Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Farol Empreendedor / Reportagens / VEGANOS E O MAPA DA EMPATIA

VEGANOS E O MAPA DA EMPATIA

Texto do Prof. Antero Paulo dos Santos Matias Coordenador do Projeto Farol Empreendedor

Num bate papo informal com uma brilhante aluna, comentamos sobre o movimento do Veganismo, do qual uma de suas filhas participava. Fui verificar do que se tratava e depois de algumas buscas encontrei uma definição: Veganismo é um estilo de vida que busca excluir, na medida do possível e praticável, todas as formas de exploração contra os animais na alimentação, vestuário e qualquer outra finalidade. Assim, um vegano não come alimentos de origem animal, carnes de todas as cores e tipos, ou que contenham qualquer resíduo: leites, queijos, salsichas, ovos, mel, banha, manteiga, etc.; não veste roupas ou sapatos feitos de animais: couro, seda, lã, etc.; evita o consumo de cosméticos e medicamentos testados em animais ou que contenham componentes animais na formulação: sabonetes feitos de glicerina animal, maquiagem contendo cera de abelha, xampu com tutano de boi, etc.; não apoia diversões contendo exploração animal, como rodeio, circo com animais, rinhas, etc.; profissionalmente não trabalha com exploração animal (vivo ou morto), como venda de animais em pet shop, lojas de aquário ou gaiolas para passarinhos, venda de qualquer produto que contenha derivado animal (p.ex. bolsas e sapatos de couro), restaurante que utilize animais ou seus resíduos corporais como comida, dentre outras atividades (Veganismo.org.br  - acesso em 17 de maio de 2015).

Achei interessante entender que existam pessoas que pensem diferente da maioria que utiliza o que os animais produzem. Bem, mas por que eu busquei o mundo do Veganismo para falar sobre o Mapa da Empatia? Simples, porquê neste mundo há muitas oportunidades de produtos e negócios. Apesar de ser um número muito pequeno (segundo a Associated Press/CBS News, apenas 3% da população americana se diz Vegan), este segmento de mercado pode encaminhar muito bem o sucesso de uma empresa. A questão é como compreender o que este segmento de clientes pensa, age e consoma, para então entregar produtos e serviços capazes de satisfazer suas necessidades. Para tanto, a empresa Xplane (http://www.xplane.com/) desenvolveu o chamado MAPA da EMPATIA, ferramenta muito útil para compreender o perfil de um segmento de cliente. E como esta ferramenta pode ser utilizada? Não parece algo difícil. Vamos aos passos:

  1. Identifique a faixa etária ou mesmo a idade, a renda, o estado civil, entre outros do perfil hipotético (demografia cria maior relacionamento com este perfil). Se achar interessante dê um nome a um indivíduo que represente bem este segmento.
  2. O que ele vê? Esta ação visa compreender o mundo que é visível para este segmento. Tente responder as seguintes perguntas: Como é o mundo em que ele vive? O que as pessoas que o rodeiam fazem? Como são os amigos dele? O que está em alta no cotidiano dele?
  3. O que ele ouve? Esta ação visa verificar as influencias que eles recebem. Tente responder as seguintes perguntas: Que pessoas e ideais o influenciam? O que as pessoas importantes de sua vida dizem? Que atitude tem frente as marcas preferidas e que mídias o influenciam? Quem são seus ídolos?
  4. O que ele pensa e sente? Esta é uma das principais ações, pois tentamos identificar aqui padrões e necessidades que este segmento sente mas não consegue expressar. Tente responder as seguintes questões: Quais são algumas ideias importantes que ele pensa e não diz? Como ele se sente em relação à vida, ou o que o motiva? Com o que anda preocupado ultimamente? Por quê? Quais são alguns sonhos e desejos?
  5. O que ele fala e faz? Identificamos aqui como este segmento se expressa. Tente responder as seguintes questões: O que é comum de ele dizer? Como ele costuma agir? Quais são os hobbies? Do que gosta de falar?

Os próximos dois passos são muito importantes, pois tentam captar as aflições e ansiedades deste segmento;

  1. Quais são suas dores? Tente responder: Do que tem medo? O que o frustra? O que tem atrapalhado ele? O que ele gostaria de mudar em sua vida?
  2. Quais são suas necessidades? Tente responder: Que tipo de coisa ele precisa para se sentir melhor e como faz para atingir isto? O que é sucesso? Onde ele quer chegar? O que tem feito para ser feliz, ou o que realmente o motiva? O que acabaria com suas dores, ou seja, quais seriam seus ganhos?

Que tal começar a identificar o que seus futuros clientes desejam antes de validar alguma ideia? Vale a pena conferir.

Referências:

http://www.xplane.com/

http://www.veganismo.org.br/

http://www.cbsnews.com/news/vegan-diets-become-more-popular-more-mainstream/

Comunicar erros