Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Administração / Notícias / Curso de Administração promove III Feira de Projetos Sustentáveis em novembro

Curso de Administração promove III Feira de Projetos Sustentáveis em novembro

08/08/2017 15h15 - última modificação 13/11/2017 13h22

Nos dias 16 e 17 de novembro de 2017 a Universidade Metodista de São Paulo será palco de mais uma edição da Feira do Projeto de Ação Profissional: Projetos Sustentáveis, do curso de Administração.

Nesta edição, a III Feira será realizada em dois dias, sempre das 18h às 22h, na Praça Central do Campus Rudge Ramos.

O evento reúne os trabalhos desenvolvidos pelos estudantes no Programa de Ação Profissional Integrado (PAPI) durante o semestre. Com o conceito de sustentabilidade inserido de maneira transversal no projeto pedagógico das graduações da Metodista, os alunos são desafiados a pensar em soluções inovadoras, socialmente e ambientalmente responsáveis.

Confira os projetos que serão apresentados:


CAMIL ALIMENTOS - O ACETATO DE CELULOSE COMO MATÉRIA PRIMA

Guilherme Silva de Almeida, Matheus do Nascimento, Eduardo Veríssimo, Guilherme Bezerra, Carlos Eduardo, Victor Parada e Vinicius Barros Santos

A proposta do projeto é a implantação de um novo plástico no mercado, em específico na embalagem do arroz da empresa Camil. Devido ao grande desperdício das embalagens de arroz, o projeto propõe a criação do '' mango plastic'', um plástico desenvolvido a partir do acetado de celulose dos caroços de manga, antes desperdiçados por frutarias, mercados, lanchonetes etc. Além da sustentabilidade, o projeto também possui o foco de comercialização do acetato de celulose da manga, que atualmente ainda não é comercializado.

RENOVAÇÃO PURA E SUSTENTÁVEL

Aryadne Cruz, Heloísa Benicio, Ingrid Vilela, João Rafael, Mariana Laureano, Millena Garcia, Nathalia Kolbe, Rafael Nain

O projeto trata-se da instalação de um filtro de carvão granulado que será implantado nos lavatórios de um salão de beleza. O carvão irá filtrar a água já utilizada, para uma reutilização secundária no próprio salão, economizando assim, 47% nos gastos no consumo da água do estabelecimento. O filtro é composto por um carvão poroso que reterá grande parte da química utilizada em tratamentos capitares e poderá ser utilizada tanto para lavagem do salão, como nas descargas dos banheiros.

METÔ MAIS VERDE: IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA NACIONAL DE RECICLAGEM DE INSTRUMENTOS DE ESCRITA FABER CASTELL

Gabriela Oliveira Mota, Laura Schalch Rodrigues, Lucas Battaglia Maiorino, Matheus De Genaro Miranda, Mayara Julia Lima De Verçosa, Sarah Cerqueira E Vinícius Senatore

O projeto consiste na reciclagem de materiais de escritório, como lápis, borrachas, canetas, entre outros, através de uma parceria com a empresa Terra Cycle, no Programa Nacional de Reciclagem de Instrumentos de Escrita Faber Castell, onde serão distribuídos postos de coleta pelo Campus Rudge Ramos da Universidade Metodista de São Paulo. Os materiais recolhidos serão enviados gratuitamente para a empresa que realizará a reciclagem retornando o valor de R$ 0,02 centavos para instituição a cada instrumento enviado. Com o grande acesso de pessoas no campus, estima-se um valor O projeto promoverá a comunidade do campus um meio ambiente sustentável.

SER SUSTENTÁVEL É BEM BARATO

Caroline Pires Lopes, Ellen Caroline Santos Silva, Fábio Fernandes Da Silva, Georgia Lima E Nathália Brasil

Este trabalho possui o objetivo de identificar oportunidades para o desenvolvimento de ações sustentáveis na rede de Supermercado Bem Barato. Devido aos altos gastos com contas de água e desperdício causados pela falta de conscientização dos funcionários, o grupo optou por desenvolver este projeto, para a resolução dos problemas apontados, sendo o principal deles o desperdício e a falta de conscientização dentro da organização. O projeto consiste em apresentar uma Mini Cisterna através da captação de água da chuva que será reutilizada para fins não consumíveis, como limpeza da empresa, jardinagem e etc. O principal benefício econômico para a empresa, seria uma pequena redução de valor na conta de água inicialmente e diminuindo o gasto e desperdício de água potável. 

MARY KAY: UMA NOVA ERA SUSTENTÁVEL

Andressa De Jesus Valério, Carolina Macário De Oliveira, Feliphe Rossi Brito, Giuliana Cristina Almeida, Kamyla Carvalho Tavares, Lucas Bispo Da Silva, Samara De Souza E Shirley Santos Andrade

O projeto tem como foco apresentar uma embalagem sustentável à Mary Kay em substituição à embalagem utilizada atualmente da base líquida Time Wise, (produto com maior índice de vendas). A nova embalagem será produzida a partir do Plástico Verde (PE Verde) feito com a cana de açúcar visando atender os conceitos da Triple Bottom Line. 

VIVO: TROCA DE MANUAL POR QR CODE

Caio De Souza Campos, Gabriel Amaral, Lucas Querino Consentino, Lucas Da Silva Torres, Matheus Pires Santana, Thiago De Santana Batista E Patricia Simone Pires

O projeto proposto para a empresa VIVO baseia-se na sustentabilidade visando retirar os manuais de explicação do CHIP com a implantação dos QR CODE, o qual se refere a um código de barras em 2D que pode ser escaneado por telefones celulares que possuem câmera fotográfica. Deste modo, a empresa contribuirá com o meio ambiente devido à redução do consumo de papel. Os clientes deverão apenas apontar o seu Smartphone para um QR CODE e seu cadastro será automático com o chip, gerando assim, uma linha e um número de telefone para seus clientes com maior conforto e praticidade.

ESTETICAR- LAVAGEM A SECO

Felipe Sousa, Gabriel Caroba, Kesia Alves, Matheus Henrique, Matheus Zanon, Pedro Gomes E Thiago Furtado

O projeto consiste na elaboração e apresentação de um novo modelo de trabalho à empresa Estéticar Lava Rápido e Estacionamento. Trata-se da lavagem automotiva a seco em domicílio, onde a empresa se instalará por um período pré-determinado em condomínios residenciais, proporcionando aos clientes maior comodidade. Além da comodidade aos clientes, por não utilizar água no processo de lavagem, a empresa irá contribuir ao meio ambiente tornando-se uma empresa sustentável.

LOGÍSTICA REVERSA: UMA NOVA FORMA DE PRODUZIR E CONSUMIR

Adrielly Miguel Bezerra, Bruno Henrique Da Silva, Camila Groppi Chaurais, Carlos Eduardo De Souza, Gabriel Aguirre Bittencourt, Giovanni Guazzelli Grosschadl E Renato Varano Galéa Rodrigo Fazolin

Com base na logística reversa e economia circular, a ideia central deste projeto é fazer com que o material utilizado para a fabricação de produtos em chapas de plástico seja reutilizado. A empresa UV Press venderá seus produtos utilizando normalmente o plástico com o mesmo preço de custo. O cliente, ao devolver o produto para a UV Press, receberá desconto em sua próxima compra e o material recebido voltará ao seu processo de fabricação para compor um novo produto. Além de contribuir na redução do consumo de matéria prima, a empresa terá responsabilidade pelo material que a mesma disponibiliza ao meio ambiente, tornando-a uma empresa sustentável.

REUTILIZAR É BENÉFICO?

Gabriel Machado, Leandro Guideli Prado, Leandro De Oliveira Romagnolo, Lucas Dos Santos Machado, Pedro Damião Jucius E Vitor Garcia Squizato

O projeto consiste na reutilização de resíduos de matéria-prima e também de material plástico descartado pela empresa. A reutilização de resíduos envolve metal e plástico serão transformados em peças e produtos da empresa. Esses resíduos serão derretidos e transformado em novos produtos, diminuindo o impacto ambiental causado pela empresa. Será usada uma forma de logística reversa, onde acontece o reuso da matéria prima, recolhendo, desmontando e processando produtos ou partes já usadas, para garantir uma recuperação sustentável.

LOCALIZA HERTZ

Andrews Gonzaga, Bélyt Monteles, Cláudio Ferreira De Almeida Júnior, Jhannayna Lopes Martins, Kleber Kawata, Klisman Gonçalves De Jesus, Vinício Gomes De Souza E Vitor Jorge Ferreira Da Silva

O projeto consiste em uma mobilidade urbana sustentável. A empresa escolhida foi a Localiza Herts que atua no seguimento de aluguel de carros. O projeto visa a troca de carros a combustão, por “carros verdes”, ou seja, referem-se aos carros elétricos e híbridos que não emitem gases prejudiciais ao meio ambiente e à saúde da população.

AVICULTURA BICHO DO MATO: A SUSTENTABILIDADE NA HUMANIDADE

Camila Franzolozo De Oliveira, Fernando De Sousa Silva, Gabriela Lelis Tojo , Gustavo Franciulli Palermo, Juliana Rodrigues Dos Santos, Marcus Vinicius Beserra E Matheus Vieira Dos Santos

Este projeto foi desenvolvido para o Pet Shop Avicultura Bicho do Mato, localizado em São Bernardo do Campo/SP. A proposta é a aplicação de um filtro que será utilizado como uma alternativa para o reuso da água dos aquários. A aplicação do projeto trará benefícios para o meio ambiente, manterá qualidade nos serviços, reduzirá custos e gerando maiores lucros à empresa.

VAGÃO GASTRONÔMICO SÃO PAULO RAILWAY -  Restaurante público temático que colabora com a revitalização do distrito de Paranapiacaba

Carla Rithiele Silva Sérvulo, Eduarda Gonsales Patez Silva, Isabella Rocha Patez Silva, Isabell Pereira Fernandes, Kemilin Soares De Melo, Leonardo Schiavon Hajj, Gustavo Alves Andrade E Rafael Cecchi Cavallieri

Esse projeto busca contribuir para a revitalização da cidade de Paranapiacaba, no município de Santo André, com a criação de um restaurante construído dentro de vagões da histórica ferrovia de Paranapiacaba de forma que ele contribua para um impacto positivo no meio ambiente, na sociedade e na economia do distrito. Busca aumentar o turismo na Vila com o atrativo do restaurante, assim como colaborar na criação de trabalhos tanto formais quanto informais e melhorar o fluxo econômico da cidade. Também busca, com o lucro obtido com o projeto, reverter em melhorias para o projeto e, principalmente, para a Vila de Paranapiacaba.

BASF: A TINTA SUSTENTÁVEL

Amanda Correia Santos, Amanda Sabino Vicente, Giovana D´ Angelo, Jennyfer Eduarda Almeida Correia, Júlia Arandes Xavier, Yara Natássia Farias Do Vale E Yngrid Geovana Guarnieri

O projeto foi desenvolvido para e empresa BASF que consiste em um novo conceito de tinta sustentável para residências. Esta tinta já é utilizada em ruas nos países na Europa, como por exemplo, na Itália. A tinta absorve as impurezas do ar, melhorando assim, a saúde das pessoas principalmente em regiões muito poluentes como na cidade de São Paulo.

APLICATIVO DE GERENCIAMENTO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS PARA A UMESP

Amanda Ávila Sanches, Carolina Da Silva Becker, Gabriel Martins Da Silva, Guilherme Benine Giovedi, Isabela Antunes Baptista E Yasmin Bianca Dos Santos

O projeto trata-se de um aplicativo que visa facilitar maior envolvimento dos discentes com a Universidade Metodista, explorando desde o acesso ao SIGA até as mais variadas finalidades dentro da universidade, como horários de aulas, biblioteca virtual, datas de provas, atividades complementares e avisos que deixariam de ser transmitidos nos murais, reduzindo assim, o consumo de papel. A grande vantagem do projeto está na facilidade de comunicação e divulgação das ações da universidade ao seu corpo discente, estreitando ainda mais os laços entre universidade e alunos.

CALOI: COMO SUSTENTABILIZAR ALGO JÁ SUSTENTÁVEL?

Gyovanna Tomaselli, Lucas Flaviano, Lucimara Alves, Marcella Fernandes, Mariane Morales, Rebecca Albertoni

O projeto foi desenvolvido para a Caloi visando promover a economia circular e a responsabilidade social. Com isso a empresa recolherá as bicicletas de seus clientes através de descontos na compra de novas bicicletas. Após a separação dos componentes, o ferro utilizado será transformado em traves para a prática de esportes dos moradores de comunidades da região norte do país. Já os clientes que apenas irão adquirir novas bicicletas, os mesmos obterão descontos na compra se realizarem a doação de livros que serão destinados também a comunidade carente. Fortalecer a marca através da responsabilidade social será a principal vantagem para a Caloi.

PROJETO NOVO DESIGN

Denis William, Guilherme Baradel, Guilherme Betti E Júlio César Hernandes

O projeto baseia-se na troca de móveis de madeira por móveis de bambu. A grande vantagem é que o bambu quando cortado em uma certa medida, o mesmo continua crescendo, reduzindo assim, o desmatamento de árvores. Além disso, o bambu é mais fácil de ser transportado em relação a madeira visto que o bambu ocupa menos espaço no transporte. Dentre as vantagens do projeto, o principal fator é o preço, uma vez que o bambu é consideravelmente de menor valor comparado a madeira.

SUSTENTABILIDADE EM AÇÃO - AMBEV

Ana Carolina Oliveira, Marina Brandão, Marina Ferreira, Mayara Tibério E Yngrid Camara

O projeto foi desenvolvido para a AMBEV o qual trata-se da implantação de máquinas de recolhimento de garrafas pet para reciclagem, em locais de fácil acesso como grandes redes de supermercados. O cliente ao depositar as garrafas pet na máquina, a mesma emitirá tickets com valor monetário a ser utilizado em supermercados conveniados. As garrafas recolhidas serão reutilizadas pela AMBEV para a produção de novas garrafas.

POR UMA ARQUITETURA SUSTENTÁVEL

Cauê Dal Collina, Gabriel Souza Reis, Gabriela Gomes Rodrigues, Fernanda Carita Campos, Patrick Andres Soares Dos Santos, Thyego Cardoso Ribeiro E Victória Camargo Moraes

O projeto foi desenvolvido para a empresa Sulmetais, fabricante de forros, brises e revestimentos metálicos. O produto BRISE BSM A200 é um dos mais vendidos na empresa o qual faz uso de um componente químico que é nocivo ao meio ambiente e ao ser humano, o poliuretano expandido. Esse poliuretano expandido é utilizado devido aos seus fatores termo acústicos que auxilia na retenção de ruídos e absorção de calor. O principal problema do poliuretano é que após sua utilização, suas partes remanescentes não conseguem ser totalmente derretidas ou reaproveitadas, e por ser um composto químico muito forte e tóxico, prejudica também o ser humano. Este projeto visa substituir este produto por manta de lã de pet, um composto feito com garrafas pet e outros derivados que são 100% recicláveis e hipoalérgico (Não há irritação na pele após contato direto), garantindo assim, a saúde das pessoas e do planeta.

Doação de móveis inferiores feitos com retalhos de MDF para ONGs 

Amanda Resende, Anderson Limas, Anna Beatriz, Beatris Sopran, Elis Yamamoto, Gabrieli Barbosa e Mariana Kuba.

Possui o intuito de reaproveitar os retalhos de MDF usando-os para construir móveis inferiores, como prateleiras, mesas e balcões a fim de doar à ONGs que irão utilizá-los para vender e arrecadar fundos para sua sobrevivência.

Aplicação de Intranet na clínica Radiun-SAT

Bruna Lopes, Carolina Hostin, Debora Luz, Isabella Marques e Thatiany Vendramini

Falaremos um pouco sobre a empresa Radiun-SAT, explicaremos o sistema intranet e mostraremos a relação com a sustentabilidade, as vantagens financeiras e como facilitará o trabalho deles na clínica.

Redução de custo e sustentabilidade na Toledo do Brasil 

Allan Fernandes, Isabely Araújo, Ligia Costa, Jessica Ferreira, Felipe Marcon, Esther Ribas e Marco Caetano

Implantação de um app para a redução de custo econômico e ambiental, voltado para a manutenção de balanças.

Tênis sustentável para a Vibe Shoes

Alexandre de Souza, Fabio Damas, Leonardo Moraes, Leonardo Iturbide, Lucas Descrove, Lucas Scurato, Renan Borges e Victor Vieira.

Criação de um tênis com sola de borracha reciclada de pneus usados que visa a diminuição da extração de borracha natural, do lixo e dos gastos para a produção do calçado.

Redução dos custos de energia elétrica através da instalação de placas fotovoltaicas

Cristian Bote, Gabrielle Brandão, Gabrielly Ribeiro, Henrique Mattos, Isabela Marcus e Jaqueline Higa Matheus Abreu.

Com a finalidade de reduzir os gastos nas contas de energia elétrica da empresa Max Açaí, sugerimos a instalação de placas fotovoltaicas que captam os raios solares e transformam em energia, além de poder ser repassado o excedente de energia para a fábrica da empresa.

Redução de custos e solução para a comunicação interna na Aeromar Transportes

Eric Ferrari, Kevin Uriel, Laiane de Sousa, Larissa Oliveira, Lucas de Assis e Victor Zabala.

Criação e implantação de um app para melhorar a comunicação interna da empresa, troca de informações entre as filiais, redução de tempo nas entregas de cargas, redução no excesso de materiais, controle da vida útil das peças e materiais adquiridos para uma manutenção.

III Feira do Projeto de Ação Profissional: Projetos Sustentáveis
Data: 16 e 17 de novembro de 2017
Horário: 18h às 22h
Local: Praça Central do Campus Rudge Ramos (Rua Alfeu Tavares, 149, Rudge Ramos. São Bernardo do Campo, SP)

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , ,

ANDREA LEITE - COORDENADORA

Veja o minicurrículo

 

administra.jpg 

 

Receba informações de oferecimento deste curso

 

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: