Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Centro Otília Chaves realiza capacitação para mulheres no Equador

Centro Otília Chaves realiza capacitação para mulheres no Equador

A capacitação promovida pela Asociación de Mujeres da Iglesia Evangélica Metodista Unida Del Ecuador, aconteceu entre os dias 25 e 27 de janeiro, na cidade de Quito, capital do país.

31/01/2019 17h00 - última modificação 31/01/2019 17h08

A capacitação promovida pela Asociación de Mujeres da Iglesia Evangélica Metodista Unida Del Ecuador, aconteceu entre os dias 25 e 27 de janeiro, na cidade de Quito, capital do país.

As professoras Margarida Ribeiro e Blanches de Paula ministraram a capacitação com o tema “Mulheres Discípulas e Conselheiras nos Caminhos da Missão” para 66 mulheres, número que surpreendeu a organização do evento, que contava até o dia anterior com 45 inscritos. O encontro realizado pelo Centro Otília Chaves em parceria com a Faculdade de Teologia e a Igreja Metodista da Grã Bretanha foi a maior capacitação para mulheres metodistas até hoje realizada no país.

Bispo Silvio Cevalllos e Prof. Margarida Ribeiro Além de ministrar a capacitação a Professora Margarida Ribeiro saudou o Bispo equatoriano Silvio Cevalllos e encontrou com a diretiva das mulheres metodistas do país, entre elas a vice-presidente e a tesoureira da associação.

 O encontro destinado as mulheres, contou com a participação de leigas e pastoras, metodistas e de outras denominações. Além de mulheres jovens, adultas e idosas, também participaram três adolescentes, cinco crianças, que acompanhavam suas mães, e três homens. Através de um diálogo comunitário, durante o curso, o grupo também discutiu sobre a relação entre as mulheres e violência “esperança e desafios na luta contra a violência das mulheres.”

Para a irmã equatoriana Tamiacurisisa Viracocha, que participou da capacitação “Foi uma oficina deliciosa. Obrigada por essa grande bênção, que mensagens muito profundas foram transmitidas de maneira tão simples [...] Aleluia, isso me deu muita esperança e força para continuar.”

As professoras Margarida Ribeiro e Blanches de Paula foram acolhidas por um casal de membros da igreja local, Eluzinete e Eduardo, que cuidarão de nossas professoras, dando apoio e providenciando tudo que necessitassem.

 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,

Receba informações de oferecimento sobre esse curso:

X