Atendimento Clínico em Fenomenologia Existencial

Professor: Regio Lacerda
Carga horária: 20 horas
Aguarde mais informações sobre o próximo oferecimento

 

 

 

 

 

 

OBJETIVO

Promover compreensão a respeito da abordagem Fenomenológica Existencial em atendimentos clínicos, apresentar os fundamentos para prática, como também desenvolver o “olhar fenomenológico” dirigido a casos comumente surgidos em consultório. 

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

  • Antecedentes históricos da fenomenologia existencial 
  • Humanismo e psicologia humanista
  • Existencialismo e Psicologia Humanista existencial
  • Análise existencial e Daseinsanalise 
  • Atendimento clínico em Fenomenologia existencial e em Psicologia Humanista
  • A metodologia fenomenológica e a hermenêutica
  • O significado de análise em fenomenologia 
  • A constituição fundamental da Existência
  • A fenomenologia existencial em terapia
  • A abordagem fenomenológica existencial dos sonhos
  • Posturas básicas no atendimento fenomenológico existencial
  • Discussão de casos clínicos


PÚBLICO-ALVO

Psicólogos, Psiquiatras, Psicopedagogos, alunos recém-formados como também cursando os dois últimos anos do Curso de Psicologia.


PROFESSOR RESPONSÁVEL

Regio Lacerda
Graduado em Psicologia pela Universidade de Mogi das Cruzes, Mestre em Educação pela PUC-SP e Doutor em Ciências Sociais pela de PUC-SP. Foi professor e supervisor de atendimentos clínicos do Centro Universitário UniA de Santo André, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e da Universidade Metodista de São Paulo, entre outras. Atualmente dedica-se ao consultório particular em que dá atendimentos, supervisiona profissionais e ministra cursos livres com fundamentos em Fenomenologia existencial. Experiência em Fenomenologia existencial, História da Psicologia, Teorias e Sistemas em Psicologia, atuando principalmente nos seguintes temas: higiene organizacional, condições de trabalho, sonoridade ambiental, estudo fenomenológico do comportamento humano, fenomenologia em atendimentos clínicos e estudo de ambientes.

Comunicar erros