Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Comércio Exterior / Notícias / IV Feira de Negócios de Comércio Exterior será realizada em novembro

IV Feira de Negócios de Comércio Exterior será realizada em novembro

Projetos desenvolvidos ao longo do semestre são expostos na Feira

08/08/2017 19h05 - última modificação 08/11/2017 14h03

Formandos do curso de Comércio Exterior promovem, no dia 23 de novembro de 2017, a IV Feira de Negócios de Comércio Exterior. A Feira será realizada das 18h às 22h, na praça central do Campus Rudge Ramos.

No evento são apresentados os resultados dos trabalhos de conclusão de curso dos estudantes.

Ao longo do semestre, os alunos precisam desenvolver planos completos de internacionalização para empresas brasileiras. Com o desafio, eles têm a possibilidade de colocar em prática todos os conceitos aprendidos ao longo dos anos na Universidade.

 

Confira os trabalhos dos alunos:

Grupo - PLASMEDIX 
O projeto do plano de internacionalização, tem como objetivo analisar a viabilidade de possíveis demandas internacionais para a empresa PLASMEDIX, no qual foi objeto de estudo e análise setorial, macro e micro ambiental. A empresa atualmente se dedica à fabricação de embalagens para cosméticos, e os possíveis países alvos de novos negócios estudados ao decorrer do projeto foram Estados Unidos da América e Paraguai, aproveitando ao máximo os recursos e investimentos recentes feitos pela empresa para assim conseguir amplos retornos financeiros e o crescimento do negócio.
Alunos: Aline Nep de Moura Lima, Amanda Largher Duarte, Beatriz Costa Araujo, Fernanda Vidal Copola, Gabriel Coelho Silveira, Heloisa Ambrósio Vicentim, Higor Novais de Jesus, Larissa Cristina Inácio Garcia, Marília Valério Vido, Natália Rodrigues de Mattos

Grupo – EXPORTRADE
Este projeto tem como finalidade verificar a viabilidade de exportação de um alimentador automatizado para animais domésticos. Entendemos que explorar o mercado pet pode ser muito vantajoso, pois os países que mais possuem animais domésticos estão na América Latina, o que torna ainda mais interessante, pois devido aos acordos comerciais que o Brasil possui com os países latino-americanos, existe isenção de impostos, o que torna mais rentável a importação do produto. A escolha de trabalhar com o alimentador automático da empresa ZENPET, se deu após conhecermos todas as funcionalidades do alimentador e do aplicativo que emite relatórios referente a alimentação e saúde do animal. Atualmente, o número de animais domésticos só cresce, por esse motivo, as pessoas investem mais na saúde e bem-estar do animal.
Alunos: Claudia Porto Merlo, Felipe Luís de Lima Feno, Geovana Mendes de Souza, Heloisa Pereira Vidal, 
Isabela de Abreu Arantes, Leonardo Pereira da Silva, Murilo Lima, Marcos Andrade, Priscila Medeiros
 

Grupo – ABC TEMPER
Esse projeto tem como objetivo viabilizar a internacionalização da empresa ABC TEMPER, atuante no beneficiamento de placas de vidro (float, construção civil e temperado), sendo o box de banheiro seu produto escolhido como foco para trabalhar sua entrada no mercado internacional. A tarefa foi a de auxiliar esse processo, visando o mercado argentino, prestando consultoria à empresa sobre modo de operação e ações necessárias a serem tomadas desde marketing internacional até o fechamento do negócio e entrega do material, no sentido de poder levar o seu produto até os potenciais clientes do país-alvo, seguindo os trâmites exigidos pelo comércio exterior.
Alunos: Amanda Mantovani, Caroline da Silva Barros, Caroline Maria Couto Bettoni, Cássia de Sena Melo, Gabriela Alves de Medeiros, Jessica Moraes Brilhante, Kelly Cristina A. De Carvalho, Richard Ramos da Silva 

Grupo – Multiaços
Esse plano de negócio aborda a viabilidade para exportação de laminados a frio fornecidos pela empresa MULTIAÇOS, bem como a exportação de corte e molde de aços para o setor automobilístico e eletrodoméstico.
Após pesquisas e análises optou-se como mercado alvo a Alemanha, devido ao grande volume de exportação do produto para este país e a forte presença no setor automobilístico neste mercado. O objetivo do projeto é internacionalizar a empresa de forma independente e fazer com que atue ativamente no mercado internacional, uma vez que possuem estrutura e potencial para tal. Para realização deste projeto, foram utilizados dados da organização, do mercado e estatísticas históricas, a fim de sugerir condutas e estratégias para que a empresa se destaque diante dos concorrentes.
Alunos: Camila Lopes Moreira, Gisele Alves da Silva, Ingrid Andrade Barbosa, Laís Neves Peixinho, Natalia Mendes Machado, Nathalia Eichemberg Souza da Cunha, Samira Garcia Leme, Talyta Lira Ferreira, Thiago Santos Silva 

Grupo - Tropical
O intuito deste projeto é proporcionar a empresa objeto de estudo, uma visão abrangente sobre o processo de exportação através da elaboração de um plano para internacionalização, a fim de oferecer um roteiro de exportação contextualizado e adaptado, que possa atender as necessidades intrínsecas da organização. A empresa selecionada para a realização do nosso plano de negócios para internacionalização, é a Tropical Engenharia, que atua no ramo industrial de fabricação de máquinas de sorvete a mais de 15 anos. A proposta deste projeto é viabilizar a comercialização de um dos carros chefes da organização, a Produtora Contínua de Picolés Tropi BD, visando atingir os mercados da América Latina, apontado como promissor, após diversos estudos mercadológicos e logísticos realizados.
Alunos: Andressa Silva Cunha, Ariane Horsvat Zarebski, Ariane Martins dos Santos, Barbara Rodrigues da Silva, Gabrieli Falcão, Janaína Aparecida Gomes Gagliardi, Ketline Moreira Martins, Laís Cristine Ferreira Silva, Mayara Zaffani Frabetti Campos, Tayná do Nascimento Fozatto 

Grupo – VONIN MÁQUINAS
O presente projeto aborda uma consultoria para início do processo de exportação da empresa VONIN MÁQUINAS, apresentando aspectos de viabilidade econômico-financeira, demonstrativo de resultados e empreendedorismo.
Tendo em vista a importância da expansão da empresa para novos mercados, este projeto visa auxiliar os sócios no passo a passo das rotinas de exportação; para isso, foram realizadas análise dos dados do empreendimento, análise microambiente e macroambiente, análise estratégica e de cenários, estratégias de marketing, elaboração do plano de ação para início das exportações, roteiro da exportação; bem como, análise da viabilidade financeira e controle, através dos dados apresentados pelos representantes da empresa, onde foi utilizado o estudo de caso, pesquisas qualitativas e quantitativas. O projeto contribuirá para que a empresa se torne uma grande exportadora, fazendo com que seus produtos sejam reconhecidos internacionalmente, alavancando sua estrutura, trazendo maturidade ao negócio e impactando positivamente seus resultados.
Alunos: Alex Ken Nakasone, Amanda Claret Ribeiro, Fernando Jun Nakazaki, Heloa Mazuline dos Santos
Henrique Diniz Noreika, Jonathan Lafaiete Pereira Barros, Julia Rodrigues Furlan Plazza, Rafael Lários
Rita de Cassia Arrais Sena, Stephanie Paola de Araújo 

Grupo – A Todo Vapor
O presente projeto apresenta o estudo de um Plano de Negócios para Internacionalização da empresa A Todo Vapor, reproduzindo análises quantitativas, qualitativas e cenários do mercado internacional, visando a exploração dos principais pontos necessários para a viabilização da exportação da máquina lavadora e extratora a vapor VP9000. Para definição do mercado internacional a ser explorado, foram avaliados, por meio da classificação (NCM) do produto, os blocos econômicos APEC, Mercosul, NAFTA e União Europeia, através de índices obtidos pelos sites governamentais Radar e AliceWeb. De acordo com as pesquisas elaboradas para avaliação de possíveis mercados, o Mercosul aparece como destaque, por apresentar maior volume de importação e grande tendência a compra do produto. A fim de divulgar a empresa internacionalmente e ampliar a sua participação no mercado externo, foram utilizados sites disponibilizados pelo governo brasileiro, como Vitrine do Exportador, entre outros, para divulgação da empresa.
Alunos: Caique Barbosa Gomes, Darley Nicollas Limones , Fabrício de Oliveira Ribeiro, Geovana Barboza dos Santos, Jaqueline Silva da Rocha, karina dos Santos Barbosa, Marcel Rondão, Nathania Oliveira de Jesus, Regiane Santos de Sousa , Rikley Wemerson de Sousa Miranda , Tatiana Aparecida Custodio Mascarenhas 

Grupo – PLASTOP
O plano de negócios para internacionalização proposto a empresa Plastop, tem como objetivo principal apresentar um plano de exportação dos baldes plásticos de armazenamento de produtos alimentícios e do setor de construção. Atuando há 8 anos, a empresa está presente nas regiões sul, sudeste e centro-oeste do Brasil, porém, ainda não iniciaram atividades no exterior. O principal diferencial nos produtos da Plastop são personalidade e sustentabilidade, atendendo as normas ABNT NBR 14.952. A empresa tem por foco, atender as necessidades e preferências do cliente; apesar do pouco tempo de atuação no mercado, o crescimento é notável e apresenta chances reais de sucesso na efetivação deste plano de negócios para internacionalização. No presente projeto, são estudados os mercados propensos a receptividade do produto em questão, os fatores relevantes ao fluxo de exportação, incluindo os custos, rotinas e procedimentos necessários a realização de um processo sintetizado e ágil.
Alunos: Ariany Caroline Meneses Galdino, Larissa Florencio Rueda, Mayara de Castro Menegucci, Nagila Rocha Matos Silva, Nathan Ruggiero, Ricardo Torres Macedo, Talyssa Carvalho Dantas, Victor Hugo Caldeira Sartori 

Grupo – Ômega BCD
O presente projeto tem como objetivo, internacionalizar a empresa Ômega BCD, analisando a viabilidade de exportação do exibidor vertical; o qual é utilizado em restaurantes, bares e hotéis. Para tanto, a empresa foi cadastrada em sites de divulgação de empresas brasileiras no exterior, patrocinados pelo governo brasileiro, como o Vitrine do Exportador. Após análise de dados estatísticos, voltados a exportação deste tipo de produto, visualiza-se a possibilidade de exportação para o Paraguai, por ser um dos países que mais importa este produto e por possuir acordos comerciais com o Brasil e pertencer ao Bloco do MERCOSUL. O produto objeto deste estudo, foi escolhido por se tratar de um produto novo no portfólio da Ômega, versátil e funcional, o que o torna bastante atrativo e comercial no mercado internacional.
Alunos: Dayane Trintini Vieira da Silva, Eduardo Amâncio de Sá, Lucas da Silva Madeira, Marcus Vinicius Bezerra, Nelson Gallo Junior, Patricia Bastos El Kadri, Vinícius Hipólito de Souza


IV Feira de Negócios de Comércio Exterior
Data: 23 de novembro de 2017
Horário: 18h às 22h 
Local: Praça Central do Campus Rudge Ramos (Rua Alfeu Tavares, 149, Rudge Ramos. São Bernardo do Campo, SP).

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , ,

ANDREA LEITE - COORDENADORA

Veja o minicurrículo

 


Receba informações de oferecimento deste curso

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: