Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Voluntários ajudam na reconstrução de cidades arrasadas pelas águas

Voluntários ajudam na reconstrução de cidades arrasadas pelas águas

25/06/2010 17h54 - última modificação 02/07/2010 17h15

Equipes de voluntários já estão trabalhando num dos 12 municípios, dentre os 67 atingidos pelas cheias em Pernambuco, que decretaram estado de calamidade pública


ALC

2 de julho de 2010


As chuvas que caíram no Estado na semana passada desabrigaram e desalojaram 85,6 mil pessoas, destruíram 14,1 mil casas, danificaram 142 pontes e comprometeram 4,4 mil quilômetros de estradas nas regiões do Agreste e Mata Sul do Estado.

O Programa Pernambuco Voluntário, instituído pelo governo estadual, transportou, ontem, os primeiros 20 voluntários que seguiram para a cidade de Palmares, a 120 Km de Recife.

Os voluntários são envolvidos em tarefas de apoio administrativo, distribuição de merenda, digitação, cuidado a idosos e crianças, recreação, cozinha e serviços gerais. Eles são transportados de manhã, por ônibus, e retornam à noite, depois de oito horas de trabalho.

O sítio web da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos recebeu mais de 250 cadastros, desde a segunda-feira. Voluntários serão levados, diariamente, aos 12 municípios mais atingidos pelas águas, pelo menos até o início de setembro.

Amanhã, a equipe multidisciplinar de profissionais integrada ao caminhão-ambulatório da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) começará suas atividades na cidade de Palmares.

“A situação é muito crítica e é grande a desilusão dos moradores. A grande quantidade de lama ainda impede a chegada do caminhão utilizado nesses atendimentos”, informou o secretário de Comunicação e Ação Social da SBB, Erni Seibert.

O caminhão conta com dois ambulatórios médicos e um espaço cultural, batizado de “Mundo da Bíblia”. Além do apoio na área médica, a equipe multidisciplinar também distribui Bíblias às vítimas da calamidade natural.

A SBB instalou um posto de coleta na sua Secretaria Regional de Recife. O posto recebe doações em dinheiro, água, alimentos não- perecíveis, produtos de higiene pessoal e de limpeza.


VEJA TAMBÉM:


Comitê Ecumênico presta ajuda às vítimas das cheias no Nordeste

A organização humanitária Diaconia, mantida por igrejas evangélicas, integrou-se ao Comitê Ecumênico de apoio às vítimas das cheias em Pernambuco. Na última semana, chuvas que caíram em cidades do Estado e em Alagoas arrasaram cidades e estradas, matando 51 pessoas


ALC

Recife, 25 de junho de 2010


Em Alagoas, 80,7 mil pessoas estão desalojadas ou desabrigadas. Pelo menos 20 mil imóveis nas cidades alagoanas de São José da Lage, Branquinha, União dos Palmares, Murici, Rio Largo e Santana do Mundaú foram destruídos, apontam dados da Defesa Civil do Estado.

O Rio Mundaú varreu do mapa a cidade de Branquinha. A prefeitura estima que 90% dos imóveis da cidade foram ao chão pela força das águas e a lama tomou conta nos 10% que restaram. A sede do município de 12 mil habitantes deverá ser reconstruída na outra margem do rio, mais protegida.

Depois de cinco dias, 56 remanescentes de quilombolas foram resgatados, esta semana, no topo de duas jaqueiras, árvores centenárias, que serviram de abrigo desses moradores de União dos Palmares, e que estavam na lista dos desaparecidos.

Em Pernambuco, 49 municípios foram atingidos pelas cheias. As águas cobriram ruas, casas, hospitais, ferrovias, rodovias. Palmares, a 125 Km de Recife, foi o município mais atingido. A Defesa Civil do Estado contabiliza mais de 20 mil desabrigados e desalojados nas cidades de Barreiros, Jaboatão dos Guararapes, Joaquim Nabuco, Pombos, Quipapá, Cortês, Água Preta e Correntes.

A Força Aérea Brasiléia (FAB) instalou hospital de campanha em Barreiros, e helicópteros auxiliam no resgate das vítimas das enchentes.

O Comitê Ecumênico vai trabalhar em sintonia com a força tarefa montada pelo governo do Estado de Pernambuco no auxílio e apoio às localidades atingidas pelas cheias. O Comitê é formado por igrejas evangélicas e católicas, espíritas, instituições de ensino, Ordem dos Advogados do Brasil, Conselho Regional de Enfermagem.

Alimentos e medicamentos estão sendo arrecadados em vários postos na capital e em cidades do interior. Folhetos alertando sobre prevenção de doenças chegam às mãos dos atingidos pelas águas.

A Diaconia é uma organização social sem fins lucrativos e de inspiração cristã, que tem por missão contribuir para a construção solidária da cidadania e a garantia dos direitos humanos da população excluída, de modo especial na região Nordeste do país. Sua sede fica em Recife.

Integram a Diaconia as igrejas do Cristianismo Decidido, Adventistas, Episcopal Anglicana, Luterana, Evangélica de Confissão Luterana, Metodista, Presbiteriana do Brasil, Presbiteriana Independente, Evangélica Congregacional, Exército da Salvação e Igreja de Cristo.

Agencia Latinoamericana y Caribeña de Comunicación (ALC)

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: