Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Ciências Contábeis / Notícias / De guarda-livros a multifuncional, profissional contábil muda com a tecnologia

De guarda-livros a multifuncional, profissional contábil muda com a tecnologia

25º EPAC abordou o novo mundo da contabilidade

25/10/2018 18h55 - última modificação 26/10/2018 18h41

Público externo também interagiu com perguntas ao palestrante Vicente Sevilha Jr

Contadores novos, que nasceram ou passaram a trabalhar na Era digital, têm mais oportunidade de ser bem-sucedidos do que aqueles com três décadas de atuação, que ainda pensam na profissão como guarda-livros. “Essa realidade faz parte do passado. Precisamos nos reinventar. A necessidade de investir em tecnologia e treinamento tornou-se obrigatória diante da complexidade das regras”, adverte Vicente Sevilha Jr, contabilista com 31 anos de atividades e testemunha das transformações na carreira.

Embora vista com certa contrariedade pelos mais antigos, a tecnologia, sobretudo a inteligência artificial, deve ser tomada como aliada da profissão, pois pode automatizar funções repetitivas dos registros formais. “A profissão está nascendo agora, porque antes o contabilista era um digitador. Quem souber aproveitar a tecnologia de forma eficiente poderá fazer diferença no mercado”, afirmou Sevilha, que falou na abertura do 25º Encontro dos Profissionais e Acadêmicos de Contabilidade de São Paulo (Epac), sediado na Universidade Metodista de São Paulo na noite de 23 de outubro último.

Ele motivou o contador a mudar a vida das empresas, ir além dos registros formais e passar a ocupar espaços estratégicos na área. “O contabilista pode e deve ser um profissional multifuncional, contribuir nas tomadas de decisões, distinguir as boas das más práticas, lecionar, empreender, dar palestras, coordenar cursos de graduação e atualmente até ser influenciador digital”, enumerou. O próprio Sevilha diversificou a atuação, sendo consultor da Confederação Nacional da Indústria, autor do livro Nasce Uma Empresa, palestrante e youtuber de temas sobre gestão corporativa, tributos e relações trabalhistas, entre outros.

Robôs vs. homens

Com o tema “O Admirável Mundo Novo da Contabilidade”, que explorou as mudanças introduzidas pela tecnologia, Vicente Sevilha citou atividades que são hoje realizadas por robôs, como a DCTF, apuração de ISS, GFIP, eSocial, guias de Imposto de Renda e folha de pagamento. Também apresentou caminhos que podem ser percorridos pelos futuros profissionais e enfatizou que a tecnologia não vai substituir totalmente o trabalho humano. “Dedicação e comprometimento formam o caminho para o sucesso”, concluiu, convidando estudantes de Ciências Contábeis para seu grupo de whatsapp, onde compartilha notícias e troca informações sobre a área.

Transmitido por sinal aberto, o encontro na Metodista teve participação de público externo com perguntas, assim como interação com a plateia presencial. O Sindicato dos Contabilistas de São Paulo (Sindcont-SP), promotor da atividade, foi representado pelo diretor cultural Claudinei Tonon, recebido pelos coordenadores dos cursos de Ciências Contábeis presencial e a distância da Metodista, professores Elizabeth Maurenza de Oliveira e Klaus Suppion, respectivamente.

Claudinei Tonon apresentou entre as atividades desenvolvidas pelo Sindcont-SP o Centro de Estudos e Debates Fisco-Contábeis (CEDFC), onde profissionais e estudantes podem tirar dúvidas do dia a dia e trocar ideias com colegas de profissão. O diretor convidou os participantes a conhecer e participar também do grupo de estudos das IRFS e Tributos e Obrigações. “O Sindcont-SP mantém o compromisso de contribuir na incessante pelo estudo por meio dos cursos e palestras que realiza”, destacou.

O 25º Encontro dos Profissionais e Acadêmicos de Contabilidade prosseguiu na quarta-feira 24 de outubro, quando a Metodista sediou edição especial do CEDFC com ex-presidentes do Centro de Estudos. Participaram o vice-presidente Geraldo Carlos Lima, bem como os diretores Fernando Correia da Silva, Marly Momesso Oliveira, Marcelo Muzy do Espírito Santo e o consultor jurídico do CEDFC, Alberto Batista da Silva Junior.

25ª Encontro dos Profissionais e Acadêmicos de Contabilidade de São Paulo (Epac)

Esta matéria foi publicada no Jornal da Metodista.
Conheça Outras.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , , ,

ELIZABETH DE OLIVEIRA - COORDENADORA
elizabeth.jpg
Veja o minicurrículo

 


Receba informações de oferecimento deste curso

Receba informações de oferecimento sobre esse curso:

X