Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Farmácia / Depoimentos

Depoimentos

Pedro Oliveira

pedro"Há dois anos cursando Farmácia na Universidade Metodista, tenho muito orgulho da escolha que eu tive. Meu nome é Pedro Henrique Bastos Oliveira, tenho 19 anos, e acabo de terminar o quarto semestre.

Atualmente, estou estagiando em uma indústria farmacêutica. Porém, já estou na área como estagiário desde o primeiro semestre, quando tinha apenas 17 anos, e adquiri experiência e conhecimento na área clínica, magistral e, agora, industrial.

As aulas teóricas e práticas me deram todo o suporte necessário para realizar as atividades do meu cotidiano com segurança, certeza e sem medo de errar, uma vez que utilizo diversas vidrarias e aparelhos para realização de análises e que, grande parte, destes eu já tinha familiaridade através da infraestrutura da Universidade.

Considero o estágio parte fundamental para o desenvolvimento de qualquer aluno durante seu período na Universidade, pois, somente “botando a mão na massa” e através da rotina e vivência em determinada área, que é possível identificarmos com o que queremos seguir carreira e progredirmos em um futuro bem próximo. O estágio é a melhor forma de aprendizado e conhecimento das diversas áreas possíveis que a graduação escolhida pode oferecer.

Os professores são ótimos, atenciosos, respeitosos e sempre nos incentivam a estar em busca de oportunidades. As experiências que eles me passaram até então foram fundamentais para que eu pudesse atingir meus objetivos, já alcançados, e os que eu ainda tenho como meta. Os professores inclusive divulgam vagas disponíveis na faculdade e fora dela. Mas, sem os conhecimentos aprendidos em sala, seria um profissional incompleto."

Pedro Henrique Bastos Oliveira, de 19 anos, estagiário em uma indústria farmacêutica. 

Comunicar erros

Gabriela Fajan

“Trabalho em uma empresa Farmacêutica, como técnica de laboratório na área de P&D (pesquisa e desenvolvimento). Entrei na empresa no final de março de 2016 como estagiária. Após quatro meses fui efetivada como técnica de laboratório.

gabriela

A Metodista é uma universidade muito reconhecida no mercado de trabalho, portanto muitos recrutadores apostam em alunos da Metodista. Acredito que esse foi um ponto positivo no meu currículo.

Outro ponto foram minhas experiências e conhecimentos adquiridos na Universidade, que me destacaram entre os demais concorrentes pois na entrevista realizei uma prova e todo o conteúdo eu havia aprendido nas aulas.

Também tive a oportunidade de realizar um estágio em controle de qualidade dentro da própria Universidade, na Farmácia-Escola, onde juntamente com as aulas práticas aprendi a trabalhar em laboratório. Isso foi um ponto importante para concorrer à vaga. Aprendi a atuar em laboratório nas aulas práticas que tivemos e todo o conhecimento adquirido nas aulas de farmacologia, química, etc, me dão toda a base que eu preciso no trabalho”.

Gabriela Fajan Anselmi, 18 anos, técnica de laboratório na área de pesquisa e desenvolvimento em uma empresa farmacêutica.

Comunicar erros

ANA CLÁUDIA POMPEU RAMINELLI - COORDENADORA

Minicurrículo

 

 

Receba informações de oferecimento deste curso

Receba informações de oferecimento sobre esse curso:

X