Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Audioteca Sal & Luz, entidade filantrópica criada pela Igreja Presbiteriana, pede colaboração

Audioteca Sal & Luz, entidade filantrópica criada pela Igreja Presbiteriana, pede colaboração

05/11/2010 13h14 - última modificação 05/11/2010 13h36

Exercer um trabalho voluntário nem sempre requer muito do seu tempo. Uma boa oportunidade oferece a audioteca Sal & Luz, uma instituição sem fins lucrativos que produz e distribui audiolivros a deficientes visuais. Para continuar exercendo esse importante trabalho de inclusão social, a audioteca está pedindo ajuda. E não é de dinheiro que eles precisam. Apenas de divulgação. Se você conhece uma pessoa com deficiência visual basta compartilhar com ela a existência da audioteca. “A nossa maior preocupação reside no fato que, apesar do governo estar ajudando imensamente, é preciso apresentar resultados. Precisamos atingir um número significativo de associados, que realmente contemplem o trabalho, senão ele irá se extinguir e os deficientes não poderão desfrutar da magia da leitura”, Christiane Blume, psicóloga e coordenadora de divulgação do Projeto Audioteca Sal e Luz.

Para receber os audiolivros pelo correio, ou diretamente na sede da entidade, o associado paga uma taxa anual de 30 reais. Esse valor lhe dá o direito de pegar emprestado quase três mil títulos, entre livros didáticos, profissionalizantes, religiosos e literatura em geral. Existem até textos e provas corrigidas voltadas para concursos públicos em geral. Os audiolivros podem ser emprestados sob a forma de fita K7, CD ou MP3 e, caso a pessoa não possa retirar o material na sede da entidade, ele segue pelo correio, sem custo para o associado.

A Audioteca fica no Rio de Janeiro (Rua Primeiro de Março, 125- Centro, telefone (21) 2233-8007. O horário de atendimento é de terça à quinta das 08:00 às 16:00 horas. Para quem não mora no Rio de Janeiro, o contato se dá pelo site http://www.audioteca.org.br/index.htm e e-mail : audioteca@audioteca.org.br .

Divulgar a audioteca não custará mais do que alguns minutos no envio de e-mails ou nas redes sociais da Internet. Já os cariocas têm a oportunidade de dedicar um pouco mais de tempo ao trabalho. A audioteca também aceita a ajuda de voluntários para serviços administrativos, atendimento pessoal aos deficientes e gravação de livros.


Projeto nasceu por iniciativa de igreja


O projeto da Audioteca Sal & Luz nasceu em 1989, a partir da sensibilidade de um grupo de pessoas da Igreja Presbiteriana Betânia, do Rio de Janeiro. Com foco na inclusão social, o grupo começou distribuir não apenas audiolivros religiosos, mas material didático e literário. No ano de 2003, a Audioteca ganhou o Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologias Sociais e desde 2004 tem realizado parcerias para a produção de livros, levando o projeto para dentro de empresas e incentivando o trabalho voluntário. Mas continua precisando de ajuda para captação de novos associados. E não por que haja pouca necessidade de audiolivros: calcula-se a existência de 2 milhões de deficientes visuais no Brasil, que se beneficiariam muito desse trabalho. O ainda está faltando é apoio na divulgação.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: