Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Aluna de Mídias Digitais EAD vence Hackathon da Fiesp

Aluna de Mídias Digitais EAD vence Hackathon da Fiesp

A equipe de Kesia Ventura criou a Greenbox, uma plataforma que utiliza tecnologia a favor da educação

26/10/2016 14h01

O projeto Greenbox venceu na categoria Mashups

Os bichinhos virtuais foram uma verdadeira febre durante os anos 90 e com tantas revoluções tecnológicas que ocorreram desde então, as possibilidades para criar novos jogos e sistemas são infinitas. Já imaginou que legal unir toda essa tecnologia ao mundo real e estimular o aprendizado?

“Temos um cenário onde crianças têm acesso a smartphones cada vez mais cedo, o que pode gerar uma certa tendência a vício digital. Por isso, nossa equipe desenvolveu uma plataforma que tem como objetivo educar e ajudar a criar um jeito seguro e interativo de se usar tecnologia a favor da educação, trazendo para o mundo real elementos de jogos virtuais”, explica Kesia Ventura, de 31 anos, aluna de Pós-Graduação em Gestão de Mídias Digitais da Universidade Metodista de São Paulo.

A equipe de Kesia venceu a 5ª edição do Hackthon da Fiesp, uma competição de projetos inovadores. A Greenbox é um vaso inteligente que possui sensores que avisam sobre as necessidades da planta como falta de água ou claridade. Essas informações são enviadas a um aplicativo de celular, estimulando o usuário a aprender a cuidar de uma planta e conviver com elementos da natureza.

O desafio teve como tema a Internet das Coisas e durou cerca de 24h, entre a escolha das equipes, brainstorming, desenvolvimento e finalização do protótipo do projeto. A Greenbox foi vencedora na categoria Mashups, que visa combinar diversos dispositivos em um para estimular a conectividade e a praticidade no dia a dia das pessoas.

Cursando o 2° Módulo de Gestão de Mídias Digitais, a aluna conta que a Metodista a auxiliou bastante no desenvolvimento: “fui estudante do curso de Publicidade e Propaganda que desde o 1º semestre já apresentava atividades de trabalho em equipe para realização de projetos. No curso de Especialização, tenho visto conteúdos que contribuem para o conhecimento dos ambientes digitais, o processo criativo, de concepção e organização de ideias”.

O trabalho receberá incentivo do Comitê Acelera Fiesp (CAF), que alavanca o empreendedorismo, e cada participante recebeu um tablet. “Essa vivência comprovou que com dedicação é possível alcançar resultados e, sem dúvidas, se sai transformado de um desafio assim. Como disse Einstein: ‘a mente que se abre a uma nova ideia jamais volta ao seu tamanho original’. É assim que desejo seguir, buscando cada vez mais superação que contribua para meu crescimento e que ajude as pessoas a minha volta”, declara.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , ,