Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Escola de Gestão e Direito / Notícias / Agência Metodista de Consultoria unifica espaços de estudos, pesquisas e serviços à comunidade

Agência Metodista de Consultoria unifica espaços de estudos, pesquisas e serviços à comunidade

Entre as novidades estão os novos Observatórios Contábil Social e de Gestão Pública e Privada, além do Núcleo de Desenvolvimento Acadêmico

11/04/2016 22h15 - última modificação 11/04/2016 22h33

Ampliar os espaços de estudos e pesquisa, criando ainda em 2016 o Observatório de Gestão Pública e Privada e o Observatório Contábil Social, é um dos cenários já em construção após a aliança entre FAE (Faculdade de Administração e Economia) e FAGES (Faculdade de Gestão e Serviços) da Universidade Metodista de São Paulo. A fusão das duas faculdades, que resultou na criação da Escola de Gestão e Direito em 2015, vai unificar várias áreas internas de forma a alinhar objetivos e estratégias, segundo anunciou o novo diretor da EGD, Fulvio Cristofoli, o que significará o fortalecimento das ações e serviços da universidade.

Assim, as nomenclaturas CAGE (Central de Agências e Gestão), CENPRO (Central de Projetos e Relacionamento Organizacional) e Agência FAGES deixam de existir e passam a integrar a Agência Metodista de Consultoria.

Além dos novos observatórios que se juntarão ao já tradicional Observatório Econômico do curso de Ciências Econômicas, outra novidade é a formação do Núcleo de Desenvolvimento Acadêmico. O espaço pretende acompanhar o período de formação profissional dos alunos por meio de ações integradoras, a fim de promover seu acolhimento em diversas situações pessoais, profissionais, relacionais e sociais durante o período em que estiverem cursando a Metodista.

O Núcleo de Desenvolvimento Acadêmico da Escola de Gestão e Direito atua também no incentivo e divulgação de eventos acadêmicos como congressos, encontros, visitas técnicas e seminários. Acompanha ainda a execução das políticas de monitoria, estágios, trabalho de conclusão de curso (TCC) e atividades complementares. Além disso, trabalha de forma integrada com o Núcleo de Consultoria, incluindo os Componentes Curriculares de Empreendedorismo, Ligas, Eventos e Programas de Parcerias Externas de apoio e fomento relacionados ao empreendedorismo e desenvolvimento acadêmico–profissional.

Outra nova ação no âmbito da Agência Metodista de Consultoria é que a partir de 2016 a Cátedra Gestão de Cidades passa a trabalhar de forma integrada com o PPGA (Programa de Pós-graduação em Administração), sob coordenação do professor Almir Martins Vieira, visando a aproximar projetos desenvolvidos. Também a partir deste primeiro semestre, o Núcleo de Consultoria conta com um escritório de apoio no campus Rudge Ramos, localizado na sala O-514. Veja as atribuições e como fica o novo organograma:

CATÉDRA GESTÃO DE CIDADE
Docente líder: Luis Silvério Silva

A Cátedra Gestão de Cidades tem como missão contribuir para o desenvolvimento de uma cidade/região com melhor qualidade de vida e para a produção coletiva do conhecimento, proporcionando um espaço de reflexão e ação que sustente projetos e políticas de gestão dos municípios. Seus principais objetivos são:

• Promover e apoiar estudos, pesquisas, debates e projetos para implementação de políticas públicas integradas com vistas à melhoria da qualidade de vida dos cidadãos.
• Envolver nas suas atividades estudantes, professores, pesquisadores e profissionais de várias áreas do conhecimento.
• Estabelecer diálogo com representantes das áreas governamentais, não-governamentais e privadas para reflexão e ação conjunta.
• Articular uma rede de informação que disponibilize acesso a estudos, pesquisas e estatísticas desenvolvidos sobre gestão de cidades.
• Divulgar e compartilhar ações e reflexões desenvolvidas e atrair interessados no tema da gestão de cidades.

NÚCLEO DE CONSULTORIA
Docente líder: Antero Paulo dos Santos Matias

O Núcleo de Consultoria é formado por professores e alunos da Escola de Gestão e Direito e tem dois objetivos principais: proporcionar aos estudantes espaço para o conhecimento prático e vivência na futura carreira profissional e prestar serviços para empresas da região. Com foco na estratégia, na inovação e no empreendedorismo, podem participar das atividades organizações de qualquer porte e ramo, empresários ou futuros empresários, ONGs e empreendimentos solidários e órgãos públicos. O Núcleo de Consultoria desenvolve as seguintes ações para clientes:
• Orientação e apoio técnico.
• Melhorias e definições nos processos internos.
• Assessoria e consultoria.
• Planejamento e pesquisas de mercado.
• Desenvolvimento de projetos para captação de recursos em órgãos de fomento.
• Desenvolvimento de modelos inovadores de gestão.

NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO
Docente líder: José Antonio Massarope

O Núcleo de Desenvolvimento Acadêmico é subdividido em várias subáreas (processos acadêmicos) inerentes aos cursos e alunos da Escola de Gestão e Direito, a saber – com os respectivos docentes que irão ajudar nas missões 2016-1:
• Laboratório de Gestão – Natacha Irene Renee Pouget
• Relações Externas –Nilson Tadashi Oda
• Estágio Supervisionado – Controle –Patrícia Bretch Innarelli
• PLA´s (Período Letivo Alternativo) - Controle (Presenciais e EaD) – Patrícia Bretch Innarelli
• Atividades Complementares – Controle:

  1.  Administração: Alexandre Borbelli e Patrícia Bretch Innarelli 
  2.  Ciências Contábeis: Marco Aurélio Silva 
  3.  Ciências Econômicas: Verenice Pavan G. Abdulmacih 
  4.  Direito: Alessandra Maria Sabatine Zambone 
  5.  Secretariado: Ana Maria Santana Martins

 

• Feiras de Negócios –Claudia P. P. Bock e José Antonio Massarope
• Eventos e visitas técnicas da Escola de Gestão e Direito - Claudia P. P. Bock
• Extensão - Editais - Fomento Externo –Giovana Garcia Firmino e José Celso Martins
• Articulação com o Diretório Acadêmico –João Almeida Santos
• Articulação com CRA e empresas –João Almeida Santos
• Elaboração e Controle de Indicadores –Thaisa Bechelli Yamanaka e Vinicius Chunques Gervasoni

NÚCLEO REVISTA CIENTÍFICAS

Reúne os periódicos científicos da Escola de Gestão e Direito e tem como objetivo proporcionar à comunidade científica um canal formal de comunicação e disseminação da produção técnico-científica nacional por meio da publicação de artigos originais que sejam resultados de pesquisas tecno-científicas e que contribuam para o avanço do conhecimento.

Docentes Líderes:
ROC - Revista Organizações em Contexto – online - QUALIS CAPES B3 – prof. Elmo Tambosi Filho
A ROC, do Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA) da Escola de Gestão e Direito, tem como missão servir às comunidades acadêmica e gerencial nas áreas de Administração, Ciências Contábeis, Turismo e Economia como veículo para geração e disseminação de conhecimento, assim como para orientação administrativa das ações em organizações.


REGS - Revista Eletrônica Gestão e Serviços – online - QUALIS CAPES B4 - profa. Sibelly Resch
A REGS é publicada semestralmente pela Escola de Gestão e Serviços da Universidade Metodista de São Paulo. A revista veicula artigos sobre temáticas que privilegiem pesquisas (teóricas ou empíricas) nas áreas de gestão e serviços, tendo em vista o desenvolvimento de ferramentas e estratégias de gestão com uma postura crítica, coerente e interdisciplinar.

ReFAE - Revista da Faculdade de Administração e Economia – online - QUALIS CAPES B4 - profa. Sonia Maria Ribeiro Jaconi
Revista acadêmica, tem por missão promover a produção, difundir o conhecimento voltado à área de administração e afins, bem como oferecer contribuição científica ao desenvolvimento da gestão competente das organizações. A prática editorial adotada pela ReFAE é exclusivamente o Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER/OJS) para publicação on-line de periódicos.

NÚCLEO DE PRÁTICAS JURÍDICAS

EAJ - Escritório de Assistência Judiciária
Docente líder: Daniela Pozza Batista

Credenciado pela Ordem dos Advogados do Brasil, seus objetivos são:
• Atender a comunidade carente domiciliada no município de São Bernardo do Campo de modo a garantir o acesso à Justiça, como princípio fundamental da Constituição Federal.
• Proporcionar aos alunos, a partir do 7º período, a realização prática do conteúdo aprendido em sala de aula, bem como contribuir para a experiência profissional das atividades forenses, devidamente orientados por professores advogados. Isso colabora com a formação humanista.
• Permite ao aluno o aperfeiçoamento do aprendizado e uma visão real do universo jurídico com o qual vai defrontar-se ao final do curso, nas diversas carreiras que o curso de Direito pode oferecer.
• Outro aspecto relevante desta atividade é a prestação de serviço às pessoas que não possuem recursos financeiros para solução de seus conflitos junto ao Poder Judiciário, o que permite que a Universidade possa exercer, também, atividade de extensão de relevante função social ao aproximar–se da comunidade, em especial a carente, do município.
• Para ser atendido pelo EAJ/Metodista, o interessado passa por triagem socioeconômica de acordo com as disposições estabelecidas pela OAB/SP, com os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência e de renda.

CEJUSC – Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania de S.Bernardo do Campo
Docente líder: Elaine Cristina Saraiva Bentivoglio

A Universidade Metodista de São Paulo firmou convênio com o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para atuação no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania de São Bernardo do Campo (CEJUSC/SBC), nos termos da Resolução nº 125 de 29 de dezembro de 2010 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que instituiu a Política Judiciária Nacional de tratamento dos conflitos de interesses, tendente a assegurar a todos o direito à solução dos conflitos por meios adequados as suas natureza e peculiaridade.

O curso de Direito participa deste convênio destinando material de escritório, além de 10 estagiários de Direito, uma professora-coordenadora e um servidor para atuarem no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e de Cidadania.

A atuação no convênio se dá tendo em vista a preocupação em permitir aos alunos a vivência com o novo conceito de acesso à Justiça, não só aos órgãos judiciários e processos, mas, sobretudo, à ordem jurídica justa, com solução dos conflitos utilizando mecanismos alternativos como a mediação e a conciliação. Por acreditar que é importante disseminar a cultura de pacificação, houve também inclusão de conteúdo relativo a Conciliação, Mediação e Arbitragem na estrutura curricular do curso, o que propicia o conhecimento da cultura da solução pacífica dos conflitos de interesses.

NÚCLEO DE OBSERVATÓRIOS DE PESQUISA

Observatório Econômico
Docente líder: Sandro Renato Machio

Vinculado ao curso de Ciências Econômicas, o Observatório Econômico, por meio de pesquisas e grupos de estudos, busca analisar e divulgar informações econômicas sobre a região do ABC paulista, responsável por 7,3% da riqueza produzida no Estado de São Paulo e 2,44% da riqueza produzida no País (dados do PIB de 2008). Tem como objetivos:
• Fornecer a empresários e gestores públicos indicadores econômicos locais, obtidos por meio de pesquisa realizada pelos professores e estudantes.
• Montar uma base de dados com informações econômicas regionais.
• Construir indicadores para avaliação do desempenho da economia regional.
• Aprimorar o entendimento sobre o desenvolvimento econômico do Grande ABC, como forma de compreender as tendências futuras da economia.
• Estruturar tecnicamente o Observatório para atender demandas regionais, seja de empresários, gestores públicos ou dos trabalhadores.

 

Esta matéria foi publicada no Jornal da Metodista.
Conheça Outras.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , , ,
PÓS-GRADUAÇÃO
PUBLICAÇÕES