Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Administração / Notícias / Intercâmbio oferece crescimento pessoal, profissional e acadêmico

Intercâmbio oferece crescimento pessoal, profissional e acadêmico

Estudantes de Administração da Metodista retornam da Missão de Estudos na Inglaterra

04/11/2016 11h55 - última modificação 01/12/2016 16h52

Por compreender que um bom profissional deve estar conectado à realidade mundial e ter uma visão globalizada de mercado, a internacionalização é um dos focos de atuação da Universidade Metodista de São Paulo. Por meio dos intercâmbios, a Instituição mantém os alunos conectados à realidade internacional e a estudantes e professores de outros países.

“Quem não visa à internacionalização, nos dias atuais, fica obsoleto”, comenta o coordenador do curso de Administração, Douglas Siqueira. Nove alunos, acompanhados por Siqueira e pelo professor Rubens Lopes Junior, viajaram recentemente para Newcastle, na Inglaterra, para realizar um intercâmbio de duas semanas na Newcastle College. O coordenador explica que escolheram a Inglaterra para realizar o intercâmbio, pois as relações entre a Metodista e a Newcastle já estão bem alicerçadas e porque queria desafiar os alunos a praticarem um idioma diferente, algo fundamental para todos os cursos, sobretudo Administração.

“Esse projeto de Missão de Estudos está em sua segunda edição. Primeiro foi feito com os cursos de Tecnologia e agora estamos introduzindo no Bacharelado”, explica Vanessa Martins, assessora de Relações Internacionais da Metodista. As viagens da Missão de Estudos tiveram início com a parceria da Metodista com o Instituto Politécnico da Guarda, em Portugal.

Os alunos tiveram aulas de inglês no College com alunos de diversos países, participaram de um curso sobre Business, exclusivo aos alunos da Metodista, e de visitas técnicas a empresas junto com os professores. Fora do ambiente acadêmico, os estudantes também puderam viajar pelas cidades da região, aumentando o contato com a cultura e idioma locais.

Para André Bernal Pereira, de 25 anos, aluno do 2° Semestre de Administração, a convivência com os alunos de outros países foi ótima. “Pudemos conhecer pessoas de diferentes lugares do mundo, da Coréia do Sul, da Índia, da Tanzânia... Foi muito interessante nesse aspecto também porque conhecemos a cultura das pessoas de Newcastle e das pessoas de outras regiões", declara.

Vanessa ressalta que a Missão de Estudos oferece aprendizados que ultrapassam os limites da Universidade. “A gente divide a experiência em acadêmica, pessoal e profissional. Acadêmica por causa do curso que tiveram lá; profissional porque fizeram contatos com empresas e colegas de outros países, e pessoal por toda a experiência dos passeios, das vivências. São dimensões complementares e que fazem parte da estratégia hoje da Universidade que é ter uma formação globalizada”, diz Vanessa.

"Foi uma experiência diferente em todos os aspectos. Aqui eu vou para escola, trabalho e casa. Lá eu ia para a escola, depois saíamos para conhecer outras cidades, conhecer os pontos turísticos. Foi uma possibilidade de evoluir, ser mais independente", conta Andréa Zanatta Paes Landim, de 19 anos, aluna do 4° Semestre de Administração.

O professor Siqueira ressalta que esse crescimento individual também é um dos grandes diferenciais da viagem. "A autonomia deles começa a mudar por causa do contato com a cultura européia que é muito diferente, eles formam o filho para o mundo mesmo", declara. Os estudantes ficaram em um alojamento dentro da faculdade, em quartos individuais, mas convivendo com estudantes de outros países, trocando experiências e conhecimento.  

Esse conhecimento, inclusive, rendeu uma apresentação à área de Relações Internacionais na Newcastle College, duas apresentações no Congresso Científico da Metodista e um trabalho acadêmico. Dessa maneira, os alunos podem compartilhar os conceitos aprendidos com quem ainda não teve a oportunidade de sair do país. O planejamento para a nova Missão de Estudos, que será realizada no ano que vem, deve começar em breve e o professor fala em integrar mais cursos na viagem e pensar em novos cursos e conteúdos, um curso de inglês mais intensivo ou temáticas que abordem assuntos interessantes a diversas formações. 

Missão de Estudos - Newcastle

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , ,

ANDREA LEITE - COORDENADORA

Veja o minicurrículo

 

administra.jpg 

 

Receba informações de oferecimento deste curso

 

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: