Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Automação Industrial / Notícias / Aluno visitante da Fatec vence 10º Sumô de Robôs

Aluno visitante da Fatec vence 10º Sumô de Robôs

Certame reuniu oito equipes de Automação Industrial da Metodista e dois visitantes da Fatec

24/11/2016 17h55 - última modificação 25/11/2016 16h41

Gerson montou Madgear com controle sem fio

Aluno visitante da Fatec São Bernardo (Faculdade de Tecnologia de São Paulo), Gerson de Carvalho Brito faturou o 10º Sumô de Robôs da Metodista com seu Madgear (em tradução livre, engrenagem louca). Madgear participou pela primeira vez da competição da Metodista e venceu outros nove concorrentes na noite de 23 de novembro último do evento promovido pela Escola de Engenharias, Tecnologia e Informação. O 2º lugar ficou com Demolidor, também estreante no Sumô de Robôs, e o 3º posto coube a Metron, os dois construídos por alunos de Automação Industrial da Metodista.

Demolidor é composto por dois motores de vidro elétrico de automóvel, duas baterias de LiPo usadas geralmente em automodelos e alguns relés eletromecânicos para acionamento dos motores. "O controle é bem simples: foi feito com apenas duas chaves dentro de uma caixa plástica”, descreve o vice-campeão Rafael Gandini, afirmando o grupo preparou-se para chegar em 1º lugar. “Fizemos diversos testes para ter uma boa força. Mas com certeza iremos continuar os experimentos e modificações para melhorias e quem sabe vencer o próximo”, sublinhou, dizendo-se satisfeito com o segundo lugar. “Acho que o nome Demolidor fez jus ao robô”, completou. 

A 10ª edição contou com dois alunos visitantes da Fatec. Gerson de Carvalho figurou como favorito a o primeiro lugar desde o início e Madgear arrancou suspiros de admiração de vários concorrentes. “Estou invicto há quatro disputas na Fatec”, sublinhou Gerson, exibindo várias medalhas. Ele também estuda Automação Industrial e manejou seu robô com controle de videogame sem fio. Introduziu armas e base de magnetismo no equipamento. Agora dedica-se à construção de um robô antibomba para subir escadas e ter sensores que vigiem caixas eletrônicos de bancos e ajudem forças policiais.

Veja a relação dos participantes do evento do segundo semestre de 2016.

Confraternizar e integrar

O Sumô de Robôs é uma atividade extracurricular na área de Automação e Controle. Além de confraternizar, busca integrar os estudantes à prática dos conceitos adquiridos nas disciplinas dos cursos, explica o coordenador do certame, professor Mário Boaratti. Grupos de alunos e ex-alunos devem projetar e construir um robô de acordo com especificações estabelecidas, como peso de até 3 kg (com a bateria) e tamanho máximo de 20 cm por 20 cm. O objetivo é empurrar o oponente para o exterior de uma arena circular, cujo diâmetro tem dois metros e a altura, cinco centímetros.

A 10ª edição do Sumô de Robôs teve apoio da Festo Brasil, representada na comissão julgadora pelo coordenador de Vendas Didatic, Renato Santos. A competição ocorre a cada semestre e se dá em duas modalidades: robô com eletrônica embarcada e controle por rádio frequência (rádio controle) ou robô com eletrônica embarcada e controle por cabo. Vence o equipamento com maior número de pontos (cada luta tem três rounds de 90 segundos), aquele com menor número de advertências, menor peso (massa) e menor altura.

Veja imagens da competição. 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , ,

Receba informações de oferecimento deste curso

REGIS REIS - COORDENADOR

Veja o minicurrículo

 

 

Receba informações de oferecimento sobre esse curso:

X