Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Aula Magna e homenagem a ex-reitor marcam início das atividades da FaTeo

Aula Magna e homenagem a ex-reitor marcam início das atividades da FaTeo

18/02/2011 18h06

om a presença de representantes do Colégio Episcopal e lideranças da Igreja Metodista, a Faculdade de Teologia da Universidade Metodista de São Paulo realizou a sua aula inaugural com palestra do Prof. Dr. Paulo Tarso de Oliveira Lockmann, bispo presidente da Igreja Metodista na Primeira Região Eclesiástica (Rio de Janeiro) e uma singela homenagem ao Prof. Dr. Rui de Souza Josgrilberg, que se despede da reitoria da FaTeo para se dedicar ao ensino e à pesquisa.

O tema da Aula Magna, inspirada na tese de doutorado defendida pelo bispo Paulo Lockmann no ano de 2009, foi “A marcha do Messias-Profeta: um estudo do relato da viagem de Jesus à Jerusalém no Evangelho de Lucas”, que avalia o texto bíblico de Lucas 9.51 a 19.48.

Estudando este trecho do Evangelho, o bispo Paulo observou que o Lucas priorizou o perfil messiânico de Jesus. “Não estão ausentes outras imagens de Jesus, como encontradas nos outros sinóticos, mas é visível a preferência de Lucas pelo caráter profético de Jesus”, disse o palestrante. Essa preferência se verifica, por exemplo, na referência a Simeão que, ao ver o menino Jesus, levado por seus pais ao templo, glorifica a Deus e profetiza: “Eis que este é posto para queda e elevação de muitos em Israel e para sinal que é contraditado (e uma espada transpassará também a tua própria alma), para que se manifestem os pensamentos de muitos corações” (Lc2.34). Segundo o bispo Paulo, nessa passagem não se observa um perfil monárquico, por exemplo, mas tipicamente profético, pois se apresenta um confronto bastante comum ao ministério profético.

Paulo Lockmann destacou, também que a teologia de Lucas tem a ver em grande parte com a Escatologia, em sua opinião um “tema órfão”, pois tem sido descartado nos dias de hoje. “Ninguém quer mais morar no céu. No Rio de Janeiro todo mundo quer morar na Barra da Tijuca. Hoje estamos divorciados da Escatologia. Só se fala em prosperidade e bem-estar. O hedonismo tomou conta dos púlpitos”, alertou o bispo. Lockmann destacou que o tema da Escatologia é central no livro de Lucas e reporta a intervenção de Deus na História. Outro elemento decisivo neste Evangelho é a forte presença da Galileia, a “periferia” dos tempos de Jesus. “No Rio de Janeiro a Galileia é a Baixada Fluminense”, exemplificou. Segundo o bispo, Lucas enfatiza o ministério de Jesus entre os “publicanos e pecadores”, as pessoas detestáveis da época. “O Espírito do Senhor está sobre mim, porquanto me ungiu para anunciar boas novas aos pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos, e restauração da vista aos cegos, para por em liberdade os oprimidos, e para proclamar o ano aceitável do Senhor” diz o texto de Lucas 4.18-19. “Não dá para fazer teologia cristã sem o tema da libertação”, declarou o bispo.

imagens/livro_bisp_Paulo.jpg

Ao final da palestra, o professor Helmut Renders, coordenador da Editora da Faculdade de Teologia, Editeo, deu uma boa notícia a quem pretende se aprofundar no tema: o anúncio do livro “A marcha do Messias-Profeta”. A pesquisa de doutorado do Bispo Paulo inaugura uma nova série temática da Editeo – a série Teses – com lançamento previsto para maio.


As homenagens ao professor Rui: reconhecimento e amizade

O segundo momento da programação foi de homenagens ao Professor Rui Josgrilberg, que se despede da reitoria da FaTeo. Cada um dos docentes que integrou a mesa formada para prestigiar a Aula Magna da FaTeo, sob coordenação do Professor Nicanor Lopes, teve a oportunidade de prestar uma homenagem ao professor que os tem acompanhado em suas carreiras docentes. A solenidade do momento não impediu a singeleza da manifestação: os colegas puderam externar não apenas sua admiração pelo professor, mas também o apreço pelo amigo.

O Bispo Paulo Lockmann afirmou ter muitas lembranças de sua convivência com o professor Rui, desde os tempos em que, juntos, ministraram aulas em seminário do Rio de Janeiro. Como pastor recém-formado, o bispo Paulo Lockmann teve a oportunidade de começar seu ministério na Igreja em Queimados, que o Reverendo Rui Josgrilberg havia pastoreado anteriormente e lá pôde constatar os bons frutos de seu trabalho pastoral.

O Reverendo Paulo Nogueira, presidente do Conselho Diretor da FaTeo, destacou o privilégio de ter Rui Josgrilberg como seu professor na Faculdade de Teologia, 20 anos atrás. Mais tarde, pôde ver a mesma dedicação no trabalho exercido pelo professor na Reitoria. “Eclesiastes 9.10 representa muito bem o professor Rui: ´Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças...” Quando olho para o professor Rui vejo isso”, disse Paulo, enfatizando a constância do trabalho bem feito.

O Prof. Marcio de Moraes, reitor da Universidade Metodista de São Paulo, registrou o empenho do professor Rui para que ocorre o reconhecimento do curso de Teologia pelo MEC, uma importante conquista para a Igreja e Universidade. Finalmente, o Professor Paulo Garcia, atual reitor da FaTeo, lembrou a importância da atuação constante e serena do professor Rui Josgrilberg para que a FaTeo conquistasse a estabilidade e relevância que tem hoje. Reconhecida internacionalmente no meio acadêmico , a Faculdade de Teologia é, também, instituição presente nas igrejas , graças ao envolvimento de estudantes e docentes com as comunidades locais.

Grato por tudo o que o professor Rui fez pela FaTeo, Paulo Garcia agradeceu também por tudo o que ele não pôde fazer em função de seu empenho, ou seja, por todos os projetos acadêmicos dos quais ele precisou abrir mão para se dedicar com afinco à gerência da Faculdade. Agora, com mais tempo para as atividades docentes, o Prof. Dr. Rui de Souza Josgrilberg poderá se dedicar integralmente ao estudo, às aulas e aos livros que esperam para serem publicados. Como bem lembraram os professores, a Editeo terá muito trabalho pela frente. Graças a Deus.

Suzel Tunes


LEIA TAMBÉM:

A contribuição do professor Rui Josgrilberg à Faculdade de Teologia da Igreja Metodista

Motivos não faltam para que a comunidade da FaTeo expresse sua gratidão ao professor. Rui de Souza Josgrilberg presta seus serviços à FaTeo há cerca de 20 anos, como vice-reitor e reitor em diferentes períodos. Nesse momento, ele se despede de dois mandatos consecutivos, ou seja, oito anos como reitor da FaTeo.

Durante o período em que esteve na liderança da FaTeo houve tantas conquistas que não se pode enumerá-las sem cometeter injustas omissões. Podemos, no entanto, citar a importância do professor na organização da Faculdade a partir da década de 80, conferindo-lhe estabilidade e crescimento. Desde este período a FaTeo tem investido fortemente na formação de quadros docentes, um trabalho cujos frutos já se pode ver hoje: o atual reitor, Dr. Paulo Roberto Garcia e vice-reitor, Prof. Nicanor Lopes, foram formados pelo prof. Rui, bem como vários coordenadores de cursos e professores da Faculdade de Teologia da Universidade Metodista de São Paulo e até de outras instituições da Rede Metodista de Educação, como o professor Clóvis Pinto de Castro, atual reitor da Universidade Metodista de Piracicaba.

O prof. Rui também fortaleceu as relações internacionais, trazendo pesquisadores renomados internacionalmente nas tradicionais Semanas Wesleyanas (semana de conferências que ocorre todos os anos, no mês de maio). A FaTeo também marca sua presença no Oxford Institute, uma organização de que reúne periodicamente estudiosos do pensamento e obra do teólogo John Wesley. Internamente, o professor Rui ampliou as relações com a Igreja Metodista e outras denominações evangélicas.

Outra importante contribuição do professor Rui diz respeito à infra-estrutura do curso. Em seu mandato levou-se à frente um antigo projeto de ampliação e integração da biblioteca às salas de aula, com a construção do Edifício Ômega. Em seu mandato foi criado o curso de Teologia presencial noturno e o EAD (educação à distância). Ele também esteve à frente da criação do Centro de Estudos Wesleyanos, que já é uma referência na América Latina, e do Centro de Memória Metodista, um rico acervo documental da história do protestantismo no Brasil.

Suzel Tunes

Comunicar erros


Receba informações de oferecimento sobre esse curso: