Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Engenharia Ambiental e Sanitária / Noticias / Professor de Engenharia Ambiental defende ao DGABC campanha permanente de reciclagem

Professor de Engenharia Ambiental defende ao DGABC campanha permanente de reciclagem

Diminui percentual de moradores do Grande ABC que separam lixo para reciclar

10/06/2016 21h55 - última modificação 10/06/2016 22h15

pixabay.com

Ações existem, mas são episódicas, o que interrompe a conscientização sobre coleta e reciclagem adequada de resíduos. Em entrevista no Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho, o professor dos cursos de Engenharia Ambiental e de Gestão Ambiental da Universidade Metodista de São Paulo Carlos Henrique Andrade de Oliveira ressaltou que as prefeituras têm campanhas, mas são limitadas e ocorrem em determinados períodos, quando deveriam ser permanentes, para incentivar a população a separar o lixo.

Professor Carlos Henrique falou ao Diário do Grande ABC a respeito de pesquisa mostrando que caiu a adesão dos moradores da região à coleta seletiva. Segundo o Instituto de Pesquisas Socioeconômicas da USCS (Universidade Municipal de São Caetano) com 1.050 famílias feita em 2010 indagando se separavam o lixo para reciclagem, 20,60% confessaram não praticar a ação. Em 2015, o mesmo número de famílias foi questionado e, dessa vez, 29,70% afirmaram não fazer.

“A Política Nacional de Resíduos Sólidos obriga fabricantes, distribuidores e comerciantes a promoverem formas para a população descartar corretamente estes materiais, mas vemos isso acontecer muito pouco”, comentou o professor da Metodista.

Leia aqui a íntegra da matéria.

Esta matéria foi publicada no Jornal da Metodista.
Conheça Outras.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , ,

MÁRCIA SARTORI  - COORDENADORA

Minicurrículo


 

engenharia-ambiental-e-sanit├бria.jpg

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: