Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Escola de Ciências Médicas e da Saúde / Notícias / Café & Acolhimento discute formas de se reinventar

Café & Acolhimento discute formas de se reinventar

Conversa foi guiada pela coach Malu Monteiro

20/09/2017 12h55

No último sábado, 16 de setembro, foi realizado o 46º Café & Acolhimento, organizado pela Associação Brasileira de Mieloma Múltiplo (ABRAMM). É a quinta vez que esse encontro, que pretende uma troca de experiências entre as pessoas que tiveram essa doença, acontece na Universidade Metodista de São Paulo. A conversa sobre o tema “Você tem coragem de reinventar-se?” foi guiada pela coach e palestrante Malu Monteiro.

Malu buscou provocar a participação de cada pessoa da roda de conversa para que suas experiências fossem compartilhadas: “Conversar é um resgate da comunicação do olho no olho, é a oportunidade de aprender com o outro”, resumiu a coach sobre o encontro.

O café é aberto a todos que tenham alguma experiência com a doença ou que sejam interessados em conhecer mais sobre o Mieloma Múltiplo. Neste último sábado haviam pacientes com diversos tipos de câncer, além de ex-pacientes, familiares e amigos.

O jovem Vinícius Oliveira, de 16 anos, vem as reuniões do Café & Acolhimento com sua mãe, Solange Oliveira. Nenhum dos dois teve a doença, mas participam das reuniões junto com Rogério Oliveira, irmão de Solange, que já foi paciente de mieloma múltiplo e que é presidente da ABRAMM. “A gente gosta de vir porque é uma forma de dar apoio aos outros participantes que enfrentam o câncer e também passamos a conhecer mais sobre como combater e conviver com esse mal que está presente na nossa realidade”, afirmou Solange.

Olivia Cavalcante, 72 anos, já participou do Café & Acolhimento em várias edições. “Cada encontro a gente vai aprendendo algo novo”. Nesse último, ela compartilhou sua história, um exemplo de alguém que soube se reinventar: aos 30 anos foi abandonada pelo marido, veio para São Paulo com os dois filhos que passou a criar ganhando um salário mínimo. Percebeu que precisava fazer algo diferente para mudar de situação e passou a estudar enfermagem. Se tornou auxiliar de enfermagem e com isso conseguiu sustentar a família. Há alguns anos atrás teve câncer de mama, o qual venceu e hoje é voluntária num projeto que auxilia mulheres com o mesmo tipo de doença.

Ao final da palestra, Rogério apresentou vários informativos sobre o mieloma múltiplo. Traz as notícias mais recentes sobre coisas relacionadas ao câncer, como por exemplo a liberação de remédios de alto custo e propostas de leis sobre saúde que estão sendo discutidas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

História do Café & Acolhimento

Rogério teve seu primeiro contato com encontros de pacientes de Mieloma Múltiplo em uma reunião que participou em Minas Gerais. “Eu gostei da ideia e trouxe aqui pra São Bernardo do Campo. Mas eu queria dar uma incrementada nesses encontros. Então eu busquei parcerias voluntárias com palestrantes, com pessoas que pudessem trazer temas legais”, conta Rogério.

Os encontros passaram a acontecer a partir de junho de 2013 e este ano foi feita uma parceria com a Universidade Metodista. “Está sendo muito boa essa parceria que fizemos com a Metodista. Antes não tínhamos um lugar fixo e isso atrapalhava na hora de agendarmos a vinda de um palestrante”.

O Mieloma é um tipo de câncer que atinge células da medula óssea, podendo danificar os ossos, o sistema imunológico, os rins e o número de células vermelhas no sangue.

Para acompanhar mais de perto as ações da ABRAMM o interessado pode curtir a página deles no Facebook; Acessar o site ou mandar e-mail para: .

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , ,
PÓS-GRADUAÇÃO