Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / engenharia / Notícias / Egresso de Engenharia da Computação obtém reconhecimento na Universidade e no mercado de trabalho

Egresso de Engenharia da Computação obtém reconhecimento na Universidade e no mercado de trabalho

05/02/2014

05/02/2014 17h55 - última modificação 05/02/2014 18h11

O curso de Engenharia da Computação da Metodista teve mais uma turma formada e elegeu o melhor aluno do curso, que recebeu o Prêmio Instituto de Engenharia 2013. O contemplado foi Geovanni Mattioli, estudante que também conquistou um prêmio no congresso SAE Brasil, em 2013, com seu Trabalho de Conclusão de Curso (saiba mais abaixo).

O Prêmio do Instituto de Engenharia é um diploma de reconhecimento aos profissionais que ingressam no mercado com a missão de aprimorar a profissão e contribuir para um País melhor para todos.

Geovanni aponta sua satisfação pelo reconhecimento e garante que não é fácil ter um bom desempenho durante os cinco anos do curso. “O reconhecimento individual dos professores, na presença dos colegas de sala, pais e amigos é algo muito gratificante. É importante lembrar que as boas notas vêm ao estudar em conjunto e trocar experiências. Não acredito que sozinho teria o mesmo desempenho e prazer nos estudos.”

A experiência dos professores na área de tecnologia da informação e a mescla entre teoria e prática são alguns dos diferenciais do curso segundo o egresso. “Eles trazem essa experiência para a sala de aula. O curso traz o que é necessário no embasamento teórico de Engenharia e as matérias práticas, que auxiliam o aluno a ter uma noção mais próxima da realidade do mercado de TI. A infraestrutura da Universidade também afeta positivamente todos os cursos.”

Geovanni atua no mercado de trabalho desde o 1º ano da Universidade.  “Praticamente a totalidade da turma ao longo desses cinco anos foi empregada. Isso mostra que é uma área que precisa de profissionais que, se forem dedicados, terão sucesso. Ter o domínio da língua inglesa também facilita muito a inserção no mercado, considerando que as maiores empresas do segmento são multinacionais”, revela.


Saiba mais:

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,