Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Administração - A Distância / Notícias / É preciso fugir das commodities do negócio digital, orienta palestante

É preciso fugir das commodities do negócio digital, orienta palestante

Diretor da In House e do Fliig diz que tem muita coisa igual na internet e é preciso diferenciar-se

08/09/2016 19h45

Welson foi recebido pelos profs.Oswaldo Filho, Cristiane Fioravanzo e Cintia Fernandes (Foto Malu Marcoccia)

Não basta estar na rede mundial para vender. A exemplo da vida real, negócios virtuais exigem planejamento, averiguação de riscos, planilha de custos, criação de uma imagem de negócios que vá muito além da identidade visual, mas – principalmente – um produto inovador. “Não caiam na grande sopa da internet, onde a maioria vende a mesma coisa, onde tudo é commoditizado. O mundo digital é voraz e é preciso fazer diferente”, afirmou Welson Marinho, diretor da In House e da plataforma Fliig, durante teleaula do curso de Administração da Educação Metodista a Distância na noite de 5 de setembro.

De olho em um mercado que só no Brasil soma 90 milhões de pessoas vendendo ou comprando algo, segundo o IBGE, muitos se lançam na internet desconhecendo como usar corretamente as modalidades de plataformas, como desenvolver conteúdos e anúncios ou entregar resultados aos clientes. Principalmente a geração millenium (ou geração internet, que resolve tudo pela web) se sente atraída por sites rápidos, fáceis de navegar e que tragam praticidade na oferta de produtos e serviços, descreveu Welson Marinho, que falou sobre E-business: um Novo Mundo para os Negócios.

Uber do comércio

“A web ficou tão complexa que não se tornou só um canal de vendas, mas sim um novo negócio”, definiu ele, acrescentando que o segredo é ter um tíquete médio pequeno para ganhar no volume de vendas – ou seja, “uberizar” o empreendimento. Investimento em marketing digital é outra palavra de ordem nesse terreno, seja para alavancar vendas seja para massificar a marca nos buscadores da internet.

“É preciso criar um modelo desruptivo, que rompe com o que já existe, com aquela hierarquia linear, e alterar paradigmas para se alcançar o modelo exponencial de vendas”, orientou o diretor da In House e do Fliig, ao advertir que nessa área a atualização deve ser permanente, sob o risco de ser engolido por novas e desruptivas plataformas e modelos de negócio.

Entre os pré-requisitos para quem quer empreender na internet, os principais são: planejamento (riscos, custos), análise do segmento de atuação e dos concorrentes, investimento na marca, site rápido e em servidor seguro, segurança dos dados, processos internos automatizados, central de atendimento ao consumidor, monitoramento da marca e da concorrência e indexação na busca da empresa.

A InHouse tem 20 anos de mercado e é especializada nas áreas de Contact Center, Tecnologia da Informação, Marketing de Relacionamento e Terceirização de Recursos Humanos. Já o Fliig é um site market-share, onde compradores e vendedores se cadastram gratuitamente, os primeiros informando o que procuram e o preço que se dispõem a pagar, e os lojistas fazem contrapropostas.

A palestra sobre E-business integrou as comemorações dos 10 anos de Educação à Distância da Metodista e também do Dia do Administrador, que transcorreu em 9 de setembro. Welson Marinho foi recebido pelo coordenador do curso de Administração EAD, professor Oswaldo Martins Filho, e pelas professoras Cristiane Maravelli Fioravanzo e Cintia Monteiro Fernandes.

Esta matéria foi publicada no Jornal da Metodista.
Conheça Outras.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , ,

OSWALDO SANTOS FILHO - COORDENADOR

Veja o minicurrículo

Receba informações de oferecimento deste curso

Receba informações de oferecimento sobre esse curso:

Acesso Restrito

Portal do Aluno / Docente
Portal CAPES
INFORMAÇÕES DO CURSO

Modalidade a distância: modelo on-line 2, possibilidade de estudo semipresencial ou on-line. Saiba mais
Grau: Bacharelado 

Duração: 4 anos

Polo de Apoio Presencial: Confira aqui

Mensalidade: Confira aqui

Reconhecimento: Portaria Nº 558 de 15 de setembro de 2014 

Aula nos polos de apoio presencial: Terças-feiras, das 19h20 às 22h50 

Avaliação do curso