Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Especialistas discutem a importância da etiqueta contemporânea em diferentes áreas de atuação

Especialistas discutem a importância da etiqueta contemporânea em diferentes áreas de atuação

Profissionais de Eventos, Relações Públicas, Turismo e Secretariado contribuíram com suas experiências profissionais

19/10/2016 16h45 - última modificação 19/10/2016 17h45

Profissionais da área de Eventos, Turismo, Relações Públicas e Secretariado discutiram o tema

No mundo dos negócios, na área acadêmica ou na vida social - saber como se comportar pode fazer toda a diferença no dia a dia, na carreira e nos relacionamentos de uma pessoa. Este é o tema abordado pelo livro “Etiqueta Contemporânea: a civilidade que gera hospitalidade”, lançado ontem (18) na Universidade Metodista de São Paulo.

Vários convidados participaram de uma mesa-redonda sobre etiqueta corporativa, entre eles os dois autores do livro Andréa Nakane, doutoranda em Comunicação Social pela Metodista, e Francisco Canindé Gentil Vieira, turismólogo e mestre em Educação. “Minha avó me ensinou a receber e a visitar as pessoas, como me portar à mesa, como me apresentar. Como jovem eu odiava isso, até que me vi no meio empresarial e aflorou tudo aquilo que eu havia aprendido antes”, diz o autor.

Para Fernanda Pradella, proprietária de uma empresa de eventos, o comportamento profissional e assertivo é o que a levou a ter grandes experiências, como ser responsável na Copa do Mundo de 2014 nas áreas VVIP e VIP. Formada em Relações Públicas pela Metodista, a profissional dá a dica de que “etiqueta é importante, mas lembrem se imprimir a identidade de vocês em tudo o que fizerem”.

livro_etiquetaImportante setor para diversas áreas de trabalho como Secretariado e Relações Públicas, o meio de eventos também requer atenção especial. A assessora de eventos sociais, Adriana Gameiro, conta que é essencial que o profissional entenda o funcionamento dos diversos setores relacionados ao seu trabalho.

Também contribuíram com o debate Ana Maria Martins, coordenadora do curso de Secretariado Executivo Bilíngue e da Pós-Graduação em Gestão de Eventos e Paulo Ferreira, coordenador de Relações Públicas. Para Ferreira, o conceito de etiqueta se transformou ao longo dos anos: “no feudalismo tínhamos a cortesia, que depois se transformou em civilidade e acredito que hoje, passe a ser a hospitalidade. É a hospitalidade que vai reger a conduta de todos nós”.

Organização do evento

Além da interessante discussão e da sessão de autógrafos, este encontro teve um significado especial para a turma de Pós-Graduação em Gestão de Eventos, pois os próprios alunos foram responsáveis pela organização. A professora Ana Maria comentou a importância do curso e os bons resultados que a primeira turma está apresentando.

“Nosso curso tem uma diversidade muito grande de alunos, com pessoas formadas em cursos como Relações Públicas, Secretariado, Administração e Pedagogia. Os alunos se unem e auxiliam com suas experiências”, relata. Essa turma deve se formar no meio do ano que vem, mas já está vivenciando a experiência prática de organizar um grande evento.

Juliana de Souza Inácio é formada em Turismo e está cursando o 2° módulo do curso. Para ela a experiência foi ótima, pois pode oferecer seus serviços de decoração, já que é dona de uma empresa de flores. “É uma experiência que acrescentou ao meu currículo e ainda vamos ter um feedback para saber no que podemos melhorar”, declara.

“Consegui apoio para o evento, comprei bebidas, organizei o palco e pesquisei o currículo dos participantes”, conta Elisabete de Paola Dias, formada em Administração de Empresas. Ela considera que esse evento foi um ótimo complemento a tudo que está aprendendo no curso e avalia que a pós está agregando muito a seu currículo.

Etiqueta Contemporânea: a civilidade que gera hospitalidade

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , ,