Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Assessoria de Relações Internacionais / Notícias / 2016 / Mala para seis meses

Mala para seis meses

Doze alunos da Metodista partiram neste semestre para intercâmbio no exterior

27/01/2016 13h20 - última modificação 24/06/2016 18h13

Amanda Duarte está indo para o sétimo semestre do curso de Ciências Econômicas mas os próximos seis meses serão cursados em Portugal: ela é um dos 12 alunos da Universidade Metodista de São Paulo contemplados pelo Semestre Acadêmico, programa de intercâmbio da Assessoria de Relações Internacionais da Universidade.

Amanda ficou sabendo do Semestre Acadêmico por meio de sua mãe, que dá aula nos cursos de Letras EAD e Secretariado Executivo Bilíngue. “Minha vontade por um intercâmbio era bem grande. Fiz parte da AIESEC durante algum tempo, o que me fez aumentar cada vez mais a minha vontade por conhecer novas culturas e novas maneiras para se aprender a mesma coisa. O ambiente em que você esta inserido impacta muito no aprendizado e um intercâmbio te fortalece muito de uma maneira única”, explica Amanda. A primeira opção de destino de Amanda era a Espanha mas, como não haviam vagas para o país neste semestre, ela aceitou Portugal “com muito carinho”.

Amanda na cidade de Faro, onde fica a Universidade de Algarve. Foto: arquivo pessoal
Amanda na cidade de Faro, onde fica a Universidade de Algarve. Foto: Arquivo

Ela não conhecia a Universidade de Algarve, onde passará os próximos seis meses: “Pesquisei todas as minhas possibilidades. A universidade do Algarve me brilhou os olhos por ser cheia de opções de cursos e matérias, por ter uma estrutura sólida em uma cidade maravilhosa com o gold bônus de uma vista incrível para o mar; não consigo imaginar o por que não escolher o Algarve.” Essa será a segunda oportunidade de Amanda estudando no exterior. Ela já realizou um intercâmbio durante três meses em Atenas, na Grécia. “Morava em Pireus e pegava o metrô todo dia para introduzir em adolescentes da high school (14 a 16 anos) alguns conceitos de empreendedorismo, foi incrível - e eu estava bem pertinho do mar”, recorda.

Amanda cursará Gestão de Empresas na Universidade de Algarve, similar ao curso de Administração de Empresas da Metodista. “Vim de outra universidade e estou pendente com o ciclo básico, as matérias de economia clássica eu já completei. Então o curso me chamou atenção pela proximidade da grade curricular”, explica Amanda que, no momento, é só expectativas: “Eu espero encontrar uma cidade bem fora do circuito ‘cidades clássicas europeias’. Acho que Faro tem aquela alegria de cidade de praia, acolhedora e divertida. Dei aquela caminhada básica de google street view e percebi que é uma cidade antiga, conservada e cheia de história. Espero encontrar todas as diferenças das cidades cheias de prédios do grande ABC”. Mas, antes disso, ela terá um desafio: “Nesse clima pré-viagem, a única coisa que me vem à cabeça é a complicação de se fazer uma mala para seis meses...”.

Natalia Djajarahardia é outra aluna que embarca neste começo de ano para Portugal. Indo para o 7º semestre de Letras - Tradução e Intérprete na Metodista, ela cursará o 6º semestre de Licenciatura em Línguas Aplicadas, perfil Tradução Francês - Português na Universidade do Porto. Ela ficou conhecendo o programa por meio do Banco Santander e do Portal da Metodista e decidiu participar pela possibilidade de estudar numa Universidade de outro país e de cursar matérias diferentes. “Por ser o berço da língua portuguesa, conhecer Portugal agregará muito à minha formação em Línguas”, acredita Natália.

Universidade do Porto, onde Natalia passará o semestre. Foto: Arquivo
Universidade do Porto, onde Natalia passará o semestre


Na Universidade do Porto, Natália terá a oportunidade de conhecer matérias diferentes, “não só de tradução, mas também de literatura e cultura de outras línguas”. O que lhe chamou a atenção foi a oportunidade de cursar matérias de tradução francês-português, já que a graduação na Metodista é inglês-português. Assim como Amanda, essa não será a primeira oportunidade de estudar fora de Natália: ela já fez inglês e francês no Canadá, em 2011. “Espero aprender muito, conhecer pessoas e culturas diferentes, e que esta experiência seja um diferencial para a minha carreira”, conclui.

Coimbra é outra universidade portuguesa que receberá um aluno da Metodista: Lucas de Freitas, do 7º semestre de Rádio, TV e Internet. Ele soube do programa de intercâmbio por meio de um colega de república que participou em 2013 e, ao longo de 2015, ficou em contato com o coordenador do curso, professor Marcelo Briseno, e conseguiu se se candidatar em tempo hábil. “Decidi participar porque é uma grande oportunidade que está disponível em nossa universidade. Minha família não teria condições de viabilizar um intercâmbio como este, mas pelo programa de bolsas e a ponte que nossa ARI possui com as universidades, foi um processo bem mais tranquilo que o comum”, conta Lucas, que optou pela Universidade de Coimbra após pesquisar as universidades participantes e verificar que se tratava de uma instituição renomada. Lá, ele cursará um semestre de Comunicação e Jornalismo, que conta com ementa parecida com a de Rádio, TV e Internet da Metodista. Diferentemente de Amanda e Natalia, essa será a primeira oportunidade de estudo fora do País para Lucas.

“Tenho grandes expectativas, tanto de novos aprendizados como de novas amizades e experiências. Espero encontrar mais estudantes de outros países e professores com um grande know-how”, conta Lucas, que dá a dica aos colegas: “Gostaria de reforçar sempre a todos os colegas e professores que se informem a respeito dos programas, de nossa ARI e estimulem a divulgação das oportunidades que são abertas dentro de nossa universidade”.

Para quem quiser seguir os passos da Amanda, Natalia, Lucas e os outros alunos que passarão os próximos meses em intercâmbio, as inscrições para o Programa de Mobilidade Internacional Acadêmica começam dia 11 de fevereiro. Confira todas as informações e inscreva-se


Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , ,