Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Administração / Notícias / Formandos de Administração consolidam aprendizado apresentando plano de negócio a bancas

Formandos de Administração consolidam aprendizado apresentando plano de negócio a bancas

Foram 20 projetos neste ano, grande parte ignorando a crise na forma de startups baseadas em aplicativos

05/12/2016 19h10 - última modificação 06/12/2016 19h04

Prof. Tony orienta alunos e membros da banca (Fotos Divulgação)

As duas grandes pausas que atrasam o Brasil atualmente – recessão histórica e alto desemprego – não são problema para os formandos de Administração 2016. Seus planos de negócios na forma de TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) foram apresentados a bancas de especialistas na semana de 28 de novembro a 2 de dezembro último e passaram por cima da crise. Startups baseadas em aplicativos foram a ênfase das empresas projetadas pelos alunos da Universidade Metodista de São Paulo neste ano, indicando que a tecnologia é grande facilitadora e também barateadora de custos, o que mereceu elogios dos jurados.

A apresentação de TCCs de graduação a bancas de professores e especialistas é espaço aberto em poucas Instituições de Ensino Superior e busca preparar os formandos para a dinâmica que encontrarão na carreira profissional. “A última etapa de avaliação valendo nota é a apresentação oral para a bancada. Os alunos têm que provar que o projeto deles é interessante e dá dinheiro, porque o júri faz o papel do investidor, que vai determinar se a ideia do grupo é viável”, explica o idealizador e condutor das bancas, professor Tony Massaroppe.

O TCC do curso de Administração passa por pelo menos quatro avaliações: a presença dos alunos nas orientações do último semestre, trabalho na forma escrita, apresentação à comunidade na Feira de Negócios-Top de Marketing (que este ano ocorreu nos dias 24 e 25 de novembro) e apresentação à bancada. Os critérios para apresentação vão desde a criação de marca e slogan para o negócio até o pós-plano, passando por análise do mercado, estratégia de marketing e viabilidade financeira, entre outros.

FutGol e Cake Fit

Neste ano houve 20 projetos, entre os quais o FutGol, aplicativo que une pessoas em determinadas regiões que queiram jogar bola; o Cake Fit, pegando carona no conceito de vida saudável; e o Lupa, e-service que une prestadores de serviços de limpeza e manutenção e clientes.

Professora Cristiany Eloi, por exemplo, vê grande potencial no FutGol num país devoto ao futebol como o Brasil. Elogiou a ideia de a plataforma unir jogadores que não necessariamente se conhecem, mas que conseguem aliar agendas e horários numa região próxima. Já professora Natasha Pouget gostou do negócio fitness proposto pelo Cake Fit, sugerindo que, além de bolos orgânicos e para diabéticos, o cardápio inclua produtos sem lactose e sem glúten. Professor Douglas Murilo, por sua vez, apreciou o site Lupa pela comodidade de aproximar prestadores de serviços e clientela, mas alertou para o cuidado no cadastro desses profissionais, pois o fator segurança é prioritário para pessoas recebidas em domicílio.

Leia mais sobre o tema.

Veja imagens das apresentações. 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , ,

ANDREA LEITE - COORDENADORA

Veja o minicurrículo

 

administra.jpg 

 

Receba informações de oferecimento deste curso

 

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: