Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Administração / Notícias / Feira de Marketing expõe drone pulverizador e aplicativos que agilizam compras e inutilizam celular roubado

Feira de Marketing expõe drone pulverizador e aplicativos que agilizam compras e inutilizam celular roubado

Trabalhos foram desenvolvidos por alunos de Administração

27/11/2018 16h55 - última modificação 29/11/2018 19h18

Trabalhos foram desenvolvidos por alunos de Administração

Já teve o celular roubado? Com o microchip da Pignus Company, basta acionar uma conexão e danificar o aparelho, tornando-o inutilizável. E que tal chegar no supermercado já sabendo onde estão exatamente as gôndolas das mercadorias de que precisa, sem perder tempo pelos corredores?

Trabalha com agronegócio? Pois saiba que um drone pode pulverizar 6 hectares em 50 minutos por R$ 4 mil, contra até R$ 10 mil a hora de um piloto de avião ou de helicóptero terceirizado, sem contar o investimento milionário em uma aeronave se for própria.

Ideias como essas foram desenvolvidas para a II Feira de Planos de Marketing por alunos de Administração da Universidade Metodista de São Paulo e expostas na noite de 23 de novembro último. Originais e buscando custos reduzidos para as empresas, os projetos levaram em conta eficiência e agilidade tão demandadas nos dias atuais de crise.

“Queremos otimizar o tempo dos clientes dentro de um supermercado. Ele envia sua lista de mercadorias por meio de um aplicativo e, ao chegar no estabelecimento, dá o check-in e recebe a localização das prateleiras onde estão os itens da compra. O supermercado tem um layout padronizado e wi-fi, para que o cliente não use seus dados”, expõe Bruna Salvador de Brito, do Grupo Extra Rápido, que escolheu a rede Extra como piloto do projeto. Outro detalhe do aplicativo é que, como a lista já está feita, ao chegar no caixa a compra já gerou QR code, a caixa confere e recebe o pagamento.

Drone em tempo real

Agilidade é o que também promete o projeto Mapping Drone para agricultores. Drones podem ser alugados para pulverizar áreas que o próprio agricultor demarca para controle de pragas e doenças, assim como são programados para também realizarem análise da vegetação e previsão de colheita. Todas as informações são emitidas em tempo real para o celular ou computador do contratante por meio de um software.

As vantagens também estão nos custos de R$ 4 mil em média a locação da hora de um drone para 6 hectares, diante de ferramentas mais caras que o agricultor dispõe hoje – helicóptero próprio ou aluguel de avião de pequeno porte, hora do piloto contratado e tripulação para fotos aéreas, filmagens ou mapeamento. “Um avião adaptado para fazer serviço de pulverização custa de R$ 800 mil a R$ 1 milhão, fora o custo de manutenção. Há ainda a despesa de R$ 5 mil a R$ 10 mil a hora do piloto”, enumera Marcello Andreozi Santana, do Grupo Mapping Drone, que investiu R$ 90 mil em um drone pulverizador com capacidade para até 20 litros de agrotóxico. O grupo também pensou na sustentabilidade do negócio já que o serviço poupa combustível de aviação, pois o drone opera com bateria ou eletricidade

A II Feira de Planos de Marketing é a conclusão dos projetos desenvolvidos ao longo do semestre no módulo “Planejamento de Marketing”. Veja o resumo dos trabalhos expostos:

• SOS Baby
O plano propõe a criação de uma loja com produtos infantis como fraldas, pomadas e chupetas para atendimento emergencial por meio de um aplicativo. A loja será localizada em Diadema, no Estado de São Paulo, e trabalhará com marcas consolidadas no mercado infantil a fim de suprir as necessidades dos clientes com atendimento rápido e diferenciado.
Alunos: Marcos Vinicius Pires Pontes / Neudian Pinheiro Bezerra / Paulo Leonardo Nunes Soares / Rafaela Santos Batista / Samuel Nunes da Silva / Samuel Marques Pereira / Vinicius Monges Fernandes

• Restaurante El Mariatti
A proposta é criar estabelecimento de delivery de comida mexicana em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. O intuito é atender o mercado crescente de entregas em domicílio, tendo em vista que cada vez mais há preferência pela alimentação no conforto de casa, sem passar por estresse de filas e demora no atendimento dentro de restaurantes convencionais. A ideia é oferecer produto com qualidade e eficiência ao consumidor.
Alunos: Ana Patricia da Silva / André Kasuo Nakamoto / Lucas Custodio Valerio / Nicolas Aguiar Morata / Vinicius Dragone

• Sorbos – Canudos Comestíveis
O projeto trata da internacionalização da marca espanhola Sorbos, que produz canudos comestíveis, a fim de otimizar a produção de lixo em nível mundial e a conscientização ambiental. Nesse contexto, a empresa prevê a construção de filial no centro da cidade de São Paulo, com intuito de trabalhar com estabelecimentos que atendam às classes média e alta.
Alunos: Camila Queiroga / Diego Oliveira / Jady Flora / Natalia Amorim / Vinicius Augusto

• PIO
O plano de marketing tem como proposta a importação de um produto que auxilia o consumidor a encontrar pertences perdidos, como chave, celular e carteira. A ideia é trabalhar com chip acoplado no produto e um aparelho à parte, para que seja acionado por meio de aplicativo assim que o proprietário notar que perdeu algum pertence.
Alunos: Giovanni Luiz / Igor Laurindo Ramos / Isabella Sacerdas / Larissa Woidella / Lucas Waisbeck Cirillo / Maria Grazielly / Raissa Grazielle / Sthefane Jesus / Victor Alves

• Aplicativo Extra Rápido
Trata-se de uma plataforma eletrônica (aplicativo) capaz de otimizar o tempo do consumidor diante da necessidade de fazer compras, atividade rotineira de todas as famílias. O Extra Rápido é um aplicativo criado para auxiliar o usuário no supermercado, desde encontrar uma loja mais próxima para realizar compras, elaborar a lista de produtos e traçar rotas dentro do estabelecimento para encontrar as gôndolas onde estão as mercadorias desejadas. O aplicativo também facilitaria o pagamento no caixa, baixa no estoque e sistema do supermercado, sendo necessário apenas um smartphone com sistema Android, GPS e acesso à Internet.
Alunos: Beatriz Vieira Noel / Bruna Salvador de Brito / Francisco Venancio Almeida / Isabela Noemia Silva Oleiveira / Mônica Correia Cruz / Silvania da Silva Gois Paz

• Mapping Drone
A proposta é incentivar a utilização de drones em atividades agrícolas, com a finalidade de otimizar todos os processos que envolvam os cuidados com o plantio e, consequentemente, com os alimentos que irão para a mesa dos consumidores. A implantação de drones no agronegócio brasileiro tem o intuito de facilitar e melhorar as atividades voltadas para o setor.
Alunos: Gabriel Brogini / Gustavo Chicarelli / Marcello Andreozi Santana

• Segurança da Informação – E-ONE
O plano cria a empresa Pignus Company, que oferece produto e serviço para smartphones. A ideia principal é desenvolver um microchip conectado às peças vitais localizadas no interior do telefone móvel. Caso ocorra furto, o microchip será ativado para danificar o aparelho e suas peças, tornando-o inutilizável.
Alunos: Beatriz Pateiro / Julia Souza / Gustavo Carvalho / Matheus Gomes / Ricardo Fuster / Victor Ramos / Vinicius Mota

Veja algumas imagens do evento: 

II Feira de Planos de Marketing, alunos de Administração

Esta matéria foi publicada no Jornal da Metodista.
Conheça Outras.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , ,

  

 

Receba informações de oferecimento deste curso

 

Receba informações de oferecimento sobre esse curso:

X