano, refletindo  sobre  as  últimas  decisões  do  Colégio  Episcopal  quanto  ao funcionamento  e  gestão  da  Faculdade  de  Teologia,  aprovou  o encaminhamento  de  uma  carta  ao  Conselho  Diretor,  que  respeitosamente explicita as seguintes considerações abaixo:

a.  Reafirmamos  a  necessidade  de  constante  diálogo  entre  a  FATEO, Conselho  Diretor  e  Colégio  Episcopal.  Decisões  unilaterais  geram transtornos pessoais e institucionais;

b.  O corpo de colaboradores da FATEO [docentes e administrativos] tem a consciência de sua vocação e missão para com o Reino de Deus e a Igreja Metodista e, nos últimos anos, presta serviços que são dirigidos ao  corpo  da  Igreja  Metodista  e  das  Igrejas  Irmãs,  dentro  da  área  da formação e capacitação da membresia leiga e clériga [Cursos Bacharel Presencial  (matutino  e  noturno)  e  à  Distância,  Teológico  Pastoral, Integralização de Créditos; Centros: Otília Chaves, Memória Metodista, Liturgia, Arte e Homilética, Estudos Wesleyanos; intercâmbios discentes e  docentes,  nacionais  e  internacionais;  Projetos  Missionários: Solidariedade  com  a  África  e  Solidariedade  com  a  Região  Andina; Editeo; assessoria ao Colégio Episcopal e aos diversos segmentos da Igreja];  além  do  envolvimento  de  docentes  e  estudantes  com comunidades  (pastoreio  de  igrejas  locais  e  participação  no  Projeto  de Revitalização  de  Igrejas  na  3ª  RE)  e  o  atendimento  pastoral  à comunidade interna e externa da Faculdade de Teologia.

c.  Se, por um lado, o atual momento do sistema educacional metodista no País passa por profundas mudanças, inclusive com a centralização na gestão,  por  outro  lado,  espera-se  que  a  FATEO  tenha  sua  autonomia respeitada  dentro  do  marco  regulatório  que  a  própria  Igreja  Metodista estabelece  em  sua  legislação,  isto  é,  a  gestão  da  FATEO  se  dá  pelo diálogo  permanente  entre  Colégio  Episcopal,  Conselho  Diretor  da FATEO e reitoria da FATEO;

d.  Como uma casa responsável pela formação do ministério pastoral para a  Igreja  Metodista  e  também  de  outras  denominações,  a  FATEO  tem assumido  ao  longo  de  sua  história  a  postura  de  uma  pastoral  de  acolhimento  dentro  da  diversidade  própria  que  o  mundo  eclesiástico vivencia,  em  especial,  no  contexto  metodista  brasileiro.  Assim  sendo, reafirmamos  a  necessidade  de  gestos  pastorais  inclusivos  nos processos  administrativos.  Causou-nos  profunda  comoção  as informações oficiosas e depois as informações oficiais da demissão de pessoas de nosso quadro de colaboradores;

e.  Por fim, de forma respeitosa, solicitamos a este Conselho  a construção de uma linha de diálogo com o Colégio Episcopal onde se deva pautar a necessidade de  revogação  das  demissões anunciadas.  Cremos que  é possível construir um caminho para adequar as questões econômicas e políticas que envolvem a FATEO e IMS, bem como a construção de um  “programa de renovação” dos docentes de tempo integral que se realize por meio de  critérios precisos  ou  pelo  voluntariado  ou  ainda por  outro caminho dialogal que garanta a tranquilidade do corpo de colaboradores da FATEO.

Na certeza de que o ministério da reconciliação é um caminho para uma Igreja  Ministerial  nos  despedimos.  Pedimos  a  Deus,  em  oração,  que  as  questões  que  nos  envolvem  no  momento  sejam  gestadas  pelo  Conselho Diretor sob a orientação divina.

Fraternalmente,
Congregação da Faculdade de Teologia.


O Conselho Diretor também acolheu uma carta que lhe foi remetida pelo Centro Acadêmico John Wesley revelando semelhante preocupação e solicitando processos de diálogo com os/as estudantes.



Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: