Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Católicos e Luteranos dialogam sobre a Reforma

Católicos e Luteranos dialogam sobre a Reforma

19/05/2016 20h36

 

 

A noite da terça-feira (17) foi momento de diálogo entre católicos e luteranos, no auditório do edifício Ômega, na FaTeo, durante a 65ª edição da Semana Wesleyana, que este ano traz o tema: Wesley em diálogo com a Reforma. O Dr. José Bizon, cônego católico, e o luterano Dr. Lauri E. Wirth, docente da casa, trouxeram um painel com o tema: Do conflito à comunhão: Luteranos e Católicos comemoram juntos a Reforma.

 

As conferências sempre são precedidas de momento devocional, com louvor, leitura e oração.

 

Os dois comentaram partes do livro, com o mesmo título, que descreve conjuntamente a história da Reforma, analisa argumentos teológicos e traça caminhos ecumênicos. Em 2017, as igrejas católica e luterana vão confessar que feriram a unidade da Igreja, tornando-se culpadas diante de Jesus Cristo, sinalizando purificação, cura de memória e retomada da unidade, conforme Efésisos 4. 4-6 “Há um só corpo e um só Espírito, assim como a esperança para a qual vocês foram chamados é uma só; há um só Senhor, uma só fé, um só batismo, um só Deus e Pai de todos, que é sobre todos, por meio de todos e em todos.”

 

 

 

O cônego Dr. José Bizon, lembrou uma frase do Papa João XXIII, no Concílio Vaticano 2°, quando disse: “O que nos une é maior do que o que nos divide”. O diálogo entre católicos e luteranos já acontece há quase 50 anos e na comemoração de 500 anos da Reforma devem pedir perdão por palavras e atitudes. O Prof. Dr. Lauri E. Wirth lembrou da imagem do papa em iconografias protestantes e de Lutero em iconografia católico Romana e afirmou, “com certeza precisamos pedir perdão”.

 

 

 

Texto: Rose Rosa
Fotos: Ricardo Bissolato

 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: