O processo de luto: Teoria e intervenção psicológica

Curso Presencial - Turma Confirmada
Carga horária: 32 horas
Semana Intensiva
Aulas: 8, 9, 10 e 11 de outubro de 2018
Horário: 19h às 23h
Investimento: R$ 196,00
Local: Campus Rudge Ramos, edifício Capa, sala 209
Aguarde Informações

Apresentação do curso

Em "Luto e Melancolia", Freud descreve o processo de luto como um trabalho psíquico para a elaboração de uma perda que pode ser de caráter real ou imaginário. Este processo será vivido pela maioria das pessoas em algum momento da vida e considera-se que mesmo o luto considerado normal é doloroso e exige grande esforço de adaptação às novas condições de vida. A terapia do luto tem como principal tarefa ajudar o paciente a processar a dor da perda, ajudá-lo a perceber a morte como um fato natural da vida, inerente ao ser humano e ressignificar o mundo com a ausência de um ente perdido. O curso apresentará como conteúdo: aspectos históricos, aspectos teóricos (definição e Teorias psicológicas), luto no ciclo vital (infância, adolescência, terceira idade), rituais e tipos de luto (não reconhecido, adiado, antecipatório, coletivo e complicado), técnicas de intervenção psicológica e resolução do luto.

Objetivo

Fornecer subsídios para a compreensão do processo de luto, seu enfrentamento, suporte, consequências e técnicas terapêuticas para pessoas enlutadas ou em processo de terminalidade, seja em instituições hospitalares, clínicas ou de outra.

Conteúdo programático

  • Apresentação do curso - Morte e Luto: Aspectos Históricos - definição 
  • Luto: Aspectos teóricos (Definição e Teorias psicológicas)
  • Rituais e Tipos de luto (não reconhecido, adiado, antecipatório, coletivo e complicado)
  • Luto no ciclo vital 
  • Cuidados paliativos – Aspectos éticos, Eutanasia e discussão sobre Bioética
  • Técnicas de intervenção psicológica e resolução do luto
  • Suicídio – Intervenção psicológica 
  • Apresentação de trabalhos/ finalização/ avaliação do curso

Diferencial do curso

O curso apresenta como diferencial a possibilidade de atuação em contextos clínicos, hospitalares e comunitários, oferecendo ao psicólogo a possibilidade de uma compreensão ampla sobre o fenômeno da morte e do morrer. Se mostra como um diferencial na formação e no quadro de conhecimentos de profissionais de saúde, principalmente de psicólogos, que por mais que atuem com perdas e mortes no cotidiano, não são treinados a trabalhar com a temática durante a formação. Além disso, este curso é o único da região fornecido por uma instituição de ensino, o que garante o pioneirismo e relevância.

Público-alvo

Estudantes de psicologia, profissionais da área.

Professor responsável: Renato Caio Silva Santos

Psicólogo. Professor de Psicologia (Universidade Metodista de São Paulo). Orientador pedagógico e profissional. Professor Editora Vetor. Mestre e doutorando em Ciências e Saúde Pública pela FSP USP. Especialista em Neuropsicologia pela Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo e Especialista em Sexualidade Humana pela Faculdade de Medicina da USP. Possui Aprimoramento em Psicologia Hospitalar pelo IIER SP, com título de especialista em Psicologia Hospitalar pelo CRP-SP.

Comunicar erros