Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Comércio Exterior / Notícias / 6ª Feira de Negócios de Comércio Exterior é apresentada por alunos na Metodista

6ª Feira de Negócios de Comércio Exterior é apresentada por alunos na Metodista

Dez grupos mostraram projetos desenvolvidos para o Trabalho de Conclusão de Curso

21/11/2018 13h55 - última modificação 21/11/2018 19h09

Alunos do oitavo semestre de Administração – Comércio Exterior da Universidade Metodista de São Paulo participaram na última quarta-feira (14) da 6ª Feira de Negócios de Comércio Exterior. Eles expuseram os Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) desenvolvidos ao longo da formação. Dez grupos se apresentaram na Praça Central do campus Rudge Ramos, onde tiveram oportunidade de exibir ao público variadas ideias. A ação, além de servir para avaliação do aprendizado, significou oportunidade de vivenciar a apresentação diante do público, fechar negócios e realizar networking.

A proposta da Feira de Negócios é para que os alunos desenvolvam a exportação de um produto produzido para algum país, principalmente para os que têm acordo com o Brasil, seja pelo Mercosul ou NAFTA.

Segundo o reitor da Universidade Metodista de São Paulo, Paulo Borges Campos Júnior, o evento é importante por unir teoria com prática. “No momento em que os alunos estão se apresentando e desenvolvendo projetos com empresas, têm contato mais prático com o comércio internacional. Tenho certeza de que a experiência será levada por eles quando concluírem o curso. Parabéns aos alunos, professores e coordenação. Que outros eventos como esse aconteçam cada vez com mais frequência na universidade”, disse.

De acordo com professor Rubens Lopes Junior, do curso de Comércio Exterior, a feira oferece oportunidade para o estudante vivenciar a internacionalização de uma marca. “Ao exportar produtos para países que têm acordo com o Brasil, sejam em bloco econômico ou em acordos bilaterais, os alunos têm a possibilidade de compreender melhor como funciona a dinâmica internacional, que nos dias de hoje se mostra cada vez mais diferente por conta das tecnologias e da globalização. É oportunidade única para os alunos”, afirmou. 

Confira os projetos apresentados durante o evento:

ACR Sistemas Industriais
Trabalho sobre a empresa ACR Sistemas Industriais, que automatiza máquinas agrícolas, como Pás Carregadeiras, Retroescavadeiras, Mini Escavadeiras, Mini Carregadeiras, Manipuladores Telescópicos, elaborando um Plano De Negócios para sua internacionalização, procurando identificar oportunidades de realização de processo de exportação dos produtos, o que proporcionará ampliação de negócios da empresa.   

Integrantes do grupo:  Bruno Emanoel Aparecido Figueiredo Santana; Cinthya Rosa Matioli; Evelin Regina da Silva; Jeniffer Ferreira da Silva; Julienne Sales da Silva; Luca de Souza Fonseca; Natasha Aparecida Domingos Tapi e Rafael Lima Coutinho.

 

Neo Brasil
O projeto apresenta plano de negócios para internacionalizar a empresa NEO Brasil, empresa brasileira que atua no mercado de comunicação visual desde 1992. Em 2003, em parceria com a TESA®, foi lançado o Hang Tab, uma etiqueta adesiva personalizada utilizada para expor produtos em pontos de venda. Além do Hang Tab, a empresa  produz o Clip Strip, um expositor que permite alocação de produtos em diferente locais, aproveitando espaço e melhorando a visibilidade.

Integrantes do grupo: Graziela Oliveira de Almeida; Juan Tavares Gonzalez de Lopidana; Julia Dalila Silva Melo; Lilian de Moura; Rafaela Baroffe do Ouro e Victoria de Carvalho Renda de La Serra.

 

AGV SOLODIMIX
O projeto abrange a AGV SOLODIMIX e descreve todo o trâmite e procedimentos necessários para exportação de uma bomba de concreto, análises de mercado dentro e fora do país, estratégias e planejamento estratégico para que o produto seja embarcado e obtenha grande sucesso nas vendas fora do Brasil. Isso muitas vezes se torna algo impossível para empresas nacionais pela falta de conhecimento e interesse de investir no mercado lá fora.

Integrantes do grupo: Amanda de Jesus da Silva; Gabriel Guimarães; Gustavo Marques da Silva; Linert Duarte de Andrade; Lucas Araújo Sousa; Valdir Mariano Junior e Victor Hugo Sanches Kirsanoff.

 

Polar Técnic 
O projeto tem como objetivo a internacionalização da Polar Técnica, divisão pertencente ao Grupo Polar localizada em São Bernardo do Campo. A empresa é pioneira na fabricação de elementos refrigerantes e desenvolvimento de pesquisas em coldchain e atua também com fabricação de objetos de controle de temperatura, tal como o Gelo Espuma (Ice Foam) – produto que será exportado e comercializado conforme proposto no plano de negócios.

Integrantes do grupo: Ana Carolina Sforzin da Silveira; Angello Ribeiro Angeli; Bruno Pereira Lima; Carolina Capellari Pereira Ramos; João Matheus Maciel Bueno; Kyvia Valéria Jácome de Paiva; Letícia Sousa e Thamires dos Santos Araújo.

 

Festmaq
Soluções para indústria alimentícia - Este projeto apresenta o desenvolvimento de processos com temática em gestão, marketing, cálculos e exportação, a fim de internacionalizar uma microempresa nacional do ramo alimentício. A Festmaq fabrica máquinas que produzem salgados e doces para festas. Os países escolhidos como alvo de exportação são Estados Unidos e Portugal. Dentre os muitos motivos para qualificar a escolha, elegeu-se o alto índice de brasileiros residentes nesses países, já que o produto final é caracteristicamente brasileiro. 

Integrantes do grupo: Aline Alves de Sousa; Camila Juliani Bueno; Dalila dos Santos Ferreira; Ingrid Rodrigues Luiz; Natália Carlos Alves; Johnn Maike dos Santos Lira; Patrícia Rodrigues Zaina e Vitória Matesco.

 

MJ Campinas – marca Havanas
Após analisar a viabilidade de um produto a ser exportado, foi selecionada a empresa brasileira do ramo óptico MJ Campinas, que deu início à linha Havanas, com sede em Campinas – SP, e distribuidores com foco em São Paulo. A partir dos dados de exportações coletados no Comex Stat e na Descartes Datamyne, diante do volume exportado do Brasil existem três mercados iniciais: EUA, Peru e Chile. 

Integrantes do grupo: Caio Lessa Almeida; Caique Oliveira Leite; Gustavo Silva Pereira; Jennifer Langraf Rodrigues; Nathan Ribeiro Oliveira e Rafael Piaulino Alves.

 

Truckvan
O objetivo central do plano de internacionalização é oferecer consultoria sobre atuação no comércio exterior, demonstrando as diretrizes no processo de exportação para a TRUCKVAN, que tem 25 anos no mercado nacional atendendo ao ramo de implementação e customização, entre outros serviços em veículos rodoviários. As análises  buscam apresentar a viabilidade de aceitação do produto selecionado no portfólio da TRUCKVAN, a sala cofre, que possui proteção física de data centers, proporcionando segurança contra imprevistos externos como acesso indevido, roubo, explosão e arma de fogo; para dois mercados potenciais, a Argentina e o Catar.

Integrantes do grupo
Andressa Gabriela Dias; Bruna Luiza Moreno; Eduardo de Carvalho Rodrigues Filho; Gabriela de Oliveira Gonçalves Ibiapino; Júlio Cesar Renouleau Serrano; Kelly Cristina Jardim; Letícia Matos; Natasha Rodrigues Goiana e Suelen Queiroz Fernandes.

 

The House
O projeto tem como objetivo analisar e demonstrar a viabilidade econômica para internacionalização da empresa The House, focando especificamente na comercialização do seu produto Shape. Esse produto é um componente essencial para construção do skate e tem como maior atrativo a qualidade, o acabamento e as características visuais. O objetivo do projeto é aumentar a visibilidade da The House junto ao público internacional, além de aumentar o status diante do público interno tendo em vista que empresas que passaram por processos de internacionalização são vistas pelo consumidor como detentoras de produtos de maior qualidade. 

Integrantes do grupo: Amanda Nogueira; Ana Karolina Silvestre; Bruna Carolina Bazan Ferreira; Erick Fernandes Pereira; Juliane Mota Vasconcelos; Lucas Ramirez Lalli; Nathalia Costa Barbosa e Tarciso Francisco da Silva Júnior. 

 

MCA Aluminio 
A prática de comércio exterior possibilita o crescimento da cartela de clientes com menor risco, uma vez que a diversificação de mercado permite que determinado produto tenha sucesso, já que pode ser produzido e vendido a diferentes clientes-alvo ao mesmo tempo. A MCA Alumínio foi fundada no Brasil em 2015 como uma grande alternativa de novas técnicas e tecnologia nos segmentos da atividade industrial e moveleira. Atualmente sua linha de produção incluí tubos, arames, vergões e perfis de alumínio, utilizando matéria-prima de qualidade.

Integrantes do grupo: Danilo Antunes Pereira; Gabrielle Moreira Dias de Carvalho; Léia Pinho dos Santos; Leonardo Casemiro Mendes; Liana Chu; Melina Grauer Silva e Natã Cruz da Silva.

 

JR do Brasil Ferramentas
Trata-se de um plano de negócios  de exportação direta de ferramentas antifaiscantes da empresa JR DO BRASIL FERRAMENTAS, sediada em São Bernardo do Campo, atuante no mercado de ferramentas há 17 anos, com objetivo de se tornar empresa referência, garantindo um melhor produto com menor custo também no mercado externo. O  projeto pretende orientar a empresa fornecendo dados estatísticos, indicações logísticas e documentais para chegar ao mercado internacional.  

Integrantes do grupo: Alana Scalise Viestel; Beatriz de Almeida; Caroline Lima Araujo; Luiza de Luca Magnani; Patricia do Vale Carnaúba e Rodrigo de Brito Nicoletti. 

Confira fotos do evento:

6ª Feira de Negócios de Comércio Exterior

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , ,

 PATRÍCIA BRECHT INNARELLI  - COORDENADORA


Minicurrículo

 

 

Receba informações de oferecimento deste curso

Receba informações de oferecimento sobre esse curso:

X