Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Engenharia Ambiental e Sanitária / Noticias / Professora de Engenharia Ambiental e Sanitária crítica no Metro obra na Billings

Professora de Engenharia Ambiental e Sanitária crítica no Metro obra na Billings

Docente da Metodista crítica a ausência de estudo sobre impacto ambiental

01/09/2016 20h50 - última modificação 02/09/2016 19h43

O governo do Estado inaugurou em 31 de agosto último mais uma etapa das obras para gerenciar a crise hídrica de 2014. O fato aconteceu em São Bernardo do Campo e faz parte do programa de medidas emergenciais. O novo trecho pode bombear 4 mil litros de água por segundo do Rio Pequeno, um dos braços da represa Billings, em direção ao Alto do Tietê, aumentando sua capacidade. A ideia é fazer com que o abastecimento da Capital dependa menos do sistema Cantareira.

Segundo entrevista da professora do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da Universidade Metodista de São Paulo, Viviane Pereira Alves, ao jornal Metro ABC, a intervenção pode prejudicar o meio ambiente, causando impacto no ecossistema da região.

Leia aqui a matéria.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , ,

MÁRCIA SARTORI  - COORDENADORA

Minicurrículo


 

engenharia-ambiental-e-sanit├бria.jpg

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: