Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Educação Física / Notícias / Mães de crianças do mini-handebol participam de palestra sobre psicologia do esporte

Mães de crianças do mini-handebol participam de palestra sobre psicologia do esporte

Proposta é gerar entendimento sobre aspectos envolvidos na prática esportiva

31/10/2018 19h15 - última modificação 01/11/2018 13h54

Mães encontram solução conjunta para desafio promovido durante a palestra

O projeto da Universidade Metodista de São Paulo que promove aulas de handebol e mini-handebol para crianças segue com atividades às terças e sextas-feiras, no campus Rudge Ramos. Enquanto os treinamentos são realizados no ginásio, pais e responsáveis pelos atletas contam com dinâmicas e palestras promovidas por professores da instituição e profissionais de diversas áreas.

No último dia 30 de outubro, as mães participaram da palestra “Meu filho/Minha filha atleta: contribuições da Psicologia do Esporte”, conduzida pela professora Suzana Contieri, da Escola de Ciências Médicas e da Saúde. O encontro teve como proposta contribuir com o entendimento das responsáveis pelas crianças sobre aspectos envolvidos no esporte, como competição, saúde e bem-estar, habilidades individuais, fatores emocionais e trabalho em equipe.  

“A modalidade coletiva tem foco na equipe. Você pode ter aquele que vai se destacar, que tem maior facilidade e habilidade para se adaptar ao esporte, mas precisamos olhar para o resultado do grupo. O talento individual constrói o trabalho em conjunto”, destacou a professora enquanto promovia uma dinâmica com intuito de apresentar às mães os mesmos princípios trabalhados com as crianças em quadra.

As palestras também são um espaço de interação, onde as participantes podem compartilhar suas experiências como incentivadoras, torcedoras e educadoras. É o que explica Cláudia de Mattos Veloso, mãe de um dos alunos do projeto. "De fora acabamos vendo alguns comportamentos do filho lá dentro (da quadra) que não devemos passar a mão na cabeça. Precisamos conversar em casa, mostrar os pontos fracos e fortes, o que precisa melhorar. A gente aplaude, mas de vez em quando também precisa puxar e mostrar a realidade. Existem regras e nem sempre se ganha", disse.

As aulas de handebol e mini-handebol ocorrem às terças e sextas-feiras: das 17h30 às 18h20 para crianças de 6 a 9 anos das 18h20 às 19h10 para pré-adolescentes de 10 a 12 anos.

 

Confira mais fotos da palestra: 

Palestra – Contribuições da Psicologia do Esporte

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , ,

Receba informações de oferecimento deste curso

ROGÉRIO TOTO - COORDENADOR
rogerio-toto.jpg
Veja o minicurrículo

 


 

educa├з├гo-f├нsica.jpg

Receba informações de oferecimento sobre esse curso:

X