Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / CIEMAL participa de reunião da Agência Latino Americana e Caribenha de Comunicação

CIEMAL participa de reunião da Agência Latino Americana e Caribenha de Comunicação

29/09/2010 18h14 - última modificação 29/09/2010 20h46

O Conselho de Igrejas Evangélicas Metodistas da América Latina e Caribe participou de reunião da Agência Latino Americana e Caribenha de Comunicação por intermédio da jornalista e pastora brasileira Hideíde Torres, ex-aluna da FaTeo (na foto, à direita)


Por Hideíde Torres/ALC:

A Agência Latino Americana e Caribenha de Comunicação (ALC) reuniu-se nos dias 23 a 25 de setembro, nas dependências da Iglesia Evangélica del Río de la Plata (IERP), na cidade de Buenos Aires, Argentina, para realizar sua assembleia bianual e estabelecer os rumos de seu trabalho comunicacional para o próximo bienio.

O encontro esteve sob a presidência de Daniel Favaro (CREAS - Centro Regional Ecuménico de Asesoría y Servicio) e contou com a presença de Humberto Shikiya (CREAS); Nilton Giese e Rita Simonds (Conselho Latinoamericano de Igrejas - CLAI); Rony Ricardo Marquardt e João Artur Müller da Silva (Fundação Luterana de Comunicadores); Betty Herrera e Hideide Brito Torres (Ciemal – Conselho de Igrejas Metodistas da América Latina); Enrique Zerbin (Diretor da ALC) e Carlos León Ramos (WACC - Associação Mundial para a Comunicação Cristã da Região América Latina).

No dia 23, à tarde, reuniu-se a Junta Diretiva da ALC para discutir os informes descritivos, financeiros e de atividades da agência do primeiro semestre de 2010. O ponto principal da reunião, após o conhecimento dos informes, foi discutir o plano estratégico da ALC para 2011-2013. Foi o entendimento da Junta Diretiva que a ALC deverá focar-se na busca por excelência comunicacional, sendo um instrumento à disposição do movimento ecumênico (igrejas e organizações) para divulgação de suas atividades, propósitos e projetos.

Discutiu-se, ainda, a necessidade de ampliar parcerias no sentido de dar maior visibilidade às iniciativas que acontecem na América Latina e Caribe, de modo a alcançar os demais continentes, proporcionando informações e intercâmbio para com as igrejas e organizações também na Europa, América do Norte, Ásia e África. Estes mesmos tópicos foram depois aprofundados nas discussões da Assembleia, coletando ideias para dar mais agilidade ao portal de notícias, hoje uma das principais formas de trabalho da ALC, ao lado do envio diário de notícias e informes a um mailing específico.

Os integrantes da assembleia ainda analisaram, nos dias 24-25, a possibilidade de desenvolver parcerias com outros organismos a partir do apoio da das organizações consorciadas que hoje dão suporte às suas atividades. Isto porque é preciso prosseguir buscando a sustentabilidade do projeto comunicacional da ALC e consolidar sua ação como agência de notícias e instrumento para o fortalecimento das ações de igrejas e organismos por meio da divulgação de suas atividades, proporcionando-lhes visibilidade no cenário latino-americano e mundial.

A assembleia demonstrou o potencial da ALC para o crescimento em seu segmento e para seu reposicionamento, a cada vez, como instrumento de excelência na comunicação cristã.


Foto: João Artur Müller da Silva/ALC

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: