Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Ciências Contábeis / Notícias / Novas regras do leasing são tema de palestra na Metodista

Novas regras do leasing são tema de palestra na Metodista

Especialista falou a contabilistas e estudantes sobre Arrendamento Mercantil

16/02/2017 17h25 - última modificação 16/02/2017 17h33

A nova norma IFRS 16 que regerá o arrendamento mercantil a partir de 2019 foi detalhada em palestra do especialista Paulo Cesar Raimundo Peppe promovida pelo Conselho Regional de Contabilidade-SP em parceria com o curso de Ciências Contábeis da Universidade Metodista. A nova norma, editada em janeiro de 2016, substituirá a instrução atual IAS 17, que estabelece modelo duplo de contabilização do leasing financeiro (quando há opção de compra do bem alugado) e do leasing operacional (sem opção de compra). Haverá em 2019 um modelo único.

A futura norma mantém a definição de arrendamento, segundo a qual trata-se de um acordo em que o arrendador transmite ao arrendatário, em troca de pagamento, o direito de usar um ativo (equipamento, veículo, máquina, imóvel) por período de tempo acordado entre as partes. Agora tornou-se necessária a classificação “operacional” ou “financeira” no contrato, o que confere mais transparência à transação, segundo Paulo Cesar Peppe.

Com plateia formada por profissionais de contabilidade e estudantes cadastrados no CRC, o especialista detalhou algumas definições que regem o segmento, como valor justo de um bem, custos diretos iniciais, taxas de juros, investimento líquido e VRG (Valor Residual Garantido), entre outros. Falou também da diferença entre vida econômica de um ativo (quando o bem é usado por vários arrendatários) e vida útil (que é o período de existência de um bem, mesmo que com um único usuário).

Auditor independente e professor universitário e de pós-graduação de Auditoria, Paulo Cesar Peppe explicou ainda que, apesar de não constar da norma, no leasing financeiro há necessidade de imobilização do bem arrendado. O lançamento deve se dar como “ativo imobilizado” considerando o valor de uso desse bem (valor a ser depreciado) e o valor recuperável (diferença entre o valor de custo e o valor de uso).

O palestrante foi recebido pela coordenadora do curso de Ciências Contábeis da Metodista, professora Elisabeth Maurenza de Oliveira, e por Odilon Luiz de Oliveira Júnior, delegado do CRC-SP para São Bernardo e Diadema. Também marcou presença no evento Nobuya Yomura, diretor do Sindcont (Sindicato dos Contabilistas de São Paulo).

Veja imagens do evento. 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , ,

ELIZABETH DE OLIVEIRA - COORDENADORA
elizabeth.jpg
Veja o minicurrículo

 


Receba informações de oferecimento deste curso

 

ci├кncias-cont├бbeis.jpg

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: